Zé de Abreu: Brasil é o pais da piada pronta

Rolando Christian Coelho, 12/03/2019


Autoproclamado presidente da República, ator global José de Abreu tem vasta experiência quando o assunto é política. Filiado desde 2013 no PT, ele tem passagem pelo PMDB e pelo PSDB, sigla que defendeu com unhas e dentes em programas eleitorais à época do ex-governador paulista Mário Covas, de quem era amigo. Sua vice autoproclamada é a deputada federal gaúcha Maria do Rosário (PT), que vive uma situação dicotômica, afinal de contas, um político no Brasil não pode exercer dois mandatos ao mesmo tempo. Vale lembrar que na Venezuela é a direita quem tem presidente autoproclamado. O cidadão responde pelo nome de Juan Guaidó. Não à toa a América Latina é uma eterna piada mundial.


Chapas para a Cersul começam a se definir


Na próxima terça-feira chapas que disputarão a presidência da Cersul, a maior cooperativa de eletrificação de nossa região, precisarão estar registradas junto a sede da entidade, em Turvo. Em princípio permanecem postas as candidaturas à presidência de Arnildo Steckert Júnior, Marcos Leone de Oliveira, Nei Zanette e Silvino Londero. As conversações que visavam a união de forças entre Arnildo e Marcos não evoluíram, o que também não aconteceu em relação a Nei e Silvino. Na tangente ainda se especula a possibilidade de que Sandro Cirimbelli e Sandro Pietch entrem na disputa, mas é pouco provável que isto aconteça. A eleição acontece no dia 30, das 9h às 17h.


Meriso deve levar mais com ele para PP


Ex-deputado e presidente estadual do PSD, Gelson Merísio, deve aproveitar a troca de comando do partido, que está previsto para acontecer em junho, para deixar a sigla. Em princípio, há um convite formal para que ele vá para o Progressistas. Vale ressaltar que muita gente da ala de Merisio deverá acompanhá-lo nesta saída, fazendo com que, possivelmente, os progressistas se revigorem em Santa Catarina. Foi justamente a debandada de correligionários de Esperidião Amin (PP) para o então PFL, na década de 1980 e 1990, o que acabou fragilizando o então PDS. A possibilidade agora é que haja o caminho inverso, sob a batuta de Merisio. A esperança dele é que, com o tempo, os apoiadores do PSL, ao se desiludirem com o partido, migrem para o Progressistas.


“Pequenos” não querem o PSB em Araranguá


Vereador araranguaense Neno Fontoura (PPS) confirma que uma série de políticos da Cidade das Avenidas, filiados a pequenos partidos, tendem a migrar para uma única sigla com vistas a disputa municipal do ano que vem, mas ressalta que este partido não deverá ser o PSB, como vem sendo ventilado nos bastidores da política local. “O que há é uma conversa adiantada para que os pequenos migrem e se transformem num grande, mas o caminho não deve ser o PSB. Queremos um partido para começarmos do zero, o que não é o caso do PSB”, comenta Neno. Pela atual legislação, ano que vem os partidos não poderão participar de coligações proporcionais. Por conta disto, as pequenas siglas ficariam praticamente sem chances de eleger vereadores.

Autoproclamado presidente da República, ator global José de Abreu tem vasta experiência quando o assunto é política. Filiado desde 2013 no PT, ele tem passagem pelo PMDB e pelo PSDB, sigla que defendeu com unhas e dentes em programas eleitorais à época do ex-governador paulista Mário Covas, de quem era amigo. Sua vice autoproclamada é a deputada federal gaúcha Maria do Rosário (PT), que vive uma situação dicotômica, afinal de contas, um político no Brasil não pode exercer dois mandatos ao mesmo tempo. Vale lembrar que na Venezuela é a direita quem tem presidente autoproclamado. O cidadão responde pelo nome de Juan Guaidó. Não à toa a América Latina é uma eterna piada mundial.

Chapas para a Cersul começam a se definir

Na próxima terça-feira chapas que disputarão a presidência da Cersul, a maior cooperativa de eletrificação de nossa região, precisarão estar registradas junto a sede da entidade, em Turvo. Em princípio permanecem postas as candidaturas à presidência de Arnildo Steckert Júnior, Marcos Leone de Oliveira, Nei Zanette e Silvino Londero. As conversações que visavam a união de forças entre Arnildo e Marcos não evoluíram, o que também não aconteceu em relação a Nei e Silvino. Na tangente ainda se especula a possibilidade de que Sandro Cirimbelli e Sandro Pietch entrem na disputa, mas é pouco provável que isto aconteça. A eleição acontece no dia 30, das 9h às 17h.

Meriso deve levar mais com ele para PP

Ex-deputado e presidente estadual do PSD, Gelson Merísio, deve aproveitar a troca de comando do partido, que está previsto para acontecer em junho, para deixar a sigla. Em princípio, há um convite formal para que ele vá para o Progressistas. Vale ressaltar que muita gente da ala de Merisio deverá acompanhá-lo nesta saída, fazendo com que, possivelmente, os progressistas se revigorem em Santa Catarina. Foi justamente a debandada de correligionários de Esperidião Amin (PP) para o então PFL, na década de 1980 e 1990, o que acabou fragilizando o então PDS. A possibilidade agora é que haja o caminho inverso, sob a batuta de Merisio. A esperança dele é que, com o tempo, os apoiadores do PSL, ao se desiludirem com o partido, migrem para o Progressistas.

“Pequenos” não querem o PSB em Araranguá

Vereador araranguaense Neno Fontoura (PPS) confirma que uma série de políticos da Cidade das Avenidas, filiados a pequenos partidos, tendem a migrar para uma única sigla com vistas a disputa municipal do ano que vem, mas ressalta que este partido não deverá ser o PSB, como vem sendo ventilado nos bastidores da política local. “O que há é uma conversa adiantada para que os pequenos migrem e se transformem num grande, mas o caminho não deve ser o PSB. Queremos um partido para começarmos do zero, o que não é o caso do PSB”, comenta Neno. Pela atual legislação, ano que vem os partidos não poderão participar de coligações proporcionais. Por conta disto, as pequenas siglas ficariam praticamente sem chances de eleger vereadores.

Compartilhe

Voltar ao blog