W3 ao Vivo: Dr. Ribeiro dá detalhes de como será o Hospital Unimed Araranguá

Unidade deve empregar em torno de 50 profissionais daqui dois anos

Em um ano em que a saúde foi tema de muitas discussões por conta da pandemia, criou-se ainda mais expectativa com a construção do Hospital Unimed em Araranguá, que já está em andamento no bairro, Mato Alto – local escolhido para as instalações da futura unidade.

Para saber mais detalhes deste projeto, o convidado desta quinta no W3 ao Vivo foi o médico, Eloir Ribeiro, que também é diretor da Unimed Vale do Araranguá. Ele foi quem iniciou o processo para a instalação do hospital na região. “Entendia que era necessário ter um hospital com padrão Unimed para atender a região de Araranguá aqui. Em princípio poderia ser em outro município, mas por questão de logística foi escolhido aqui”, contou.

Durante o bate-papo, Dr. Ribeiro também revelou que a previsão de conclusão da obra é daqui dois anos e que devem ser gerados aproximadamente 500 vagas de emprego direta e indireta, o que contribui não apenas com o atendimento dos pacientes, mas também com a economia local. A Unimed, segundo ele, vai atender todas as especialidades médicas e já é prevista a ampliação dos serviços mesmo antes de sua inauguração.

Acompanhe a entrevista completa:

Em um ano em que a saúde foi tema de muitas discussões por conta da pandemia, criou-se ainda mais expectativa com a construção do Hospital Unimed em Araranguá, que já está em andamento no bairro, Mato Alto – local escolhido para as instalações da futura unidade.

Para saber mais detalhes deste projeto, o convidado desta quinta no W3 ao Vivo foi o médico, Eloir Ribeiro, que também é diretor da Unimed Vale do Araranguá. Ele foi quem iniciou o processo para a instalação do hospital na região. “Entendia que era necessário ter um hospital com padrão Unimed para atender a região de Araranguá aqui. Em princípio poderia ser em outro município, mas por questão de logística foi escolhido aqui”, contou.

Durante o bate-papo, Dr. Ribeiro também revelou que a previsão de conclusão da obra é daqui dois anos e que devem ser gerados aproximadamente 500 vagas de emprego direta e indireta, o que contribui não apenas com o atendimento dos pacientes, mas também com a economia local. A Unimed, segundo ele, vai atender todas as especialidades médicas e já é prevista a ampliação dos serviços mesmo antes de sua inauguração.

Acompanhe a entrevista completa:

Compartilhe

Voltar às notícias