Vice-prefeito de Meleiro registra BO contra integrante de ONG após insultos

Conflito aconteceu após votação na Câmara de Vereadores

Foto: Assessoria

O vice-prefeito de Meleiro, Pedro Luiz registrou um BO contra um integrante da ONG de proteção aos animais de Meleiro que o insultou com palavras de baixo calão. O fato ocorreu na frente da Câmara de Vereadores, após sessão em que foi votada a Lei que ampara professores de creches que trabalham 30 horas semanais e recebem por 40 horas. O Prefeito Eder Mattos vai VETAR o projeto porque considera imoral para o erário publico.

Após o caso, a assessoria divulgou a seguinte nota:

"A Câmara de Vereadores é e sempre vai ser a casa do povo, pois ali estão seus representantes eleitos, um lugar de debates e busca das melhores soluções para os problemas do município. A casa de leis municipal deve sempre ser respeitada", disse o presidente do legislativo de Meleiro, vereador Joel De Luca. Segundo ele, a sessão de votação do projeto PL 13/2021 foi tranquila. No decorrer da pauta da sessão, a mesma teve que ser suspensa somente para retirada de duas pessoas pelo próprio presidente que não respeitaram o Regimento Interno. A confusão se deu fora da Câmara e ao final da sessão.

O presidente lamenta a confusão gerada em frente ao prédio da Câmara e que estará sempre defendendo os princípios da democracia.

Fonte: Assessoria de Imprensa Meleiro

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui 

O vice-prefeito de Meleiro, Pedro Luiz registrou um BO contra um integrante da ONG de proteção aos animais de Meleiro que o insultou com palavras de baixo calão. O fato ocorreu na frente da Câmara de Vereadores, após sessão em que foi votada a Lei que ampara professores de creches que trabalham 30 horas semanais e recebem por 40 horas. O Prefeito Eder Mattos vai VETAR o projeto porque considera imoral para o erário publico.

Após o caso, a assessoria divulgou a seguinte nota:

“A Câmara de Vereadores é e sempre vai ser a casa do povo, pois ali estão seus representantes eleitos, um lugar de debates e busca das melhores soluções para os problemas do município. A casa de leis municipal deve sempre ser respeitada”, disse o presidente do legislativo de Meleiro, vereador Joel De Luca. Segundo ele, a sessão de votação do projeto PL 13/2021 foi tranquila. No decorrer da pauta da sessão, a mesma teve que ser suspensa somente para retirada de duas pessoas pelo próprio presidente que não respeitaram o Regimento Interno. A confusão se deu fora da Câmara e ao final da sessão.

O presidente lamenta a confusão gerada em frente ao prédio da Câmara e que estará sempre defendendo os princípios da democracia.

Fonte: Assessoria de Imprensa Meleiro

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui 

Compartilhe

Voltar às notícias