Vereadores propõe lei para regulamentar depósito de carros apreendidos em Araranguá

A pedido do vereador, Jorge Luiz Pereira, o presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Daniel Viriato Afonso, recebeu na tarde desta quarta, 19, moradores da Rua Hildebrando Pessi, no bairro Cidade Alta, que reivindicam soluções para o tráfego de veículos nas ruas próximas a Central de Polícia. É que em virtude dos carros apreendidos para investigação criminal serem deixamos na própria via, eles reclamam que muitas vezes não é possível transitar com seus veículos pela falta de espaço.

Também participou da reunião o delegado regional, Diego de Haro e o delegado responsável pela central, Lucas da Rosa, que justificaram que os veículos apreendidos não são recebidos no pátio da empresa concessionária do serviço, que só está autorizada a receber veículos apreendidos por infração de trânsito e não nas outras situações. De acordo com os delegados, os veículos e caminhões, além de objetos que são apreendidos para investigação acabam sendo deixados no acostamento da rua por falta de local apropriado.

O município de Araranguá é o responsável pelo contrato com a empresa que deve guardar os veículos, mas a lei que permite esta contratação não autoriza que em todas as situações sejam encaminhados para o local.

Mas atendendo a solicitação dos moradores e depois de tomar conhecimento da situação, o presidente, Daniel em conjunto com os demais vereadores vai propor a mudança na lei. O projeto dará entrada na sessão desta quarta, 19, e deverá ser votado em Março. “Foi uma falha da legislação, mas acreditamos que com a proposta de alteração todos os caminhões, carros e objetos apreendidos pelas polícias sejam devidamente depositados e a situação dos moradores do bairro melhore”, disse.


Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui





Fonte: Assessoria de Imprensa

A pedido do vereador, Jorge Luiz Pereira, o presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Daniel Viriato Afonso, recebeu na tarde desta quarta, 19, moradores da Rua Hildebrando Pessi, no bairro Cidade Alta, que reivindicam soluções para o tráfego de veículos nas ruas próximas a Central de Polícia. É que em virtude dos carros apreendidos para investigação criminal serem deixamos na própria via, eles reclamam que muitas vezes não é possível transitar com seus veículos pela falta de espaço.

Também participou da reunião o delegado regional, Diego de Haro e o delegado responsável pela central, Lucas da Rosa, que justificaram que os veículos apreendidos não são recebidos no pátio da empresa concessionária do serviço, que só está autorizada a receber veículos apreendidos por infração de trânsito e não nas outras situações. De acordo com os delegados, os veículos e caminhões, além de objetos que são apreendidos para investigação acabam sendo deixados no acostamento da rua por falta de local apropriado.

O município de Araranguá é o responsável pelo contrato com a empresa que deve guardar os veículos, mas a lei que permite esta contratação não autoriza que em todas as situações sejam encaminhados para o local.

Mas atendendo a solicitação dos moradores e depois de tomar conhecimento da situação, o presidente, Daniel em conjunto com os demais vereadores vai propor a mudança na lei. O projeto dará entrada na sessão desta quarta, 19, e deverá ser votado em Março. “Foi uma falha da legislação, mas acreditamos que com a proposta de alteração todos os caminhões, carros e objetos apreendidos pelas polícias sejam devidamente depositados e a situação dos moradores do bairro melhore”, disse.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe

Voltar às notícias

Mais lidas

Leia também

Recomendadas para você

whatsapp-icon Mande sua notícia aqui