Vereadores defendem mudanças no projeto da ponte que dá acesso a Ilhas

Durante a sessão de quarta, 5, alguns vereadores comentaram sobre as mudanças solicitadas pelos técnicos do Departamento de Administração e Infraestrutura (Deinfra) no projeto da ponte que ligará o Distrito de Hercílio Luz ao centro da cidade.

A obra reivindicada pelos moradores das comunidades que precisam atualmente da balsa para se locomover e chegarem ao centro de Araranguá, foi garantida pela visita do governador do Estado, Carlos Moisés, quando veio à cidade no mês de Novembro de 2019, para anunciar as lideranças locais recursos para a execução, em torno de R$15 milhões.

Questionada a mudança do projeto técnico que é elaborada pela administração municipal a pedido do Deinfra, alguns vereadores defenderam a obra. Os vereadores, Jacinto Dassoler e Neno Fontoura, representantes do Distrito na Câmara, foram alguns deles.

É que no mesmo mês da visita de Moisés, o departamento também exigiu mudanças no projeto já existente, conforme explicou na sessão o presidente da casa, Daniel Viriato Afonso. “A polêmica criada se deve a desinformação de algumas pessoas. O projeto anterior previa a construção da ponte fora do leito da balsa, e era uma área pantanosa gerando mais custos. Agora a exigência, que foi, inclusive, compreendida, é que seja iniciada onde é o leito da balsa”, informou.

O líder o Governo na casa, Márcio Scarsanella, o Tubinho, também complementou a falou a respeito. “Essa mudança vai mudar no custo da obra, deixando mais barata. Parte dos R$ 15 milhões agora serão usados também para infraestrutura dos acessos a ponte no Morro dos Conventos e Canjica”.

Ainda, o vereador, Pedro Paulo Souza, o Paulinho, garantiu que em conversa com o prefeito, Mariano Mazzuco, a obra será executada em menos de dois anos. “Fiquei muito feliz em saber do prefeito que a previsão de conclusão será em vinte meses”

 Reunião no Deinfra nesta sexta, 07

Na tarde de sexta, 7, o presidente da Câmara, Daniel, acompanhou o prefeito, Mariano Mazzuco numa reunião no Deinfra na capital para tratar de mais detalhes deste projeto com o objetivo de agilizar o processo. A discussão com os técnicos do departamento serviu para entender as propostas de pavimentação das ruas de acesso a ponte, no trecho Sul com o Morro dos Conventos, e até o Distrito de Hercílio Luz que deverão ter as estradas pavimentadas.


Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui




Durante a sessão de quarta, 5, alguns vereadores comentaram sobre as mudanças solicitadas pelos técnicos do Departamento de Administração e Infraestrutura (Deinfra) no projeto da ponte que ligará o Distrito de Hercílio Luz ao centro da cidade.

A obra reivindicada pelos moradores das comunidades que precisam atualmente da balsa para se locomover e chegarem ao centro de Araranguá, foi garantida pela visita do governador do Estado, Carlos Moisés, quando veio à cidade no mês de Novembro de 2019, para anunciar as lideranças locais recursos para a execução, em torno de R$15 milhões.

Questionada a mudança do projeto técnico que é elaborada pela administração municipal a pedido do Deinfra, alguns vereadores defenderam a obra. Os vereadores, Jacinto Dassoler e Neno Fontoura, representantes do Distrito na Câmara, foram alguns deles.

É que no mesmo mês da visita de Moisés, o departamento também exigiu mudanças no projeto já existente, conforme explicou na sessão o presidente da casa, Daniel Viriato Afonso. “A polêmica criada se deve a desinformação de algumas pessoas. O projeto anterior previa a construção da ponte fora do leito da balsa, e era uma área pantanosa gerando mais custos. Agora a exigência, que foi, inclusive, compreendida, é que seja iniciada onde é o leito da balsa”, informou.

O líder o Governo na casa, Márcio Scarsanella, o Tubinho, também complementou a falou a respeito. “Essa mudança vai mudar no custo da obra, deixando mais barata. Parte dos R$ 15 milhões agora serão usados também para infraestrutura dos acessos a ponte no Morro dos Conventos e Canjica”.

Ainda, o vereador, Pedro Paulo Souza, o Paulinho, garantiu que em conversa com o prefeito, Mariano Mazzuco, a obra será executada em menos de dois anos. “Fiquei muito feliz em saber do prefeito que a previsão de conclusão será em vinte meses”

 Reunião no Deinfra nesta sexta, 07

Na tarde de sexta, 7, o presidente da Câmara, Daniel, acompanhou o prefeito, Mariano Mazzuco numa reunião no Deinfra na capital para tratar de mais detalhes deste projeto com o objetivo de agilizar o processo. A discussão com os técnicos do departamento serviu para entender as propostas de pavimentação das ruas de acesso a ponte, no trecho Sul com o Morro dos Conventos, e até o Distrito de Hercílio Luz que deverão ter as estradas pavimentadas.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias

Mais lidas

Leia também

Recomendadas para você

whatsapp-icon Mande sua notícia aqui