Vereadores de Araranguá encabeçam movimento para a vinda do Mercado Livre para a cidade

Representantes aprovaram requerimento pedindo engajamento de deputados, senador e do próprio governador

No início de julho o Portal W3 lançou uma matéria que mostrava o interesse de lideranças locais em atrair o Mercado Livre para a cidade. Na época, conversamos com os principais envolvidos (https://bit.ly/30BDiU7) e identificamos o início de um movimento que ganhou força na última semana na Câmara de Vereadores, quando foi aprovado um requerimento que instiga lideranças estaduais a entrarem na briga.

O pedido foi de iniciativa do vereador governista, Márcio Tubinho, e subscrito pelos demais vereadores. Depois de aprovado na quarta, 15, um expediente foi remetido ao senador, Esperidião Amin Helou Filho e ao deputado estadual, José Milton Scheffer solicitando que junto do governador, Carlos Moisés, intercedam pela instalação do Centro de Distribuições da empresa no município.. “A região é uma das mais carentes do nosso Estado necessitando muito de empresas deste porte para alavancar o desenvolvimento e aumentar a oferta de emprego. Pedimos atenção especial ao Senador e aos Deputados da Bancada Sul ao pleito, para que esta intenção de instalação se torne realidade o mais brevemente possível”, apelou o vereador, Tubinho, na justificativa do requerimento.

O presidente da Câmara, Daniel Viriato Afonso, já tinha falado com nossa reportagem na época da primeira reportagem, e confirmou que o secretário de Planejamento, Francisco Diello, estava buscando informações sobre as intenções da empresa, já que havia se negado a instalar a filial de distribuição no Rio Grande do Sul, mas que continuava simpática a vinda para a região Sul do país. A empresa foi contatada há cerca de um mês e ainda não há informações sobre sua decisão. “Nosso município é localizado entre duas capitais, seria uma oportunidade muito boa de instalarem o centro de distribuições aqui. Logisticamente eles só teriam a ganhar e nós também com a geração de empregos”, analisou, Daniel.

Os vereadores esperam que a Bancada do Sul e demais lideranças abracem o movimento e se empenhem na causa araranguense que beneficiará toda a Amesc.

 

Içara também está na luta para atrair a empresa 

 Outro município do Sul Catarinense que está no páreo para atrair o Mercado Livre, é Içara. Inclusive, um movimento que inclui lideranças como o senador, Dário Berger e a deputada Ada de Luca, foi iniciado. Há informações de que o prefeito, Murialdo Gastaldon, prometeu incentivos fiscais a empresa para a sua instalação no Parque Industrial. O município também não revelou se teve respostas.

 

No início de julho o Portal W3 lançou uma matéria que mostrava o interesse de lideranças locais em atrair o Mercado Livre para a cidade. Na época, conversamos com os principais envolvidos (https://bit.ly/30BDiU7) e identificamos o início de um movimento que ganhou força na última semana na Câmara de Vereadores, quando foi aprovado um requerimento que instiga lideranças estaduais a entrarem na briga.

O pedido foi de iniciativa do vereador governista, Márcio Tubinho, e subscrito pelos demais vereadores. Depois de aprovado na quarta, 15, um expediente foi remetido ao senador, Esperidião Amin Helou Filho e ao deputado estadual, José Milton Scheffer solicitando que junto do governador, Carlos Moisés, intercedam pela instalação do Centro de Distribuições da empresa no município.. “A região é uma das mais carentes do nosso Estado necessitando muito de empresas deste porte para alavancar o desenvolvimento e aumentar a oferta de emprego. Pedimos atenção especial ao Senador e aos Deputados da Bancada Sul ao pleito, para que esta intenção de instalação se torne realidade o mais brevemente possível”, apelou o vereador, Tubinho, na justificativa do requerimento.

O presidente da Câmara, Daniel Viriato Afonso, já tinha falado com nossa reportagem na época da primeira reportagem, e confirmou que o secretário de Planejamento, Francisco Diello, estava buscando informações sobre as intenções da empresa, já que havia se negado a instalar a filial de distribuição no Rio Grande do Sul, mas que continuava simpática a vinda para a região Sul do país. A empresa foi contatada há cerca de um mês e ainda não há informações sobre sua decisão. “Nosso município é localizado entre duas capitais, seria uma oportunidade muito boa de instalarem o centro de distribuições aqui. Logisticamente eles só teriam a ganhar e nós também com a geração de empregos”, analisou, Daniel.

Os vereadores esperam que a Bancada do Sul e demais lideranças abracem o movimento e se empenhem na causa araranguense que beneficiará toda a Amesc.

 

Içara também está na luta para atrair a empresa 

 Outro município do Sul Catarinense que está no páreo para atrair o Mercado Livre, é Içara. Inclusive, um movimento que inclui lideranças como o senador, Dário Berger e a deputada Ada de Luca, foi iniciado. Há informações de que o prefeito, Murialdo Gastaldon, prometeu incentivos fiscais a empresa para a sua instalação no Parque Industrial. O município também não revelou se teve respostas.

 

Compartilhe

Voltar às notícias