Unesc forma primeira turma de Lideranças Sociais e Comunitárias

Curso de Formação contou com a participação de alunos de 11 estados do país

A Unesc comemorou nesta semana a conclusão da primeira turma do curso de Formação de Lideranças Comunitárias e Sociais, projeto de Extensão promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da Universidade. Os formandos foram recebidos em cerimônia virtual diretamente de 11 estados e 52 municípios de todo o país. O ciclo encerrado foi celebrado por toda a Instituição na noite de quarta-feira, 28, e marca o primeiro passo de um projeto que leva as digitais da Universidade Comunitária que o desenvolve.


Promover cidadania, empoderamento e conhecimento para a comunidade, para a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento da Unesc, Gisele Coelho Lopes, é a marca da Unesc, carimbada no projeto que tem foco nas temáticas de direitos humanos, cidadania e políticas públicas. "Temos aqui multiplicadores de conhecimento em diferentes lugares e que, a partir dos seus Programas de Pós-graduação, enxergam na extensão a forma de compartilhar conhecimento. Como diz Paulo Freire, estamos aqui para combinar saberes e essa combinação é o que nos faz ser Universidade Comunitária. Meus profundos agradecimentos a todos os envolvidos em mais uma ação de sucesso que leva as sementes da Universidade Brasil afora", destacou.



Junção de forças


Além do PPGD, o curso é organizado em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico (PPGDS); Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCA); Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSCol), Comissão de Direitos Humanos da Subseção da OAB/Criciúma-SC, Secretaria de Diversidades e Ações Afirmativas da Unesc e Centro Acadêmico de Direito da Universidade. O envolvimento de tantos profissionais, conforme a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego, foi o trampolim para os expressivos resultados.


"Vocês trabalharam em várias mãos, primaram pela indissociabilidade do ensino, da pesquisa e da extensão. Promoveram a cidadania, a democracia, o estímulo à defesa de políticas públicas, dos direitos humanos, a colaboração, a liderança. Estimularam o olhar ampliado para as causas sociais e enfatizaram a necessidade do envolvimento das pessoas para a construção coletiva de respostas para as questões que envolvem o cotidiano das comunidades, que por tantas vezes são deixadas de lado sem nem mesmo serem debatidas", apontou Fernanda.


O grupo de formandos que celebra a formatura e leva adiante os conhecimentos trocados ao longo dos encontros, conforme a professora Janete Trichês, é o primeiro, de muitos que virão. "Paulo Freire, o patrono da educação brasileira, dizia que a educação não muda o mundo, muda as pessoas e as pessoas, então, mudam o mundo. Nossa gratidão a cada um de vocês por acreditarem na educação e nas mudanças que ela operou em cada um de nós ao longo desse curso. Já não somos mais os mesmos e nos sentimos mais preparados para pensar em mudar a realidade a partir do lugar que cada um de nós ocupa", garantiu.



A defesa do básico e primordial


O Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção Criciúma, Rafael Búrigo Serafim, prestigiou a noite de formatura e destacou a importância do projeto para o fortalecimento da cidadania. "Ter pessoas formadas hoje por esse curso oferecido pela Unesc é muito importante porque são mais vozes a defender aquilo que precisa ser diariamente dito. Sim, o óbvio precisa ser dito. O óbvio do respeito à vida, ao outro, a nossa condição de ser humano. Tão importante quanto a iniciativa da Universidade é vocês, alunos, terem se dedicado a esse projeto", pontuou o presidente.


A partir de tamanho aprendizado oportunizado pela troca de experiências, conforme o coordenador-adjunto do PPGD, coordenador do programa Escola de Lideranças e do curso de Lideranças Sociais e Comunitárias, Reginaldo de Souza Vieira, o compromisso é levar adiante os ensinamentos na prática diária. "Foi incrível ver o compromisso e a sede de aprendizado que vocês tiveram. Cada um trouxe uma história de vida, uma contribuição importante. Tivemos a condição de realizar, em um estilo bem 'freiriano', de trocar, compartilhar, reinventar e construir conhecimento, aliando teoria e a prática e construindo uma intervenção social que pudesse transformar a vida das pessoas", destacou.


A formatura, para o coordenador PPGD, Antônio Carlos Wolkmer, significa uma vitória coletiva. "Temos uma experiência muito rica a partir da junção de forças dos Programas de Pós-Graduação, apoio da Instituição e da OAB, também sempre parceira. Trata-se do coroamento de um curso que buscou instrumentalizar lideranças comunitárias e conselheiros estimuladores de políticas públicas, capacitando a cidadania e o fortalecimento da democracia", resume.


O curso contou com 90 horas de atividades realizadas semanalmente em formato virtual.








Fonte: Unesc

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

A Unesc comemorou nesta semana a conclusão da primeira turma do curso de Formação de Lideranças Comunitárias e Sociais, projeto de Extensão promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da Universidade. Os formandos foram recebidos em cerimônia virtual diretamente de 11 estados e 52 municípios de todo o país. O ciclo encerrado foi celebrado por toda a Instituição na noite de quarta-feira, 28, e marca o primeiro passo de um projeto que leva as digitais da Universidade Comunitária que o desenvolve.

Promover cidadania, empoderamento e conhecimento para a comunidade, para a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento da Unesc, Gisele Coelho Lopes, é a marca da Unesc, carimbada no projeto que tem foco nas temáticas de direitos humanos, cidadania e políticas públicas. “Temos aqui multiplicadores de conhecimento em diferentes lugares e que, a partir dos seus Programas de Pós-graduação, enxergam na extensão a forma de compartilhar conhecimento. Como diz Paulo Freire, estamos aqui para combinar saberes e essa combinação é o que nos faz ser Universidade Comunitária. Meus profundos agradecimentos a todos os envolvidos em mais uma ação de sucesso que leva as sementes da Universidade Brasil afora”, destacou.

Junção de forças

Além do PPGD, o curso é organizado em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico (PPGDS); Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPGCA); Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSCol), Comissão de Direitos Humanos da Subseção da OAB/Criciúma-SC, Secretaria de Diversidades e Ações Afirmativas da Unesc e Centro Acadêmico de Direito da Universidade. O envolvimento de tantos profissionais, conforme a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego, foi o trampolim para os expressivos resultados.

“Vocês trabalharam em várias mãos, primaram pela indissociabilidade do ensino, da pesquisa e da extensão. Promoveram a cidadania, a democracia, o estímulo à defesa de políticas públicas, dos direitos humanos, a colaboração, a liderança. Estimularam o olhar ampliado para as causas sociais e enfatizaram a necessidade do envolvimento das pessoas para a construção coletiva de respostas para as questões que envolvem o cotidiano das comunidades, que por tantas vezes são deixadas de lado sem nem mesmo serem debatidas”, apontou Fernanda.

O grupo de formandos que celebra a formatura e leva adiante os conhecimentos trocados ao longo dos encontros, conforme a professora Janete Trichês, é o primeiro, de muitos que virão. “Paulo Freire, o patrono da educação brasileira, dizia que a educação não muda o mundo, muda as pessoas e as pessoas, então, mudam o mundo. Nossa gratidão a cada um de vocês por acreditarem na educação e nas mudanças que ela operou em cada um de nós ao longo desse curso. Já não somos mais os mesmos e nos sentimos mais preparados para pensar em mudar a realidade a partir do lugar que cada um de nós ocupa”, garantiu.

A defesa do básico e primordial

O Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção Criciúma, Rafael Búrigo Serafim, prestigiou a noite de formatura e destacou a importância do projeto para o fortalecimento da cidadania. “Ter pessoas formadas hoje por esse curso oferecido pela Unesc é muito importante porque são mais vozes a defender aquilo que precisa ser diariamente dito. Sim, o óbvio precisa ser dito. O óbvio do respeito à vida, ao outro, a nossa condição de ser humano. Tão importante quanto a iniciativa da Universidade é vocês, alunos, terem se dedicado a esse projeto”, pontuou o presidente.

A partir de tamanho aprendizado oportunizado pela troca de experiências, conforme o coordenador-adjunto do PPGD, coordenador do programa Escola de Lideranças e do curso de Lideranças Sociais e Comunitárias, Reginaldo de Souza Vieira, o compromisso é levar adiante os ensinamentos na prática diária. “Foi incrível ver o compromisso e a sede de aprendizado que vocês tiveram. Cada um trouxe uma história de vida, uma contribuição importante. Tivemos a condição de realizar, em um estilo bem ‘freiriano’, de trocar, compartilhar, reinventar e construir conhecimento, aliando teoria e a prática e construindo uma intervenção social que pudesse transformar a vida das pessoas”, destacou.

A formatura, para o coordenador PPGD, Antônio Carlos Wolkmer, significa uma vitória coletiva. “Temos uma experiência muito rica a partir da junção de forças dos Programas de Pós-Graduação, apoio da Instituição e da OAB, também sempre parceira. Trata-se do coroamento de um curso que buscou instrumentalizar lideranças comunitárias e conselheiros estimuladores de políticas públicas, capacitando a cidadania e o fortalecimento da democracia”, resume.

O curso contou com 90 horas de atividades realizadas semanalmente em formato virtual.

Fonte: Unesc

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias