Uma cidade jovem, mas com grande potencial econômico

Com pouco mais de 11 mil habitantes, Turvo cresce gradativamente e tudo isso deve ser comemorado nesta terça-feira no Parque de Exposições.

O município de Turvo como é conhecido nacionalmente como a capital brasileira da mecanização agrícola, tem como seu maior fomentador econômico a agricultura. O cultivo de grãos é a maior atividade do município e obtém destaque na produção de arroz, sendo o maior produtor do estado. Com 12.746 habitantes, o PIB de Turvo chega a atingir quase meio milhão de reais, segundo o senso mais recente do IBGE, o PIB per capita é de mais de R$ 38 mil, maior que a média nacional de R$ 30.407.


A área de produção de arroz no município é de 10.000 hectares. Ano passado a safra foi de 159 sacos de arroz por hectare. Segundo o Reginaldo Ghellere, gerente regional da EPAGRI, embora a produção para esse ano seja otimista, e cerca de 40% da safra já tenha sido colhida, a expectativa é que os agricultores produzam um pouco menos do que ano passado. “A colheita esse ano sofre um pequeno déficit comparado ao ano anterior, e a produção fica na casa de 150 sacos de arroz por hectare. Há também a produção de sementes de arroz, são 1.200 hectares que corresponde 40% da produção total do estado” reforça Ghellere.


Além do cultivo de arroz, o município investe nas plantações de milho, fumo, feijão e banana. Com pastagens que representam cerca de 20% dos imóveis rurais, a pecuária vem atingindo boa contingência entre bovinos, suínos, equinos, caprinos e o destaque fica na produção de aves e leite. “Há também em Turvo a realização de piscicultura com criação de diversos tipo de peixes, como a carpa em açudes e tanques modelos, além da criação de peixes dentro de canchas de arroz com a finalidade de usar esterco dos peixes como adubo, conhecido como rizipiscicultura”, reforça Reginaldo.


O cultivo da Pitaya ou fruto dragão, como também é conhecido, merece destaque. O fruto nativo das regiões da América do Sul e também é cultivado em Israel e na China, foi trazido para região incialmente por agricultores familiares de Turvo, que decidiram trocar o plantio do fumo pela planta exótica. Que acabou resultando em melhores condições de trabalho para os agricultores locais, pois uso de agroquímicos não é necessário no cultivo da pitaya.


FESTA PARA COMEMORAR


Para celebrar o desenvolvimento do município, é essencial homenagear a cidade pelos seus 69 anos de emancipação político-administrativa. A prefeitura municipal de Turvo comemora nessa terça-feira, 20, junto com a população, trazendo atrações locais e fazendo um show pirotécnico. A festa terá início às 20h desta terça-feira. A estimativa de público para o evento é de 12mil pessoas.


Jair Toretti, secretário municipal de Cultura, Turismo e Esportes revela que neste ano a programação de aniversário do município, será repleta de artistas da cidade. “Estarão presentes na comemoração a dupla Delazeri e Juan Pablo, tenores que ficaram conhecidos após a participação no programa Raul Gil, a dupla sertaneja Yonara e Jardel , trazendo seus maiores sucessos como ‘Me Solta Que Eu Quero Beber’ e ‘Coração Covarde’. A organização pretendia trazer também as Meninas da Sanfona, mas infelizmente elas estão com um show marcado para o mesmo dia no Rio Grande do Sul” afirmou Jair.


Na festa também ocorrerá a posse do conselho de Cultura, a entrega do parque infantil na praça da igreja matriz, bem como haverá a estreia também +.o projeto Turvinhos com a intenção de promover o futebol na região, além das inscrições nas escolinhas para os esportes como atletismo, handebol, vôlei, xadrez, basquete, tênis de mesa e Badminton.

O município de Turvo como é conhecido nacionalmente como a capital brasileira da mecanização agrícola, tem como seu maior fomentador econômico a agricultura. O cultivo de grãos é a maior atividade do município e obtém destaque na produção de arroz, sendo o maior produtor do estado. Com 12.746 habitantes, o PIB de Turvo chega a atingir quase meio milhão de reais, segundo o senso mais recente do IBGE, o PIB per capita é de mais de R$ 38 mil, maior que a média nacional de R$ 30.407.

A área de produção de arroz no município é de 10.000 hectares. Ano passado a safra foi de 159 sacos de arroz por hectare. Segundo o Reginaldo Ghellere, gerente regional da EPAGRI, embora a produção para esse ano seja otimista, e cerca de 40% da safra já tenha sido colhida, a expectativa é que os agricultores produzam um pouco menos do que ano passado. “A colheita esse ano sofre um pequeno déficit comparado ao ano anterior, e a produção fica na casa de 150 sacos de arroz por hectare. Há também a produção de sementes de arroz, são 1.200 hectares que corresponde 40% da produção total do estado” reforça Ghellere.

Além do cultivo de arroz, o município investe nas plantações de milho, fumo, feijão e banana. Com pastagens que representam cerca de 20% dos imóveis rurais, a pecuária vem atingindo boa contingência entre bovinos, suínos, equinos, caprinos e o destaque fica na produção de aves e leite. “Há também em Turvo a realização de piscicultura com criação de diversos tipo de peixes, como a carpa em açudes e tanques modelos, além da criação de peixes dentro de canchas de arroz com a finalidade de usar esterco dos peixes como adubo, conhecido como rizipiscicultura”, reforça Reginaldo.

O cultivo da Pitaya ou fruto dragão, como também é conhecido, merece destaque. O fruto nativo das regiões da América do Sul e também é cultivado em Israel e na China, foi trazido para região incialmente por agricultores familiares de Turvo, que decidiram trocar o plantio do fumo pela planta exótica. Que acabou resultando em melhores condições de trabalho para os agricultores locais, pois uso de agroquímicos não é necessário no cultivo da pitaya.

FESTA PARA COMEMORAR

Para celebrar o desenvolvimento do município, é essencial homenagear a cidade pelos seus 69 anos de emancipação político-administrativa. A prefeitura municipal de Turvo comemora nessa terça-feira, 20, junto com a população, trazendo atrações locais e fazendo um show pirotécnico. A festa terá início às 20h desta terça-feira. A estimativa de público para o evento é de 12mil pessoas.

Jair Toretti, secretário municipal de Cultura, Turismo e Esportes revela que neste ano a programação de aniversário do município, será repleta de artistas da cidade. “Estarão presentes na comemoração a dupla Delazeri e Juan Pablo, tenores que ficaram conhecidos após a participação no programa Raul Gil, a dupla sertaneja Yonara e Jardel , trazendo seus maiores sucessos como ‘Me Solta Que Eu Quero Beber’ e ‘Coração Covarde’. A organização pretendia trazer também as Meninas da Sanfona, mas infelizmente elas estão com um show marcado para o mesmo dia no Rio Grande do Sul” afirmou Jair.

Na festa também ocorrerá a posse do conselho de Cultura, a entrega do parque infantil na praça da igreja matriz, bem como haverá a estreia também +.o projeto Turvinhos com a intenção de promover o futebol na região, além das inscrições nas escolinhas para os esportes como atletismo, handebol, vôlei, xadrez, basquete, tênis de mesa e Badminton.

Compartilhe

Voltar às notícias