UAMA realiza primeira reunião do ano

Encontro contou com a presença da secretária de Saúde de Araranguá.

A União das Associações de Moradores de Araranguá (UAMA) realizou na noite desta quinta-feira, 23, a primeira reunião do ano, além de debates internos a reunião contou com a presença da secretaria municipal de Saúde, Evelyn Elias.


Eleito no fim do ano de 2017, a presidente da entidade, Roseli Goulart, moradora da comunidade de Morro Agudo, conduziu a reunião, que a acolheu 13 comunidades. “É preciso que a UAMA, volte a ter a sua importância na sociedade. Além disso, que se envolva em debates importantes do município”.


UAMA realiza primeira reunião do ano-0

A reunião aconteceu na comunidade de Jardim das Avenidas. Os representantes dos bairros receberam a visita da secretária municipal. “Foi muito importante ter a presença da Evelyn, ela esclareceu como está a situação da pasta, mas ficamos felizes por ela avaliar positivamente os conselhos locais de saúde”.


Para Roseli, o encontro foi positivo. “Está foi à primeira de diversas reuniões que estaremos realizando durante o ano. Queremos ajudar as comunidades que já tiveram associação a se reorganizarem e as que não têm, para que possam montar”.

A União das Associações de Moradores de Araranguá (UAMA) realizou na noite desta quinta-feira, 23, a primeira reunião do ano, além de debates internos a reunião contou com a presença da secretaria municipal de Saúde, Evelyn Elias.

Eleito no fim do ano de 2017, a presidente da entidade, Roseli Goulart, moradora da comunidade de Morro Agudo, conduziu a reunião, que a acolheu 13 comunidades. “É preciso que a UAMA, volte a ter a sua importância na sociedade. Além disso, que se envolva em debates importantes do município”.

UAMA realiza primeira reunião do ano-0

A reunião aconteceu na comunidade de Jardim das Avenidas. Os representantes dos bairros receberam a visita da secretária municipal. “Foi muito importante ter a presença da Evelyn, ela esclareceu como está a situação da pasta, mas ficamos felizes por ela avaliar positivamente os conselhos locais de saúde”.

Para Roseli, o encontro foi positivo. “Está foi à primeira de diversas reuniões que estaremos realizando durante o ano. Queremos ajudar as comunidades que já tiveram associação a se reorganizarem e as que não têm, para que possam montar”.

Compartilhe

Voltar às notícias