Suspeito de participação no mega assalto de Criciúma é preso em São Paulo

Homem de 30 anos foi preso por tráfico de drogas e uso de documento falso; Ele confessou que foi um dos responsáveis pela fuga dos criminosos em SC

Por Dyessica Abadi

Um dos integrantes de uma organização criminosa que realizou dois roubos a agências bancárias em Criciúma (SC), em dezembro de 2020, foi preso na madrugada desta sexta-feira, 23, em Peruíbe, no litoral sul de São Paulo. Uma denúncia anônima levou os policiais até um condomínio fechado no bairro Três Marias, onde o homem de 30 anos estava escondido.

Conforme informações da Polícia Civil, os investigadores ficaram aguardando a movimentação na residência que seria o esconderijo do suspeito. Em determinado momento, o homem saiu do imóvel e, ao ver a viatura, correu de volta para dentro da casa. Ao ser abordado, ele apresentou documentos de RG e CNH falsos.

Contudo, ao ser interrogado sobre a participação no assalto a banco em Santa Catarina, o homem confessou a verdadeira identidade aos policiais. Ele contou que a função dele durante o roubo foi levar um carro de luxo de Campinas (SP) à Criciúma (SC), para dar apoio à fuga da organização criminosa. Informações da Polícia Civil apontam que o irmão e a cunhada do homem estão presos por participação no mesmo crime.

Ainda durante a abordagem, o homem revelou o local dentro da casa onde estavam escondidos três tijolos de maconha, pesando aproximadamente 2kg, que ele traficava em Peruíbe. Os policiais apreenderam, além da droga e documento falso, uma balança de precisão, cadernos com anotações da contabilidade da organização, cartões bancários e celulares.

O homem foi detido e encaminhado para a Delegacia de Peruíbe, onde fica à disposição da Justiça.

Fonte: G1

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

Um dos integrantes de uma organização criminosa que realizou dois roubos a agências bancárias em Criciúma (SC), em dezembro de 2020, foi preso na madrugada desta sexta-feira, 23, em Peruíbe, no litoral sul de São Paulo. Uma denúncia anônima levou os policiais até um condomínio fechado no bairro Três Marias, onde o homem de 30 anos estava escondido.

Conforme informações da Polícia Civil, os investigadores ficaram aguardando a movimentação na residência que seria o esconderijo do suspeito. Em determinado momento, o homem saiu do imóvel e, ao ver a viatura, correu de volta para dentro da casa. Ao ser abordado, ele apresentou documentos de RG e CNH falsos.

Contudo, ao ser interrogado sobre a participação no assalto a banco em Santa Catarina, o homem confessou a verdadeira identidade aos policiais. Ele contou que a função dele durante o roubo foi levar um carro de luxo de Campinas (SP) à Criciúma (SC), para dar apoio à fuga da organização criminosa. Informações da Polícia Civil apontam que o irmão e a cunhada do homem estão presos por participação no mesmo crime.

Ainda durante a abordagem, o homem revelou o local dentro da casa onde estavam escondidos três tijolos de maconha, pesando aproximadamente 2kg, que ele traficava em Peruíbe. Os policiais apreenderam, além da droga e documento falso, uma balança de precisão, cadernos com anotações da contabilidade da organização, cartões bancários e celulares.

O homem foi detido e encaminhado para a Delegacia de Peruíbe, onde fica à disposição da Justiça.

Fonte: G1

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias