Sul de Santa Catarina volta a registrar 100% de ocupação para leitos UTI Covid-19

Não há vagas disponíveis nos sete hospitais da região

Por Dyessica Abadi

O Sul de Santa Catarina voltou a registrar lotação máxima em todos hospitais para os leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) reservados para adultos com Covid-19. A região possui 110 leitos ativos e todos estão com 100% de ocupação. A atualização do governo do Estado desta segunda-feira, 29, também revela que cerca de 99,2% das vagas de leitos UTI SUS estão ocupadas em Santa Catarina.

Diferente da semana passada, quando registrou o menor percentual do Estado, o sul Catarinense voltou a contabilizar lotação máxima para ocupação de leitos de UTI Covid-19. Além dessa, outras três regiões continuam no nível mais alto também: Grande Oeste, Meio Oeste e Serra Catarinense e Foz do Rio Itajaí. Atualmente, a região da Grande Florianópolis tem o menor percentual de ocupação, com 98%.

O indicador segue informando que a "taxa de ocupação é virtualmente inferior à taxa de ocupação real devido à rotatividade de pacientes e aos horários de atualização do painel".

[caption id="attachment_72990" align="aligncenter" width="1360"] Atualização desta segunda-feira, 29, do painel de leitos de UTI SUS para adultos com Covid-19 em Santa Catarina. Foto: Divulgação/Governo do Estado[/caption]

A atualização de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) segue disponível para consulta no portal do Governo do Estado de Santa Catarina (acesse os dados completos clicando aqui).

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

O Sul de Santa Catarina voltou a registrar lotação máxima em todos hospitais para os leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) reservados para adultos com Covid-19. A região possui 110 leitos ativos e todos estão com 100% de ocupação. A atualização do governo do Estado desta segunda-feira, 29, também revela que cerca de 99,2% das vagas de leitos UTI SUS estão ocupadas em Santa Catarina.

Diferente da semana passada, quando registrou o menor percentual do Estado, o sul Catarinense voltou a contabilizar lotação máxima para ocupação de leitos de UTI Covid-19. Além dessa, outras três regiões continuam no nível mais alto também: Grande Oeste, Meio Oeste e Serra Catarinense e Foz do Rio Itajaí. Atualmente, a região da Grande Florianópolis tem o menor percentual de ocupação, com 98%.

O indicador segue informando que a “taxa de ocupação é virtualmente inferior à taxa de ocupação real devido à rotatividade de pacientes e aos horários de atualização do painel”.

Atualização desta segunda-feira, 29, do painel de leitos de UTI SUS para adultos com Covid-19 em Santa Catarina. Foto: Divulgação/Governo do Estado

A atualização de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) segue disponível para consulta no portal do Governo do Estado de Santa Catarina (acesse os dados completos clicando aqui).

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias