SC apresenta melhor desempenho dos estados do Sul e Sudeste no Comércio

Média do mês de junho foi recentemente divulgada pelo governo

Santa Catarina segue firme na retomada econômica. Em junho, o volume de vendas do comércio varejista ampliado no estado cresceu 22,2% em relação a maio. O resultado é o melhor entre os estados do Sul e Sudeste e quase o dobro da média nacional (12,6%). Esse é segundo mês de crescimento expressivo do segmento em SC, após salto de 23,3% em maio. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada nesta quarta-feira, 12, pelo IBGE.

“O avanço do comércio é mais uma prova que Santa Catarina está reagindo após os impactos da pandemia. Continuamos com o esforço de preservar vidas e alavancar as atividades econômicas, com responsabilidade e segurança para os trabalhadores e a população. Com inovação, muito trabalho e união, iremos superar mais este desafio”, reforça o governador Carlos Moisés.

Na perspectiva de 12 meses, Santa Catarina é o segundo estado onde o varejo ampliado mais cresceu (6,1%), atrás apenas do Amapá (7,2%), enquanto a média nacional teve recuo de 1,3%. Além disso, na comparação com junho de 2019, Santa Catarina teve a maior alta do país, com salto de 24,6% no volume de vendas. No Brasil, foi registrada queda de 0,9% neste período.

“Quando comparado com junho de 2019, os maiores destaques foram o crescimento de 23,4% das vendas dos super e hipermercados; de 33% do varejo de móveis e eletrodomésticos; de 51,5% das vendas de veículos, motos e peças, e de 18% das vendas de materiais de construção” salienta o economista da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Paulo Zoldan.

Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Santa Catarina segue firme na retomada econômica. Em junho, o volume de vendas do comércio varejista ampliado no estado cresceu 22,2% em relação a maio. O resultado é o melhor entre os estados do Sul e Sudeste e quase o dobro da média nacional (12,6%). Esse é segundo mês de crescimento expressivo do segmento em SC, após salto de 23,3% em maio. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada nesta quarta-feira, 12, pelo IBGE.

“O avanço do comércio é mais uma prova que Santa Catarina está reagindo após os impactos da pandemia. Continuamos com o esforço de preservar vidas e alavancar as atividades econômicas, com responsabilidade e segurança para os trabalhadores e a população. Com inovação, muito trabalho e união, iremos superar mais este desafio”, reforça o governador Carlos Moisés.

Na perspectiva de 12 meses, Santa Catarina é o segundo estado onde o varejo ampliado mais cresceu (6,1%), atrás apenas do Amapá (7,2%), enquanto a média nacional teve recuo de 1,3%. Além disso, na comparação com junho de 2019, Santa Catarina teve a maior alta do país, com salto de 24,6% no volume de vendas. No Brasil, foi registrada queda de 0,9% neste período.

“Quando comparado com junho de 2019, os maiores destaques foram o crescimento de 23,4% das vendas dos super e hipermercados; de 33% do varejo de móveis e eletrodomésticos; de 51,5% das vendas de veículos, motos e peças, e de 18% das vendas de materiais de construção” salienta o economista da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Paulo Zoldan.

Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias