Saúde da Mulher é tema de encontro

Gerência de Saúde da ADR Araranguá sedia Encontro Regional de Saúde da Mulher.

O auditório da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá foi sede nesta sexta-feira, 2, do Encontro Regional de Saúde da Mulher, que envolveu profissionais que atuam na atenção básica das 15 Prefeituras do Extremo-Sul.


Foram capacitados durante todo o dia médicos, enfermeiros, dentistas, coordenadores de atenção básica e secretários municipais de saúde, no encontro coordenado pelo Setor de Atenção Básica da 21ª Gerência Regional de Saúde.


A reunião de trabalho foi aberta pela enfermeira Débora Rodrigues, da coordenação de Atenção Básica Sul/SC e pela gerente Regional de Saúde, Patrícia Gomes Jones Paladini. “A assistência pré-natal é o primeiro passo para o parto e o nascimento saudável. A Equipe de Estratégia de Saúde da Família e o início do pré-natal em tempo certo, tem papel fundamental para a evolução positiva de todo processo”, disse a gerente.


As capacitações foram ministradas pela coordenadora estadual da Saúde da Mulher, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Maria Simone Pan, e pela dentista Fernanda Sônego. Na pauta os seguintes temas: Pré-natal baixo risco na atenção básica; Protocolo de rastreamento de câncer de mama; Protocolo de rastreamento de colo de útero; Sífilis panorama Santa Catarina e Saúde bucal no pré-natal baixo risco.


Saúde da Mulher é tema de encontro-0


Saúde da Mulher/SES


. As ações da Atenção à Saúde da Mulher são direcionadas à população feminina acima de 10 anos de idade e tem como objetivos:


- Promover a melhoria das condições de vida e saúde das mulheres mediante a garantia dos direitos legalmente constituídos e ampliação do acesso aos meios e serviços de promoção, prevenção, assistência e recuperação da saúde.


- Contribuir para a redução da morbidade e mortalidade feminina, especialmente por causas evitáveis, em todos os ciclos de vida e nos diversos grupos populacionais, sem discriminação de qualquer espécie.


- Ampliar, qualificar e humanizar a atenção integral à saúde da mulher no Sistema Único da Saúde.

O auditório da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá foi sede nesta sexta-feira, 2, do Encontro Regional de Saúde da Mulher, que envolveu profissionais que atuam na atenção básica das 15 Prefeituras do Extremo-Sul.

Foram capacitados durante todo o dia médicos, enfermeiros, dentistas, coordenadores de atenção básica e secretários municipais de saúde, no encontro coordenado pelo Setor de Atenção Básica da 21ª Gerência Regional de Saúde.

A reunião de trabalho foi aberta pela enfermeira Débora Rodrigues, da coordenação de Atenção Básica Sul/SC e pela gerente Regional de Saúde, Patrícia Gomes Jones Paladini. “A assistência pré-natal é o primeiro passo para o parto e o nascimento saudável. A Equipe de Estratégia de Saúde da Família e o início do pré-natal em tempo certo, tem papel fundamental para a evolução positiva de todo processo”, disse a gerente.

As capacitações foram ministradas pela coordenadora estadual da Saúde da Mulher, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Maria Simone Pan, e pela dentista Fernanda Sônego. Na pauta os seguintes temas: Pré-natal baixo risco na atenção básica; Protocolo de rastreamento de câncer de mama; Protocolo de rastreamento de colo de útero; Sífilis panorama Santa Catarina e Saúde bucal no pré-natal baixo risco.

Saúde da Mulher é tema de encontro-0

Saúde da Mulher/SES

. As ações da Atenção à Saúde da Mulher são direcionadas à população feminina acima de 10 anos de idade e tem como objetivos:

– Promover a melhoria das condições de vida e saúde das mulheres mediante a garantia dos direitos legalmente constituídos e ampliação do acesso aos meios e serviços de promoção, prevenção, assistência e recuperação da saúde.

– Contribuir para a redução da morbidade e mortalidade feminina, especialmente por causas evitáveis, em todos os ciclos de vida e nos diversos grupos populacionais, sem discriminação de qualquer espécie.

– Ampliar, qualificar e humanizar a atenção integral à saúde da mulher no Sistema Único da Saúde.

Compartilhe

Voltar às notícias