Sala do Empreendedor vai funcionar na prefeitura de Araranguá

Projeto é uma parceria da administração municipal e Sebrae com apoio da Aciva para ajudar na abertura de pequenas empresas

O setor público de diversas cidades do Brasil vem se modernizando para oferecer um ambiente propício ao empreendedorismo. Quem entrou neste caminho foi Araranguá, com a inauguração da Sala do Empreendedor na terça, 21.

O novo espaço foi aberto na Prefeitura, com atendimento especializado para empreendedores. A administração municipal informou que a abertura da sala ocorreu devido ter figurado entre as 50 cidades de Santa Catarina com mais aberturas de empresas no ano de 2019.

Por este motivo, a Sala do Empreendedor veio para facilitar a vida de quem quer empreender ou de quem já está no ramo. É o que explica o Coordenador Regional Sul do Sebrae/SC, Murilo Emanoel Gelosa. “A sala auxiliará o empreendedor na documentação necessária para abrir uma empresa, como também a fazer uma melhor gestão do negócio. Haverá diversos tipos de consultorias’’, revelou Gelosa.

Presente na inauguração, o Presidente da Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense (ACIVA), Alberto Sasso de Sá, o Beto Sasso, comemorou a novidade. “Com essa Sala, Araranguá passa a disponibilizar aos empreendedores acesso facilitado à informação, regularização de suas atividades e muito mais. E para contribuir com esse momento, em alguns dias a ACIVA estará lançando um programa de capacitação de MEIs”, disse o Presidente.

Por outro lado, Sasso lembra que Araranguá precisa continuar este caminho de incentivo ao empreendedorismo, com a atualização das leis. “É de suma importância haver uma atualização da Lei para deixar mais simples a abertura de uma empresa. Por isso, a ACIVA pede que o Poder Público continue com esse projeto, ampliando cada vez mais o fomento ao empreendedorismo”, ressaltou.

 

Como vai funcionar a Sala do Empreendedor

A Sala do Empreendedor já está aberta ao público e funcionará de segunda a sexta-feira das 13h30 às 17h30 no segundo andar da Prefeitura de Araranguá. Segundo a Consultora do projeto, Bárbara Samanta, o principal objetivo da Sala vai muito além da abertura de empresas. ‘‘É uma capacitação e envolvimento dos parceiros. A Sala do Empreendedor é mais que uma sala do MEI, é um ponto de referência de empreendedorismo em Araranguá”, conta a consultora.

Para o Analista do Sebrae/SC, João Alexandre Guze, devido aos números de MEIs existentes na cidade e pelo crescente número de empreendedores, este projeto irá garantir um atendimento mais ágil e estruturado na cidade. “Facilitando tanto na parte de formalização, quanto na viabilidade dos negócios para que eles continuem gerando emprego e renda’’, comentou Guze.

De acordo com o Secretário de Planejamento Indústria e Comércio, Francisco Diello, o projeto veio para desburocratizar. ‘‘Assim, fomentando a abertura de novas empresas e negócios em Araranguá’’, destacou o Secretário.



Foto e fonte: Felipe Balthazar

O setor público de diversas cidades do Brasil vem se modernizando para oferecer um ambiente propício ao empreendedorismo. Quem entrou neste caminho foi Araranguá, com a inauguração da Sala do Empreendedor na terça, 21.

O novo espaço foi aberto na Prefeitura, com atendimento especializado para empreendedores. A administração municipal informou que a abertura da sala ocorreu devido ter figurado entre as 50 cidades de Santa Catarina com mais aberturas de empresas no ano de 2019.

Por este motivo, a Sala do Empreendedor veio para facilitar a vida de quem quer empreender ou de quem já está no ramo. É o que explica o Coordenador Regional Sul do Sebrae/SC, Murilo Emanoel Gelosa. “A sala auxiliará o empreendedor na documentação necessária para abrir uma empresa, como também a fazer uma melhor gestão do negócio. Haverá diversos tipos de consultorias’’, revelou Gelosa.

Presente na inauguração, o Presidente da Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense (ACIVA), Alberto Sasso de Sá, o Beto Sasso, comemorou a novidade. “Com essa Sala, Araranguá passa a disponibilizar aos empreendedores acesso facilitado à informação, regularização de suas atividades e muito mais. E para contribuir com esse momento, em alguns dias a ACIVA estará lançando um programa de capacitação de MEIs”, disse o Presidente.

Por outro lado, Sasso lembra que Araranguá precisa continuar este caminho de incentivo ao empreendedorismo, com a atualização das leis. “É de suma importância haver uma atualização da Lei para deixar mais simples a abertura de uma empresa. Por isso, a ACIVA pede que o Poder Público continue com esse projeto, ampliando cada vez mais o fomento ao empreendedorismo”, ressaltou.

 

Como vai funcionar a Sala do Empreendedor

A Sala do Empreendedor já está aberta ao público e funcionará de segunda a sexta-feira das 13h30 às 17h30 no segundo andar da Prefeitura de Araranguá. Segundo a Consultora do projeto, Bárbara Samanta, o principal objetivo da Sala vai muito além da abertura de empresas. ‘‘É uma capacitação e envolvimento dos parceiros. A Sala do Empreendedor é mais que uma sala do MEI, é um ponto de referência de empreendedorismo em Araranguá”, conta a consultora.

Para o Analista do Sebrae/SC, João Alexandre Guze, devido aos números de MEIs existentes na cidade e pelo crescente número de empreendedores, este projeto irá garantir um atendimento mais ágil e estruturado na cidade. “Facilitando tanto na parte de formalização, quanto na viabilidade dos negócios para que eles continuem gerando emprego e renda’’, comentou Guze.

De acordo com o Secretário de Planejamento Indústria e Comércio, Francisco Diello, o projeto veio para desburocratizar. ‘‘Assim, fomentando a abertura de novas empresas e negócios em Araranguá’’, destacou o Secretário.

Foto e fonte: Felipe Balthazar

Compartilhe

Voltar às notícias