Projeto Recuperar avança mais uma etapa

Apenas a empresa Setep se credenciou no processo licitatório, vencendo com o valor de R$ 2.950.940,54

Ocorreu uma nova etapa de trabalho do CIMGEPA-AMESC (Consórcio Intermunicipal Multifinalitário de Gestão Pública da AMESC) através do Projeto Recuperar. A empresa Setep apresentou proposta na licitação (menor preço) e teve contrato homologado para realizar os trabalhos referentes a roçada, sinalização e operação tapa-buraco das estradas estaduais pavimentadas do extremo sul.

O presidente do CIMGEPA-AMESC, Tiago Zilli, observa que até chegar nesta etapa, ocorreram muitos tramites burocráticos a fim de dar andamento ao projeto Recuperar. “Foi cerca de um ano para que chegássemos neste ponto e agradeço muito a todos os prefeitos da AMESC que foram parceiros, assim como a equipe da Associação dos Municípios, ao qual denomino o gerente executivo, Moacir Rovaris, ao contador Aléxsander  dos Santos e o advogado Marcelo de Luca. Entendemos a ansiedade da população em ver os trabalhos realizados nas rodovias, mas a partir desta primeira contratualização, as demais ficarão mais simples”, esclarece.

O presidente da AMESC, prefeito Ronaldo Pereira da Silva, se fez presente na abertura da licitação, e salientou as burocracias que fazem com que o trabalho dos gestores se torne árduo em busca de respostas. “Este é o papel: de buscarmos as formas de viabilizar as ações. A partir de agora toda a demanda represada passará a ser atendida”.

Após o contrato ser conveniado entre o CIMGEPA-AMESC e o Governo do Estado, foi necessário a contratação de uma empresa para auxiliar no processo. Através da Iguatemi Consultoria e Serviços de Engenharia Ltda se faz os processos licitatórios de contratação das empresas que farão os serviços de manutenção rodoviária previstos.

Na última quinta-feira, 17, foram abertos os envelopes do processo licitatório. Apenas a empresa Setep se credenciou e apresentou proposta para o lote 1, voltado às rodovias pavimentadas. O valor total era de R$ 3.048.766,35 e a empresa venceu com o valor de R$ 2.950.940,54.

Como não houve interessados no lote 2 referente as rodovias não pavimentadas, o edital voltará a ser lançado.

Fonte: Assessoria de Imprensa AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense)

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Ocorreu uma nova etapa de trabalho do CIMGEPA-AMESC (Consórcio Intermunicipal Multifinalitário de Gestão Pública da AMESC) através do Projeto Recuperar. A empresa Setep apresentou proposta na licitação (menor preço) e teve contrato homologado para realizar os trabalhos referentes a roçada, sinalização e operação tapa-buraco das estradas estaduais pavimentadas do extremo sul.

O presidente do CIMGEPA-AMESC, Tiago Zilli, observa que até chegar nesta etapa, ocorreram muitos tramites burocráticos a fim de dar andamento ao projeto Recuperar. “Foi cerca de um ano para que chegássemos neste ponto e agradeço muito a todos os prefeitos da AMESC que foram parceiros, assim como a equipe da Associação dos Municípios, ao qual denomino o gerente executivo, Moacir Rovaris, ao contador Aléxsander  dos Santos e o advogado Marcelo de Luca. Entendemos a ansiedade da população em ver os trabalhos realizados nas rodovias, mas a partir desta primeira contratualização, as demais ficarão mais simples”, esclarece.

O presidente da AMESC, prefeito Ronaldo Pereira da Silva, se fez presente na abertura da licitação, e salientou as burocracias que fazem com que o trabalho dos gestores se torne árduo em busca de respostas. “Este é o papel: de buscarmos as formas de viabilizar as ações. A partir de agora toda a demanda represada passará a ser atendida”.

Após o contrato ser conveniado entre o CIMGEPA-AMESC e o Governo do Estado, foi necessário a contratação de uma empresa para auxiliar no processo. Através da Iguatemi Consultoria e Serviços de Engenharia Ltda se faz os processos licitatórios de contratação das empresas que farão os serviços de manutenção rodoviária previstos.

Na última quinta-feira, 17, foram abertos os envelopes do processo licitatório. Apenas a empresa Setep se credenciou e apresentou proposta para o lote 1, voltado às rodovias pavimentadas. O valor total era de R$ 3.048.766,35 e a empresa venceu com o valor de R$ 2.950.940,54.

Como não houve interessados no lote 2 referente as rodovias não pavimentadas, o edital voltará a ser lançado.

Fonte: Assessoria de Imprensa AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense)

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias