Professor é encontrado morto em apartamento

Caso aconteceu em Araranguá. Homem estava ausente fazia dois dias

Um professor de 40 anos de idade foi encontrado morto na residência dele por volta 18h desta quarta-feira, 15. O apartamento onde ele morava fica em cima da “Galeria Araranguá”, na Avenida Sete de Setembro no centro de Araranguá. Moradores do residencial sentiram a falta do homem que estava ausente há dois dias. Chamaram a PM.



Segundos testemunhas o homem aparentava estar com depressão. Ele lecionava aula de física em uma escola particular e uma universidade de Araranguá.



A Polícia Militar foi a primeira a chegar no apartamento. Constatando a morte do homem chamou o Instituto Geral de Perícias (IGP). O corpo segue agora para o Instituto Médico Legal (IML) onde deve passar por necropsia e em seguida ser liberado para a família.



Um professor de 40 anos de idade foi encontrado morto na residência dele por volta 18h desta quarta-feira, 15. O apartamento onde ele morava fica em cima da “Galeria Araranguá”, na Avenida Sete de Setembro no centro de Araranguá. Moradores do residencial sentiram a falta do homem que estava ausente há dois dias. Chamaram a PM.

Segundos testemunhas o homem aparentava estar com depressão. Ele lecionava aula de física em uma escola particular e uma universidade de Araranguá.

A Polícia Militar foi a primeira a chegar no apartamento. Constatando a morte do homem chamou o Instituto Geral de Perícias (IGP). O corpo segue agora para o Instituto Médico Legal (IML) onde deve passar por necropsia e em seguida ser liberado para a família.

Compartilhe

Voltar às notícias