Praticantes de Jiu-Jitsu da região competem no Rio de Janeiro

Disputa será neste fim de semana

Foto: Divulgação/Decom

Quatro atletas de jiu jitsu da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma estarão participando do Rio Challenge, categoria infantil e adulta, neste sábado e domingo (16 e 17) no Rio de Janeiro.


Na categoria infantil, participa o atleta faixa amarela, Miguel Donini Kelemann de 11 anos. A faixa amarela Natalia Vicente de Jesus, de 15 anos, e a faixa branca Camile Duarte Valnier de 16 anos. Os jovens fazem parte do programa +Esporte +Futuro, e são treinados pelo professor da FME Cleverson Elias, "Forçarada".


Já na categoria adulta, está prevista ainda a luta do técnico faixa preta, Cleverson Elias de Melo, o Forçarada. "Como é um evento em nível de Brasil, estamos confiantes em conquistar pódio nas categorias que vamos disputar", ressaltou o técnico.


"Ver atletas de Criciúma em competições pelo país nos deixa muito felizes, é o esporte municipal ganhando destaque no Brasil", frisou o presidente da FME Criciúma, Neto Uggioni.


Fonte: Diretoria de Comunicação Arroio do Silva

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui 

Quatro atletas de jiu jitsu da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma estarão participando do Rio Challenge, categoria infantil e adulta, neste sábado e domingo (16 e 17) no Rio de Janeiro.

Na categoria infantil, participa o atleta faixa amarela, Miguel Donini Kelemann de 11 anos. A faixa amarela Natalia Vicente de Jesus, de 15 anos, e a faixa branca Camile Duarte Valnier de 16 anos. Os jovens fazem parte do programa +Esporte +Futuro, e são treinados pelo professor da FME Cleverson Elias, “Forçarada”.

Já na categoria adulta, está prevista ainda a luta do técnico faixa preta, Cleverson Elias de Melo, o Forçarada. “Como é um evento em nível de Brasil, estamos confiantes em conquistar pódio nas categorias que vamos disputar”, ressaltou o técnico.

“Ver atletas de Criciúma em competições pelo país nos deixa muito felizes, é o esporte municipal ganhando destaque no Brasil”, frisou o presidente da FME Criciúma, Neto Uggioni.

Fonte: Diretoria de Comunicação Arroio do Silva

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui 

Compartilhe

Voltar às notícias