Plantão Coronavírus: AMESC cria Comitê para tomada de decisões na região

Até o final do ano, o coordenador do CER/COVID-19 será o secretário de Saúde de Passo de Torres, Caio Robério Barpp da Silva

Por Dyessica Abadi

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 13, os prefeitos da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (AMESC) aprovaram a criação do Comitê Extraordinário Regional para acompanhamento e tomada de decisões na região quanto à pandemia de Covid-19 (CER/AMESC Covid-19). O órgão terá competência extraordinária para propor medidas de saúde pública, na forma de diretrizes, recomendações, protocolos, boas práticas e ações. O objetivo é aprimorar as medidas de prevenção e controle do contágio pela Covid-19 na região do Extremo Sul Catarinense em vistas ao retorno das atividades econômicas e de saúde.

A responsabilidade em relação às medidas de enfrentamento ao vírus foram transferidas às regionais municipais a partir do Decreto Estadual n° 630/2020 do dia 1º de junho. O Comitê Extraordinário Regional (CER/AMESC Covid-19) também contará com a integração de profissionais de três áreas de políticas públicas: saúde, educação e assistência social. O objetivo é subsidiar tecnicamente os municípios quanto ao acompanhamento e tomada de decisão com base na classificação de risco regional e evolução ou involução da Covid-19. Além disso, o Comitê deverá também recomendar estratégias de enfrentamento e medidas, além de analisar conjuntamente os dados epidemiológicos e assistenciais para construção do diagnóstico regional.

Até o final do ano, o coordenador do CER/AMESC Covid-19 será o secretário de Saúde de Passo de Torres, Caio Robério Barpp da Silva.

Por Dyessica Abadi

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 13, os prefeitos da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (AMESC) aprovaram a criação do Comitê Extraordinário Regional para acompanhamento e tomada de decisões na região quanto à pandemia de Covid-19 (CER/AMESC Covid-19). O órgão terá competência extraordinária para propor medidas de saúde pública, na forma de diretrizes, recomendações, protocolos, boas práticas e ações. O objetivo é aprimorar as medidas de prevenção e controle do contágio pela Covid-19 na região do Extremo Sul Catarinense em vistas ao retorno das atividades econômicas e de saúde.

A responsabilidade em relação às medidas de enfrentamento ao vírus foram transferidas às regionais municipais a partir do Decreto Estadual n° 630/2020 do dia 1º de junho. O Comitê Extraordinário Regional (CER/AMESC Covid-19) também contará com a integração de profissionais de três áreas de políticas públicas: saúde, educação e assistência social. O objetivo é subsidiar tecnicamente os municípios quanto ao acompanhamento e tomada de decisão com base na classificação de risco regional e evolução ou involução da Covid-19. Além disso, o Comitê deverá também recomendar estratégias de enfrentamento e medidas, além de analisar conjuntamente os dados epidemiológicos e assistenciais para construção do diagnóstico regional.

Até o final do ano, o coordenador do CER/AMESC Covid-19 será o secretário de Saúde de Passo de Torres, Caio Robério Barpp da Silva.

Compartilhe

Voltar às notícias