Personalidades revelam o que passaram com o Covid-19 e transmitem mensagem de Natal

Portal W3 promoveu campanha para alertar as pessoas sobre a necessidade de cuidados nas festa de final de ano

Em 2020 as comemorações de final de ano ficaram prejudicadas por conta do Covid-19, assim como outras celebrações ao longo do ano desde que a doença surgiu no país. Muitas vítimas da doença foram registradas, inclusive, na região Sul Catarinense que se encontra entre as regiões do Estado em estado gravíssimo requerendo conscientização geral da população sobre os cuidados com a proliferação do vírus e muita atenção do Poder Público.

Sendo assim, como forma de chamar a atenção para o tema, o Portal W3 lançou uma campanha para motivar as pessoas para tomar os cuidados necessários ouvindo o depoimento de personalidades locais. De acordo com o diretor administrativo do grupo de comunicação, Fabrício Manfredini, a ideia surgiu para mostrar que a doença está muito próxima e que ninguém se descuide. “Estamos vivendo um momento muito difícil e como veículo de comunicação também queremos dar a nossa contribuição. Por isso, convidamos pessoas conhecidas da nossa sociedade e que tem o poder de passar uma mensagem para os demais para conscientizar sobre os cuidados e fazer um alerta para que evitemos aglomerações nas festa deste ano”, explicou.

Todos os participantes contraíram o novo vírus e sentiram na pele o problema que ele causa. Além do Padre Daniel Zilli, o presidente da Aciva, Beto Sasso, delegado Jorge Giraldi, a secretária de Finanças de Araranguá, Rosane Rafael que foi reinfectada e a voluntária do Doutores da Alegria, Jeanne Leal que conviveu com vírus na família toda perdendo a mãe para a doença.

São depoimentos fortes e que motivaram muitas pessoas nesta data a comemorar de forma alternativa sem estar em risco e colocar outras pessoas em risco também. A palavra de ordem para o Grupo W3 é Respeito.

Acompanhe o vídeo produzido especialmente:

Em 2020 as comemorações de final de ano ficaram prejudicadas por conta do Covid-19, assim como outras celebrações ao longo do ano desde que a doença surgiu no país. Muitas vítimas da doença foram registradas, inclusive, na região Sul Catarinense que se encontra entre as regiões do Estado em estado gravíssimo requerendo conscientização geral da população sobre os cuidados com a proliferação do vírus e muita atenção do Poder Público.

Sendo assim, como forma de chamar a atenção para o tema, o Portal W3 lançou uma campanha para motivar as pessoas para tomar os cuidados necessários ouvindo o depoimento de personalidades locais. De acordo com o diretor administrativo do grupo de comunicação, Fabrício Manfredini, a ideia surgiu para mostrar que a doença está muito próxima e que ninguém se descuide. “Estamos vivendo um momento muito difícil e como veículo de comunicação também queremos dar a nossa contribuição. Por isso, convidamos pessoas conhecidas da nossa sociedade e que tem o poder de passar uma mensagem para os demais para conscientizar sobre os cuidados e fazer um alerta para que evitemos aglomerações nas festa deste ano”, explicou.

Todos os participantes contraíram o novo vírus e sentiram na pele o problema que ele causa. Além do Padre Daniel Zilli, o presidente da Aciva, Beto Sasso, delegado Jorge Giraldi, a secretária de Finanças de Araranguá, Rosane Rafael que foi reinfectada e a voluntária do Doutores da Alegria, Jeanne Leal que conviveu com vírus na família toda perdendo a mãe para a doença.

São depoimentos fortes e que motivaram muitas pessoas nesta data a comemorar de forma alternativa sem estar em risco e colocar outras pessoas em risco também. A palavra de ordem para o Grupo W3 é Respeito.

Acompanhe o vídeo produzido especialmente:

Compartilhe

Voltar às notícias