Pavimentação do interior é prioridade para gestão municipal de São João do Sul

Prefeito Moacir Teixeira diz que encerramento das obras da ponte do Rio Verde também será prioridade

Por Dyessica Abadi

O prefeito de São João do Sul, Moacir Teixeira (MDB), é o quinto entrevistado da série de reportagens do Portal W3 com os 15 gestores eleitos do extremo sul catarinense. O objetivo é avaliar os primeiros projetos dos prefeitos e descobrir a real situação em que se encontram as administrações dos municípios.

São João do Sul foi um dos poucos municípios da AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) a ter um candidato à reeleição. Moacir Teixeira (MDB) continuou com o posto de prefeito do município ao receber 72,75% dos votos válidos, um total de 3.810 votos, durante as eleições do ano passado. Em entrevista ao Portal W3, o prefeito de São João do Sul destaca que a reeleição facilitou o começo de ano para a gestão pública.

"Muitas coisas já demos encaminhamento no ano passado e agora vamos agilizar um pouco, como o processo seletivo e alguns contratos que também já foram adiantados. Eu vejo outros prefeitos que estão tendo dificuldades em conseguir alinhar as novas gestões, então, para nós, facilita bastante uma sequência de administração e ainda mais de uma reeleição, então praticamente a equipe técnica permanece a mesma. Já está tudo encaminhado", revela.

Começo de ano de ajustes e organização


Mesmo com os trabalhos iniciais já adiantados, o prefeito Moacir ressalta que o início de gestão será marcado por ajustes e organização, principalmente em relação a projetos de infraestrutura.  "São apenas 30 e poucos dias, mas estamos sim preparando muitas ações importantes para o nosso município: temos recursos já garantidos e destinados para alguns projetos, já estamos fazendo alguns projetos, o setor de engenharia está fazendo, para depois já começar a projetar", destaca.

O prefeito ainda pondera que as atividades irão ter um ritmo mais acelerado somente após o retorno das aulas escolares, marcado para início de março. "Sabemos que só vai entrar num ritmo mais acelerado em março, então janeiro e fevereiro é mais questão de ajuste, de contratações, de refazer contratos com fornecedores e prestadores de serviço. Em resumo, é organizar a casa para, a partir de março, entrar mais forte com as ações que estamos preparando", revela.

Pavimentação do interior é prioridade


Para os próximos quatro anos, o prefeito Moacir Teixeira destaca que o principal projeto de governo é dar continuidade às obras de pavimentação, ligando as comunidades do interior com o centro da cidade. "A sede do nosso município é pequena e está praticamente toda pavimentada. Somos 14 comunidades distribuídas no interior, então nós temos que levar a pavimentação até lá, porque isso dá qualidade de vida, tira o lodo, o barro e a poeira da frente das casas, valoriza os imóveis. Hoje, o grande destaque de São João do Sul é a gente tentar levar pavimentação asfáltica ou com lajota a todas comunidades", defende.

Uma das obras mais importantes da região sul de Santa Catarina, é a ponte do Rio Verde, que liga São João do Sul à Torres, no litoral gaúcho. "Outra obra importante é a ponte de divisa que estamos executando. Ela está mais ou menos no meio da execução e vamos dar continuidade para encerrar. Também queremos garantir neste ano a garagem municipal, com bastante condição de guardar o maquinários e de oferecer um bom local para os funcionários também", adianta Moacir.

Além disso, o prefeito garante que a Saúde também segue sendo prioridade da prefeitura, assim como a Educação e Assistência Social: "valorizo muito a assistência social, porque sei das dificuldades que temos no município com muitas famílias por aqui". Em relação à educação, Moacir adianta que está trabalhando para buscar mais uma creche ao município e também um ginásio de esporte, a partir da agenda marcada em Brasília nesta segunda-feira, 08.

Prefeito vai à Brasília


Acompanhado de outros cinco prefeitos da AMESC, Moacir Teixeira está em Brasília para buscar recursos e antecipar ações administrativas para os próximos quatro anos de mandato. O prefeito conta que a agenda na capital federal é positiva, e que inclusive irão buscar recursos de emendas parlamentares que estão travadas por lá.

"Nós temos compromisso no Ministério da Integração e depois temos várias outras agendas programadas. Vamos ir no MEC, onde nós temos a nossa creche cadastrada, vamos no Ministérios da Integração por causa da ponte e também vamos na Secretaria de Governo para destravar algumas emendas que estão lá travadas ainda", revela.

Mensagem à população


Moacir Teixeira garante que a prefeitura de São João do Sul encerrou 2020 muito bem e está com a parte financeira saudável. Para a população, ele deixa o seguinte recado: "Nós estamos nos esforçando, dedicando e trabalhando muito para poder dar a resposta à população que acreditou em nós e apostou por duas vezes no nosso projeto, no nosso trabalho e agora vamos nos esforçar e dedicar para atender isso", finaliza o prefeito de São João do Sul.

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

O prefeito de São João do Sul, Moacir Teixeira (MDB), é o quinto entrevistado da série de reportagens do Portal W3 com os 15 gestores eleitos do extremo sul catarinense. O objetivo é avaliar os primeiros projetos dos prefeitos e descobrir a real situação em que se encontram as administrações dos municípios.

São João do Sul foi um dos poucos municípios da AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) a ter um candidato à reeleição. Moacir Teixeira (MDB) continuou com o posto de prefeito do município ao receber 72,75% dos votos válidos, um total de 3.810 votos, durante as eleições do ano passado. Em entrevista ao Portal W3, o prefeito de São João do Sul destaca que a reeleição facilitou o começo de ano para a gestão pública.

“Muitas coisas já demos encaminhamento no ano passado e agora vamos agilizar um pouco, como o processo seletivo e alguns contratos que também já foram adiantados. Eu vejo outros prefeitos que estão tendo dificuldades em conseguir alinhar as novas gestões, então, para nós, facilita bastante uma sequência de administração e ainda mais de uma reeleição, então praticamente a equipe técnica permanece a mesma. Já está tudo encaminhado”, revela.

Começo de ano de ajustes e organização

Mesmo com os trabalhos iniciais já adiantados, o prefeito Moacir ressalta que o início de gestão será marcado por ajustes e organização, principalmente em relação a projetos de infraestrutura.  “São apenas 30 e poucos dias, mas estamos sim preparando muitas ações importantes para o nosso município: temos recursos já garantidos e destinados para alguns projetos, já estamos fazendo alguns projetos, o setor de engenharia está fazendo, para depois já começar a projetar”, destaca.

O prefeito ainda pondera que as atividades irão ter um ritmo mais acelerado somente após o retorno das aulas escolares, marcado para início de março. “Sabemos que só vai entrar num ritmo mais acelerado em março, então janeiro e fevereiro é mais questão de ajuste, de contratações, de refazer contratos com fornecedores e prestadores de serviço. Em resumo, é organizar a casa para, a partir de março, entrar mais forte com as ações que estamos preparando”, revela.

Pavimentação do interior é prioridade

Para os próximos quatro anos, o prefeito Moacir Teixeira destaca que o principal projeto de governo é dar continuidade às obras de pavimentação, ligando as comunidades do interior com o centro da cidade. “A sede do nosso município é pequena e está praticamente toda pavimentada. Somos 14 comunidades distribuídas no interior, então nós temos que levar a pavimentação até lá, porque isso dá qualidade de vida, tira o lodo, o barro e a poeira da frente das casas, valoriza os imóveis. Hoje, o grande destaque de São João do Sul é a gente tentar levar pavimentação asfáltica ou com lajota a todas comunidades”, defende.

Uma das obras mais importantes da região sul de Santa Catarina, é a ponte do Rio Verde, que liga São João do Sul à Torres, no litoral gaúcho. “Outra obra importante é a ponte de divisa que estamos executando. Ela está mais ou menos no meio da execução e vamos dar continuidade para encerrar. Também queremos garantir neste ano a garagem municipal, com bastante condição de guardar o maquinários e de oferecer um bom local para os funcionários também”, adianta Moacir.

Além disso, o prefeito garante que a Saúde também segue sendo prioridade da prefeitura, assim como a Educação e Assistência Social: “valorizo muito a assistência social, porque sei das dificuldades que temos no município com muitas famílias por aqui”. Em relação à educação, Moacir adianta que está trabalhando para buscar mais uma creche ao município e também um ginásio de esporte, a partir da agenda marcada em Brasília nesta segunda-feira, 08.

Prefeito vai à Brasília

Acompanhado de outros cinco prefeitos da AMESC, Moacir Teixeira está em Brasília para buscar recursos e antecipar ações administrativas para os próximos quatro anos de mandato. O prefeito conta que a agenda na capital federal é positiva, e que inclusive irão buscar recursos de emendas parlamentares que estão travadas por lá.

“Nós temos compromisso no Ministério da Integração e depois temos várias outras agendas programadas. Vamos ir no MEC, onde nós temos a nossa creche cadastrada, vamos no Ministérios da Integração por causa da ponte e também vamos na Secretaria de Governo para destravar algumas emendas que estão lá travadas ainda”, revela.

Mensagem à população

Moacir Teixeira garante que a prefeitura de São João do Sul encerrou 2020 muito bem e está com a parte financeira saudável. Para a população, ele deixa o seguinte recado: “Nós estamos nos esforçando, dedicando e trabalhando muito para poder dar a resposta à população que acreditou em nós e apostou por duas vezes no nosso projeto, no nosso trabalho e agora vamos nos esforçar e dedicar para atender isso”, finaliza o prefeito de São João do Sul.

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias