Para cada vaga de vereador em Araranguá, há 12 candidatos disputando o pleito

Araranguá lidera maior índice da região, com 183 candidatos aptos a disputar as 15 vagas do legislativo municipal

Por Dyessica Abadi

O município de Araranguá possui quinze cadeiras em sua Câmara de Vereadores. Nestas eleições, 183 candidatos são aptos a disputar as vagas do legislativo municipal — ou seja, para cada cadeira, há mais de doze candidatos a vereador disputando-a. As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na região do Extremo Sul Catarinense (AMESC), Araranguá lidera com o maior índice da região, seguida de Sombrio, com 108 candidatos para 11 vagas, e Balneário Gaivota, com 63 candidatos para 9 vagas.

Os menores índices de disputa ao legislativo na região ficam por conta de São João do Sul, com 25 candidatos para 9 vagas, Timbé do Sul, com 22 candidatos para 9 vagas, e, na liderança, Morro Grande, com 21 candidatos para 9 vagas.

Conforme a Constituição Federal, as cidades com até 1 milhão de habitantes podem ter entre nove e 21 vereadores.

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

O município de Araranguá possui quinze cadeiras em sua Câmara de Vereadores. Nestas eleições, 183 candidatos são aptos a disputar as vagas do legislativo municipal — ou seja, para cada cadeira, há mais de doze candidatos a vereador disputando-a. As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na região do Extremo Sul Catarinense (AMESC), Araranguá lidera com o maior índice da região, seguida de Sombrio, com 108 candidatos para 11 vagas, e Balneário Gaivota, com 63 candidatos para 9 vagas.

Os menores índices de disputa ao legislativo na região ficam por conta de São João do Sul, com 25 candidatos para 9 vagas, Timbé do Sul, com 22 candidatos para 9 vagas, e, na liderança, Morro Grande, com 21 candidatos para 9 vagas.

Conforme a Constituição Federal, as cidades com até 1 milhão de habitantes podem ter entre nove e 21 vereadores.

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias