Operação conjunta será desencadeada para evitar aglomeração no Arroio

Reunião realizada ontem, 25, na prefeitura definiu estratégias

Foram convocados para uma reunião no paço municipal na quinta, 25, representantes das polícias Civil e Militar junto da equipe do governo. O objetivo do encontro foi discutir formas de conter a contaminação por Coronavírus em Balneário Arroio do Silva.

Segundo a enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica, Franciele Ramos, os dados têm evoluído em função da quantidade dos testes rápidos que estão sendo oferecidos à população. Em torno de 160 testes até o momento.

“O município foi pioneiro na instalação de barreiras, já espalhamos cartazes pela cidade toda, baixamos decretos para o uso de máscara e contamos com o apoio dos órgãos de segurança para que nos ajudem a conter aglomerações na praia e casas”, disse o prefeito, Juscelino Guimarães, o Mineiro.

A Polícia Militar se comprometeu em apertar o cerco nas fiscalizações dos focos de aglomerações. De acordo com o Major Marcelo Zanette, representante do 19º Batalhão no encontro, desde o início da pandemia já foram feitas 372 fiscalizações preventivas no Arroio do Silva. Só neste mês de junho, foram 83 visitas. Zanette também sugeriu que o trabalho de fiscalização contasse a Polícia Civil e órgãos da Vigilância Sanitária e Epidemiológica.

Conforme encaminhado em nota pela assessoria de imprensa do município, ficaram estabelecidas as seguintes estratégias para coibir aglomerações:

  • Operações conjuntas entre as polícias;

  • Rondas pelos bares, comércios;

  • Rondas em residências do município para coibir festas familiares e qualquer tipo de aglomeração;

  • Proibição de trânsito na orla;

  • Obrigatoriedade do uso de máscara em todo o município (será definido por decreto)

  • Campanha de conscientização permanente nos meios de comunicação e carro de som, cartazes, entre outros.


 

 

Foram convocados para uma reunião no paço municipal na quinta, 25, representantes das polícias Civil e Militar junto da equipe do governo. O objetivo do encontro foi discutir formas de conter a contaminação por Coronavírus em Balneário Arroio do Silva.

Segundo a enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica, Franciele Ramos, os dados têm evoluído em função da quantidade dos testes rápidos que estão sendo oferecidos à população. Em torno de 160 testes até o momento.

“O município foi pioneiro na instalação de barreiras, já espalhamos cartazes pela cidade toda, baixamos decretos para o uso de máscara e contamos com o apoio dos órgãos de segurança para que nos ajudem a conter aglomerações na praia e casas”, disse o prefeito, Juscelino Guimarães, o Mineiro.

A Polícia Militar se comprometeu em apertar o cerco nas fiscalizações dos focos de aglomerações. De acordo com o Major Marcelo Zanette, representante do 19º Batalhão no encontro, desde o início da pandemia já foram feitas 372 fiscalizações preventivas no Arroio do Silva. Só neste mês de junho, foram 83 visitas. Zanette também sugeriu que o trabalho de fiscalização contasse a Polícia Civil e órgãos da Vigilância Sanitária e Epidemiológica.

Conforme encaminhado em nota pela assessoria de imprensa do município, ficaram estabelecidas as seguintes estratégias para coibir aglomerações:

  • Operações conjuntas entre as polícias;
  • Rondas pelos bares, comércios;
  • Rondas em residências do município para coibir festas familiares e qualquer tipo de aglomeração;
  • Proibição de trânsito na orla;
  • Obrigatoriedade do uso de máscara em todo o município (será definido por decreto)
  • Campanha de conscientização permanente nos meios de comunicação e carro de som, cartazes, entre outros.

 

 

Compartilhe

Voltar às notícias