Novos médicos estrangeiros devem começar a trabalhar no município na próxima semana

A realização de um Concurso Público para profissionais da área da saúde também está prevista

O Governo de Criciúma vem trabalhando para suprir a necessidade na demanda de profissionais da saúde no município. Médicos estrangeiros que residem no Brasil serão contratados para atuarem nas Unidades Básicas de Saúde, onde é feito o primeiro atendimento. O Projeto de Lei Complementar do Executivo n° 36/2022, que visa a contratação ou nomeação desses profissionais, foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores nesta terça-feira (2). Segundo o secretário de Saúde de Criciúma, Arleu da Silveira, os novos médicos deverão começar a trabalhar nas unidades na próxima semana.


"Todos nós sabemos que precisamos de mais profissionais. Essa é uma medida para dar resolutividade à situação, para o bem das pessoas. Com a ajuda dos médicos estrangeiros, vamos conseguir suprir a necessidade nas Unidades Básicas de Saúde", afirmou.


O candidato à vaga deve possuir Carteira de Registro Nacional Migratório (CRNM), visto permanente e falar português fluentemente. Além disso, o candidato deverá comprovar que vive em situações legais de residência no território brasileiro e apresentar documentação válida pelo Conselho de Classe, através do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida).


A necessidade da contratação de novos médicos se deu pois, conforme consta no Projeto de Lei (PLC-EXE 36/2022), foi realizado Processo Seletivo - Edital n° 021/21, para a contratação de novos profissionais, porém, nem todos os candidatos aprovados assumiram a função, e os que assumiram já se desligaram do cargo. Assim como houve a realizado no Concurso Público – Edital n° 024/21, onde de 58 candidatos, estava previsto que 17 vagas seriam preenchidas, mas apenas 13 profissionais foram aprovados, e somente quatro atuaram no serviço público de saúde do município.


Encaminhamentos até a contratação de novos médicos


Até que novos médicos sejam contratados, a Secretaria de Saúde está dando encaminhamento a outras contratações. Duas vacinadoras estão passando por um curso, e posteriormente irão atuar em duas Unidades de Saúde do município. Além disso, outro Concurso Público para a contratação de profissionais será lançado em breve. "Estamos trabalhando cada vez mais para contornar a situação que estamos enfrentando. Uma nova equipe capacitada estará disponível em breve para atender e levar mais qualidade de vida aos criciumenses", concluiu o secretário.

O Governo de Criciúma vem trabalhando para suprir a necessidade na demanda de profissionais da saúde no município. Médicos estrangeiros que residem no Brasil serão contratados para atuarem nas Unidades Básicas de Saúde, onde é feito o primeiro atendimento. O Projeto de Lei Complementar do Executivo n° 36/2022, que visa a contratação ou nomeação desses profissionais, foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores nesta terça-feira (2). Segundo o secretário de Saúde de Criciúma, Arleu da Silveira, os novos médicos deverão começar a trabalhar nas unidades na próxima semana.

“Todos nós sabemos que precisamos de mais profissionais. Essa é uma medida para dar resolutividade à situação, para o bem das pessoas. Com a ajuda dos médicos estrangeiros, vamos conseguir suprir a necessidade nas Unidades Básicas de Saúde”, afirmou.

O candidato à vaga deve possuir Carteira de Registro Nacional Migratório (CRNM), visto permanente e falar português fluentemente. Além disso, o candidato deverá comprovar que vive em situações legais de residência no território brasileiro e apresentar documentação válida pelo Conselho de Classe, através do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida).

A necessidade da contratação de novos médicos se deu pois, conforme consta no Projeto de Lei (PLC-EXE 36/2022), foi realizado Processo Seletivo – Edital n° 021/21, para a contratação de novos profissionais, porém, nem todos os candidatos aprovados assumiram a função, e os que assumiram já se desligaram do cargo. Assim como houve a realizado no Concurso Público – Edital n° 024/21, onde de 58 candidatos, estava previsto que 17 vagas seriam preenchidas, mas apenas 13 profissionais foram aprovados, e somente quatro atuaram no serviço público de saúde do município.

Encaminhamentos até a contratação de novos médicos

Até que novos médicos sejam contratados, a Secretaria de Saúde está dando encaminhamento a outras contratações. Duas vacinadoras estão passando por um curso, e posteriormente irão atuar em duas Unidades de Saúde do município. Além disso, outro Concurso Público para a contratação de profissionais será lançado em breve. “Estamos trabalhando cada vez mais para contornar a situação que estamos enfrentando. Uma nova equipe capacitada estará disponível em breve para atender e levar mais qualidade de vida aos criciumenses”, concluiu o secretário.

Compartilhe

Voltar às notícias