Nível de casos diários de Covid-19 volta a oscilar na AMESC

Mais 69 pessoas testaram positivo para Covid-19 no Extremo Sul Catarinense desde a última sexta-feira, 09

Por Dyessica Abadi

O boletim epidemiológico de ontem, segunda-feira, 13, revela que mais 69 pessoas testaram positivo para Covid-19 no Extremo Sul Catarinense desde a última sexta-feira, 09 — sendo a média de 23 casos diários. Na última semana, este número voltou a crescer e agora a curva do gráfico que contabiliza o disseminação da pandemia na região voltou a oscilar.

[caption id="attachment_66886" align="aligncenter" width="800"] Gráfico ilustra curva de número de casos novos, por dia, na região da AMESC desde junho de 2020. Arte: Divulgação/AMESC[/caption]

> Leia a matéria da semana anterior clicando aqui.

O levantamento da Associação dos Municípios (AMESC) registra o total de 5.600 casos confirmados para o vírus na região desde o início da pandemia — destes, 5.357 estão recuperados, cerca de 97,5%. Ao todo, a região contabiliza 107 mortos para o vírus, sendo a taxa de letalidade de 1,9%.

O gráfico abaixo é interativo e registra o crescimentos de casos em outubro de 2020. A linha verde demonstra os casos confirmados com Covid-19 na AMESC e a linha a azul revela o total de recuperados pelo vírus. Para melhorar a experiência interativa do gráfico, e por questão técnica de visualização, foi retirado o percentual de óbitos.

Clique ou passe o cursor sobre os pontos das linhas — assim, você terá acesso aos números registrados pelos boletins epidemiológicos.



Mais duas vítimas fatais em Araranguá


Na última semana, foram registrados mais duas mortes em Araranguá. Na terça-feira, 06, uma idosa, de 76 anos, veio a óbito no Hospital Unimed e apresentava como comorbidades HAS e problemas cardíacos. Na quinta-feira, 08, a Prefeitura Municipal comunicou o falecimento de outra idosa, de 71 anos, no Hospital Santa Casa de Curitiba. A paciente era cardíaca e veio a óbito no dia 30 de setembro. Araranguá registra o total de 43 mortes em decorrência de Covid-19.

Taxa de ocupação de pacientes com Covid-19 no HRA é de 25%


Até às 11 horas desta terça-feira, 14, haviam 5 leitos de UTI Covid-19 ocupados no Hospital Regional de Araranguá (HRA). Ao todo, o hospital possui 20 leitos ativos para tratamento dos infectados — ou seja, 15 seguem disponíveis. A taxa de ocupação é de 25%.

Atualização de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do HRA segue disponível para consulta no portal do Governo do Estado de Santa Catarina (acesse os dados completos clicando aqui).

[caption id="attachment_66887" align="aligncenter" width="800"] Sombrio é a cidade com maior número de casos em recuperação, 43, seguido de Araranguá com 18 casos. Arte: Divulgação/AMESC[/caption]

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

O boletim epidemiológico de ontem, segunda-feira, 13, revela que mais 69 pessoas testaram positivo para Covid-19 no Extremo Sul Catarinense desde a última sexta-feira, 09 — sendo a média de 23 casos diários. Na última semana, este número voltou a crescer e agora a curva do gráfico que contabiliza o disseminação da pandemia na região voltou a oscilar.

Gráfico ilustra curva de número de casos novos, por dia, na região da AMESC desde junho de 2020. Arte: Divulgação/AMESC

> Leia a matéria da semana anterior clicando aqui.

O levantamento da Associação dos Municípios (AMESC) registra o total de 5.600 casos confirmados para o vírus na região desde o início da pandemia — destes, 5.357 estão recuperados, cerca de 97,5%. Ao todo, a região contabiliza 107 mortos para o vírus, sendo a taxa de letalidade de 1,9%.

O gráfico abaixo é interativo e registra o crescimentos de casos em outubro de 2020. A linha verde demonstra os casos confirmados com Covid-19 na AMESC e a linha a azul revela o total de recuperados pelo vírus. Para melhorar a experiência interativa do gráfico, e por questão técnica de visualização, foi retirado o percentual de óbitos.

Clique ou passe o cursor sobre os pontos das linhas — assim, você terá acesso aos números registrados pelos boletins epidemiológicos.

Mais duas vítimas fatais em Araranguá

Na última semana, foram registrados mais duas mortes em Araranguá. Na terça-feira, 06, uma idosa, de 76 anos, veio a óbito no Hospital Unimed e apresentava como comorbidades HAS e problemas cardíacos. Na quinta-feira, 08, a Prefeitura Municipal comunicou o falecimento de outra idosa, de 71 anos, no Hospital Santa Casa de Curitiba. A paciente era cardíaca e veio a óbito no dia 30 de setembro. Araranguá registra o total de 43 mortes em decorrência de Covid-19.

Taxa de ocupação de pacientes com Covid-19 no HRA é de 25%

Até às 11 horas desta terça-feira, 14, haviam 5 leitos de UTI Covid-19 ocupados no Hospital Regional de Araranguá (HRA). Ao todo, o hospital possui 20 leitos ativos para tratamento dos infectados — ou seja, 15 seguem disponíveis. A taxa de ocupação é de 25%.

Atualização de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do HRA segue disponível para consulta no portal do Governo do Estado de Santa Catarina (acesse os dados completos clicando aqui).

Sombrio é a cidade com maior número de casos em recuperação, 43, seguido de Araranguá com 18 casos. Arte: Divulgação/AMESC

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias