Blog Rolando Christian Coelho: Na região, 39 vereadores mudaram de partido

Rolando Christian Coelho, 07/06/2020

Ontem fiz ampla exposição a respeito dos nove vereadores de Araranguá que mudaram de partido, diante da janela de transferência partidária, assim como a respeito dos quatro vereadores de Sombrio que também buscaram abrigo em outras siglas para a disputa eleitoral deste ano. Hoje vou reportar outras 26 situações ligadas à transferências partidárias em nossa região, nos mais diversos municípios aqui do Extremo Sul.

Em Balneário Arroio do Silva, por exemplo, foi grande a debandada do PSD. O partido perdeu três vereadores. Vanderlei de Souza, o Lei do Mar Azul, e Maria Alice Luciano foram para o PSL. Já Greyce Copetti se filiou ao PDT. O PSL também ganhou a filiação de Élvio Zoche, que deixou o PL e se filiou ao partido. Já o Progressistas perdeu a filiação de Márcio Macan, que, a exemplo de Greyce, foi para o PDT. Por sua vez, o vereador em exercício Dionei Teixeira, o Moranguinho, deixou o PSB e foi para o PSDB. O titular da cadeira no legislativo do município, Paulo Santos Júnior, o Chocolate, também foi para o PSDB, após deixar o MDB.

Em Maracajá, Volnei Rocha deixou o MDB e foi para o PSL, Valmir Pedro deixou o Progressistas e foi para o PSD, mesmo caminho seguido por Prezalino Ramos, que deixou o PSDB.

Na Comarca de Turvo, o município que mais apresentou mudanças foi Ermo. Dos nove vereadores, quatro mudaram de partido. Luciano Domingos e Lourival Machado, o Lorinho, deixaram o PTB e foram para o PDT e PSL respectivamente. Claudionor de Souza trocou o PSDB pelo PSD, e Fabiano Bristot trocou o PSD pelo PL.

Em Meleiro, Kaká Salvaro trocou o PSB pelo PSDB. Já, João Nazário também deixou o PSB, só que foi para o PDT. No vizinho município de Morro Grande, Édio Tomazi trocou o PSDB pelo PL. Por sua vez, em Timbé do Sul, Norma Crepaldi, a Nega, trocou o MDB pelo PSDB. Em Jacinto Machado, Popô Trombim deixou o Democratas e se filiou ao Podemos. Por sua vez, Zezinho Aguiar trocou o Progressistas pelo PSL.     

Na Comarca de Sombrio, além dos quatro vereadores sombrienses que mudaram de partido, também houve a mudança do vereador gaivotense Roni Coelho Ramos, que deixou o PPS e se filiou ao MDB. Já na Comarca de Santa Rosa do Sul, aconteceram cinco mudanças. No município de Santa Rosa, Tiago Bittencourt deixou o MDB e se filiou ao PSDB. Em São João do Sul, José Delfino deixou o Cidadania e foi para o PSD. Já a vereadora Michely Machado Cardoso trocou o PT pelo PSDB. Em Praia Grande, o vereador Sérgio Boeira trocou o MDB pelo PSDB, e o vereador Manoel da Rosa, o Nelo, trocou o Progressistas pelo PL. Em Passo de Torres, Fabiano Lopes deixou o PSDB e se filiou ao Progressistas.  

Um das grandes surpresas das mudanças ocorridas nos últimos dias diz respeito a filiação da vereadora Greyce Copetti no PDT. Sua saída do PSD já havia sido anunciada, só que seu ingresso no PL era tido como certo, objetivando concorrer a Prefeitura de Balneário Arroio do Silva com o explícito apoio do senador Jorginho Mello (PL). Tudo já amplamente divulgado. Greyce, no entanto, preferiu o ninho brizolista ao 45 do segundo tempo.

Ontem fiz ampla exposição a respeito dos nove vereadores de Araranguá que mudaram de partido, diante da janela de transferência partidária, assim como a respeito dos quatro vereadores de Sombrio que também buscaram abrigo em outras siglas para a disputa eleitoral deste ano. Hoje vou reportar outras 26 situações ligadas à transferências partidárias em nossa região, nos mais diversos municípios aqui do Extremo Sul.

Em Balneário Arroio do Silva, por exemplo, foi grande a debandada do PSD. O partido perdeu três vereadores. Vanderlei de Souza, o Lei do Mar Azul, e Maria Alice Luciano foram para o PSL. Já Greyce Copetti se filiou ao PDT. O PSL também ganhou a filiação de Élvio Zoche, que deixou o PL e se filiou ao partido. Já o Progressistas perdeu a filiação de Márcio Macan, que, a exemplo de Greyce, foi para o PDT. Por sua vez, o vereador em exercício Dionei Teixeira, o Moranguinho, deixou o PSB e foi para o PSDB. O titular da cadeira no legislativo do município, Paulo Santos Júnior, o Chocolate, também foi para o PSDB, após deixar o MDB.

Em Maracajá, Volnei Rocha deixou o MDB e foi para o PSL, Valmir Pedro deixou o Progressistas e foi para o PSD, mesmo caminho seguido por Prezalino Ramos, que deixou o PSDB.

Na Comarca de Turvo, o município que mais apresentou mudanças foi Ermo. Dos nove vereadores, quatro mudaram de partido. Luciano Domingos e Lourival Machado, o Lorinho, deixaram o PTB e foram para o PDT e PSL respectivamente. Claudionor de Souza trocou o PSDB pelo PSD, e Fabiano Bristot trocou o PSD pelo PL.

Em Meleiro, Kaká Salvaro trocou o PSB pelo PSDB. Já, João Nazário também deixou o PSB, só que foi para o PDT. No vizinho município de Morro Grande, Édio Tomazi trocou o PSDB pelo PL. Por sua vez, em Timbé do Sul, Norma Crepaldi, a Nega, trocou o MDB pelo PSDB. Em Jacinto Machado, Popô Trombim deixou o Democratas e se filiou ao Podemos. Por sua vez, Zezinho Aguiar trocou o Progressistas pelo PSL.     

Na Comarca de Sombrio, além dos quatro vereadores sombrienses que mudaram de partido, também houve a mudança do vereador gaivotense Roni Coelho Ramos, que deixou o PPS e se filiou ao MDB. Já na Comarca de Santa Rosa do Sul, aconteceram cinco mudanças. No município de Santa Rosa, Tiago Bittencourt deixou o MDB e se filiou ao PSDB. Em São João do Sul, José Delfino deixou o Cidadania e foi para o PSD. Já a vereadora Michely Machado Cardoso trocou o PT pelo PSDB. Em Praia Grande, o vereador Sérgio Boeira trocou o MDB pelo PSDB, e o vereador Manoel da Rosa, o Nelo, trocou o Progressistas pelo PL. Em Passo de Torres, Fabiano Lopes deixou o PSDB e se filiou ao Progressistas.  

Um das grandes surpresas das mudanças ocorridas nos últimos dias diz respeito a filiação da vereadora Greyce Copetti no PDT. Sua saída do PSD já havia sido anunciada, só que seu ingresso no PL era tido como certo, objetivando concorrer a Prefeitura de Balneário Arroio do Silva com o explícito apoio do senador Jorginho Mello (PL). Tudo já amplamente divulgado. Greyce, no entanto, preferiu o ninho brizolista ao 45 do segundo tempo.

Compartilhe

Voltar ao blog