Mulher é presa após deixar criança de 2 anos trancada em veículo

A temperatura era de aproximadamente 30° e a criança foi encontrada em estado de letargia

Nesta quinta-feira, 9, por volta das 12h, a Polícia Militar foi acionada para averiguar uma denúncia de abandono de incapaz no calçadão da Avenida Getúlio Vargas em Sombrio. Uma criança de 2 anos de idade teria sido deixada dentro de um veículo trancado estacionado em um local descoberto, cabe ressaltar que fazia aproximadamente 30° Celsius e que, segundo testemunhas, quando a criança foi retirada do veículo, ela estava completamente encharcada de suor e apresentava estado de letargia.

Um popular que presenciou a situação, quebrou uma calha de chuva do automóvel retirando a criança de dentro do veículo para prestar socorro.

A guarnição esperou no local a chegada da mãe da criança, que levou aproximadamente 10 minutos. Após ser indagada pelos policiais, ela relatou que foi até o banco, mas não esperava demorar tanto e não imaginou que estaria tão quente dentro do veículo.

O conselho tutelar foi acionado e a criança foi entregue à conselheira Maria Aparecida Goulart Pereira. A mãe foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil, presa pelo crime de abandono de incapaz.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Nesta quinta-feira, 9, por volta das 12h, a Polícia Militar foi acionada para averiguar uma denúncia de abandono de incapaz no calçadão da Avenida Getúlio Vargas em Sombrio. Uma criança de 2 anos de idade teria sido deixada dentro de um veículo trancado estacionado em um local descoberto, cabe ressaltar que fazia aproximadamente 30° Celsius e que, segundo testemunhas, quando a criança foi retirada do veículo, ela estava completamente encharcada de suor e apresentava estado de letargia.

Um popular que presenciou a situação, quebrou uma calha de chuva do automóvel retirando a criança de dentro do veículo para prestar socorro.

A guarnição esperou no local a chegada da mãe da criança, que levou aproximadamente 10 minutos. Após ser indagada pelos policiais, ela relatou que foi até o banco, mas não esperava demorar tanto e não imaginou que estaria tão quente dentro do veículo.

O conselho tutelar foi acionado e a criança foi entregue à conselheira Maria Aparecida Goulart Pereira. A mãe foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil, presa pelo crime de abandono de incapaz.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias