Mais de 12 mil araranguaenses não saíram de casa para votar

Na AMESC, quase 30 mil pessoas optaram por não votar neste ano

Por Dyessica Abadi

O último domingo, 15, foi marcado pelo dia da votação que decidiu os rumos das gestões públicas municipais para os próximos quatro anos. Na região do Extremo Sul Catarinense (AMESC), quase 30 mil pessoas optaram por não votar neste ano — cerca de 18,8% do número de eleitores total na região. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Balneário Arroio do Silva foi o município com maior número de abstenções: 2.832 pessoas não foram votar, cerca de 26% do eleitorado da cidade. Em segundo lugar está Araranguá, onde um quinto da população apta a votar decidiu não exercer a função — quase 24% dos eleitores, ou seja, 12.135 araranguaenses.

O número total de eleitores é registrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A partir disso, é possível verificar quantas pessoas não compareceram às urnas. O município com menor porcentagem de abstenção foi Ermo, com mais de 4%, ou seja: 87 dos 2.125 eleitores registrados não foram votar.
Abaixo, confira a lista com o quantitativo de eleitores na AMESC, registro de votos válidos, brancos, nulos e abstenções . Clique na barra roxa para descobrir a ordem do maior ao menor.




Em entrevista para o G1, o professor de Direito e Relações Internacionais e especialista em Filosofia Política da Universidade La Salle, Fabrício Pontin, explica que a presença de um aplicativo de celular para justificar ausência pode ter relação com o alto número de abstenção.

"Acredito que a alta no número de abstenções também teve relação com o início do uso dos aplicativos. Basicamente com o uso de aplicativo pessoas deixaram de votar no Brasil. Vai demorar um pouco pra gente conseguir fazer uma avaliação mais profunda e dos efeitos da eleição, em quem esses 33% teriam votado. Essa questão me parece bem importante, dentro da análise", afirma.


Morro Grande foi o município com maior número de votos brancos e nulos




Dos 15 municípios da região, Morro Grande foi o único a ter apenas uma chapa inscrita para concorrer ao pleito em 2020. Foram 408 votos brancos e 327 nulos, cerca de 30,7% do total de votos. O prefeito eleito foi Clélio Daniel Olivo (PP), o Kéio, pela coligação "Unidos por Morro Grande".

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

O último domingo, 15, foi marcado pelo dia da votação que decidiu os rumos das gestões públicas municipais para os próximos quatro anos. Na região do Extremo Sul Catarinense (AMESC), quase 30 mil pessoas optaram por não votar neste ano — cerca de 18,8% do número de eleitores total na região. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Balneário Arroio do Silva foi o município com maior número de abstenções: 2.832 pessoas não foram votar, cerca de 26% do eleitorado da cidade. Em segundo lugar está Araranguá, onde um quinto da população apta a votar decidiu não exercer a função — quase 24% dos eleitores, ou seja, 12.135 araranguaenses.

O número total de eleitores é registrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A partir disso, é possível verificar quantas pessoas não compareceram às urnas. O município com menor porcentagem de abstenção foi Ermo, com mais de 4%, ou seja: 87 dos 2.125 eleitores registrados não foram votar.

Abaixo, confira a lista com o quantitativo de eleitores na AMESC, registro de votos válidos, brancos, nulos e abstenções . Clique na barra roxa para descobrir a ordem do maior ao menor.

Em entrevista para o G1, o professor de Direito e Relações Internacionais e especialista em Filosofia Política da Universidade La Salle, Fabrício Pontin, explica que a presença de um aplicativo de celular para justificar ausência pode ter relação com o alto número de abstenção.

“Acredito que a alta no número de abstenções também teve relação com o início do uso dos aplicativos. Basicamente com o uso de aplicativo pessoas deixaram de votar no Brasil. Vai demorar um pouco pra gente conseguir fazer uma avaliação mais profunda e dos efeitos da eleição, em quem esses 33% teriam votado. Essa questão me parece bem importante, dentro da análise”, afirma.

Morro Grande foi o município com maior número de votos brancos e nulos

Dos 15 municípios da região, Morro Grande foi o único a ter apenas uma chapa inscrita para concorrer ao pleito em 2020. Foram 408 votos brancos e 327 nulos, cerca de 30,7% do total de votos. O prefeito eleito foi Clélio Daniel Olivo (PP), o Kéio, pela coligação “Unidos por Morro Grande”.

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias