Mais 31 confirmados com Covid-19 na AMESC em apenas três dias

Os municípios com maior aumento no número de casos foram Maracajá (+11), Araranguá (+7) e Sombrio (+5)

Por Dyessica Abadi

A cada dia que passa, os números de confirmados com Covid-19 na região do Extremo Sul Catarinense aumentam consideravelmente — apenas nos últimos três dias, mais 31 casos foram confirmados. O último Boletim Epidemiológico divulgado pela Associação dos Municípios da região (AMESC) nesta segunda-feira, 18, dá conta de que 143 pessoas já foram infectadas pelo vírus. Mesmo com a rápida disseminação, quase 60% dos casos confirmados já estão curados, um total de 85 pessoas.

Entre sexta-feira, 15, e segunda-feira, 18, os municípios que registraram maior aumento no número de casos de Covid-19 foram Maracajá (com mais 11 confirmados), Araranguá (com mais 7) e Sombrio (com mais 5).


O gráfico abaixo é interativo e registra a cada três dias o crescimentos de dados na tabela referente ao mês de maio: a linha verde demonstra o número de casos confirmados com Covid-19 na AMESC; já a azul revela o total de recuperados pelo vírus; a linha em preto apresenta o número de mortos pelo vírus. Clique ou passe o cursor sobre os pontos das linhas — assim, você terá acesso aos números registrados pelos Boletins Epidemiológicos.



Em Maracajá, disseminação do vírus teria acontecido em estabelecimentos comerciais da BR-101


Nesta segunda-feira,18, a Prefeitura de Maracajá divulgou nas redes sociais que 12 pessoas testaram positivo para o Covid-19. De acordo com o comunicado, a contaminação teria acontecido em dois estabelecimentos comerciais às margens da BR-101. Os locais foram fechados pela Vigilância Epidemiológica e permanecerão assim por 14 dias. Um terceiro empreendimento será vistoriado nesta terça-feira, 19, no qual uma funcionária também testou positivo para Covid-19.

A nota da administração municipal de Maracajá informa que a funcionária de um dos estabelecimentos comerciais teria testado positivo para o vírus na sexta-feira, 15. A trabalhadora reside em Araranguá. Depois dela, outros cinco empregados da empresa foram testados pela Vigilância Epidemiológica e também apresentaram resultados positivos. No segundo estabelecimento, uma trabalhadora testou positivo no sábado, 16, e, depois, outros seis trabalhadores acusaram contaminação pelo coronavírus. Por fim, o terceiro local, que também fica às margens da BR-101, será vistoriado nesta terça-feira, 19, pois uma de suas funcionárias teve resultado positivo no exame.

Além destes 12 confirmados, a Vigilância Epidemiológico do município está examinando outros cinco casos considerados suspeitos. A coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Maracajá, Ana Caroline Araújo, reforça a preocupação das autoridades sanitárias com a capacidade de proliferação do vírus. “O uso de máscara e as medidas de prevenção são fundamentais”, ressalta.

Sombrio controla proliferação e registra 39% dos casos de Covid-19 da AMESC


No dia 6 de maio, o Portal W3 divulgou uma matéria que informava que o município de Sombrio registrava 32 dos 65 confirmados de Covid-19 na AMESC — na época, isso era quase 50% do total de casos em toda região. Contudo, os números mudaram e demonstram a efetividade das medidas preventivas do município. De acordo com o Boletim Epidemiológico desta segunda-feira, 18, Sombrio é responsável por 56 dos 143 confirmados na AMESC — hoje, esse número representa apenas 39% do total.

Na última semana, a Prefeitura Municipal decretou o uso obrigatório de máscaras de proteção para toda a população. O uso já havia sido recomendado à população em 14 de abril. O novo decreto também determina que lugares com grande aglomeração de pessoas devam ser fechados. A medida tem validade até o dia 31 de maio. Em comunicado, o Prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso, informa que a fiscalização será mais rigorosa a partir de agora.

"Fecharemos academias ao ar livre de Sombrio, espaços públicos municipais como o Centro Multiuso do bairro Parque das Avenidas e não serão permitidos cultos, missas e qualquer celebração presenciais nas igrejas. Temos conversa com as polícias civil e militar para nos auxiliar nesse ponto e ainda com nossa própria vigilância atuando e autuando quem descumprir as normas estabelecidas", relatou o prefeito.

O assessor de imprensa da Prefeitura de Sombrio, Fabrício Espíndola, esclarece que o município está realizando muitas testagens e, assim, é capaz de monitorar e tratar a tempo os contaminados. "Nós conseguimos tratar a tempo os contaminados e monitorar os casos descartados, fazendo com que eles se isolem também. Nosso comércio local está respeitando as medidas de prevenção e seguindo as regras estabelecidas. Também estamos tomando as medidas de cuidados na Caixa, com tendas, cadeiras e profissionais higienizando e orientando a população", concluiu.

Por Dyessica Abadi

A cada dia que passa, os números de confirmados com Covid-19 na região do Extremo Sul Catarinense aumentam consideravelmente — apenas nos últimos três dias, mais 31 casos foram confirmados. O último Boletim Epidemiológico divulgado pela Associação dos Municípios da região (AMESC) nesta segunda-feira, 18, dá conta de que 143 pessoas já foram infectadas pelo vírus. Mesmo com a rápida disseminação, quase 60% dos casos confirmados já estão curados, um total de 85 pessoas.

Entre sexta-feira, 15, e segunda-feira, 18, os municípios que registraram maior aumento no número de casos de Covid-19 foram Maracajá (com mais 11 confirmados), Araranguá (com mais 7) e Sombrio (com mais 5).

O gráfico abaixo é interativo e registra a cada três dias o crescimentos de dados na tabela referente ao mês de maio: a linha verde demonstra o número de casos confirmados com Covid-19 na AMESC; já a azul revela o total de recuperados pelo vírus; a linha em preto apresenta o número de mortos pelo vírus. Clique ou passe o cursor sobre os pontos das linhas — assim, você terá acesso aos números registrados pelos Boletins Epidemiológicos.

Em Maracajá, disseminação do vírus teria acontecido em estabelecimentos comerciais da BR-101

Nesta segunda-feira,18, a Prefeitura de Maracajá divulgou nas redes sociais que 12 pessoas testaram positivo para o Covid-19. De acordo com o comunicado, a contaminação teria acontecido em dois estabelecimentos comerciais às margens da BR-101. Os locais foram fechados pela Vigilância Epidemiológica e permanecerão assim por 14 dias. Um terceiro empreendimento será vistoriado nesta terça-feira, 19, no qual uma funcionária também testou positivo para Covid-19.

A nota da administração municipal de Maracajá informa que a funcionária de um dos estabelecimentos comerciais teria testado positivo para o vírus na sexta-feira, 15. A trabalhadora reside em Araranguá. Depois dela, outros cinco empregados da empresa foram testados pela Vigilância Epidemiológica e também apresentaram resultados positivos. No segundo estabelecimento, uma trabalhadora testou positivo no sábado, 16, e, depois, outros seis trabalhadores acusaram contaminação pelo coronavírus. Por fim, o terceiro local, que também fica às margens da BR-101, será vistoriado nesta terça-feira, 19, pois uma de suas funcionárias teve resultado positivo no exame.

Além destes 12 confirmados, a Vigilância Epidemiológico do município está examinando outros cinco casos considerados suspeitos. A coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Maracajá, Ana Caroline Araújo, reforça a preocupação das autoridades sanitárias com a capacidade de proliferação do vírus. “O uso de máscara e as medidas de prevenção são fundamentais”, ressalta.

Sombrio controla proliferação e registra 39% dos casos de Covid-19 da AMESC

No dia 6 de maio, o Portal W3 divulgou uma matéria que informava que o município de Sombrio registrava 32 dos 65 confirmados de Covid-19 na AMESC — na época, isso era quase 50% do total de casos em toda região. Contudo, os números mudaram e demonstram a efetividade das medidas preventivas do município. De acordo com o Boletim Epidemiológico desta segunda-feira, 18, Sombrio é responsável por 56 dos 143 confirmados na AMESC — hoje, esse número representa apenas 39% do total.

Na última semana, a Prefeitura Municipal decretou o uso obrigatório de máscaras de proteção para toda a população. O uso já havia sido recomendado à população em 14 de abril. O novo decreto também determina que lugares com grande aglomeração de pessoas devam ser fechados. A medida tem validade até o dia 31 de maio. Em comunicado, o Prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso, informa que a fiscalização será mais rigorosa a partir de agora.

“Fecharemos academias ao ar livre de Sombrio, espaços públicos municipais como o Centro Multiuso do bairro Parque das Avenidas e não serão permitidos cultos, missas e qualquer celebração presenciais nas igrejas. Temos conversa com as polícias civil e militar para nos auxiliar nesse ponto e ainda com nossa própria vigilância atuando e autuando quem descumprir as normas estabelecidas”, relatou o prefeito.

O assessor de imprensa da Prefeitura de Sombrio, Fabrício Espíndola, esclarece que o município está realizando muitas testagens e, assim, é capaz de monitorar e tratar a tempo os contaminados. “Nós conseguimos tratar a tempo os contaminados e monitorar os casos descartados, fazendo com que eles se isolem também. Nosso comércio local está respeitando as medidas de prevenção e seguindo as regras estabelecidas. Também estamos tomando as medidas de cuidados na Caixa, com tendas, cadeiras e profissionais higienizando e orientando a população”, concluiu.

Compartilhe

Voltar às notícias