Jovem morador do Arroio do Silva é jogador profissional de Free Fire

TWO9 faz parte da equipe competitiva da Los Grandes

Você provavelmente conhece alguém que já jogou Free Fire. O “joguinho de celular” virou uma febre no mundo todo e tem conquistado cada vez mais os brasileiros. Leve e intuitivo, há 3 anos o Free Fire vem democratizando e revolucionando o cenário dos games.

Free Fire é um dos jogos de celular mais baixados no mundo e possui aproximadamente 60 milhões de jogadores ativos diários. Diante de uma base tão grande de fãs e jogadores, nos últimos anos campeonatos começaram a surgir e ter grande popularidade. Também não demorou muito para que os players com maior habilidade se destacassem e um novo mercado surgisse. Para se ter uma ideia da relevância que o Free Fire tem no Brasil, grandes clubes como Corinthians, Flamengo, Santos e Cruzeiro decidiram apostar no game e montaram suas equipes para ingressar nas competições. Corinthians é o atual campeão mundial.



Diógenes Inácio, também conhecido como TWO9, é jogador profissional de Free Fire e reside em Balneário Arroio do Silva. Com apenas 17 anos de idade, ele já faz parte da equipe Los Grandes, um dos maiores times competitivos de Free Fire do Brasil. Do seu quarto, ele faz diariamente transmissões ao vivo enquanto joga - também conhecidas como stream, e atrai milhares de fãs e apaixonados pelo eSport. Com mais de 700 mil seguidores no Instagram e quase meio milhão de inscritos em seu canal do YouTube, TWO9 é um fenômeno do game.

Embora a ideia de trabalhar jogando video game possa parecer um sonho para alguns, se profissionalizar exige muito, é o que conta Diógenes. Fazendo transmissões em duas plataformas diferentes, são ao menos 7 horas por dia jogando. E como todo atleta, é necessário reservar um tempo para realizar os treinos e alinhar as estratégias para os campeonatos. Poucas horas de sono e trocar a noite pelo dia também fazem parte da rotina dele.

A mãe de Diógenes, Eliete J Lourenço, conta que no início por não entender teve resistência, mas que hoje toda a família o apoia e comemora junto. "Era muito complicado, a gente brigava porque ele virava a noite jogando e não saía para nada. A gente não via futuro nisso. Nós nos preocupávamos e ainda nos preocupamos com a quantidade de horas que ele fica em frente ao computador, mas dá pra ver que ele faz com amor e faz porque gosta. Hoje nós entendemos que isso é o sonho dele e torcemos muito para que as coisas deem certo daqui em diante", salienta a mãe.

A trajetória de TWO9 dentro do Free Fire é inspiradora. Há mais de dois anos jogando e se dedicando, ele conta que o seu início não foi nada fácil. “Eu conheci o jogo pelo celular, mas logo busquei uma maneira de jogar Free Fire no computador. Eu não tinha como comprar um PC potente, então comecei jogando com o que eu tinha. Era um notebook bem simples e eu precisava colocar um ventilador embaixo dele porque ele superaquecia e desligava durante as partidas”, lembra.

TW09 conta que tudo mudou quando venceu um campeonato amador e ganhou um computador novo. “Alguns streamers faziam salas premiadas e através de um campeonato, ganhei um computador bom. Com ele, foi possível realizar as lives, então eu fui conquistando espaço e depois vieram as competições”.




"Eu costumava admirar outros jogadores, mas olhando bem, notei que eu sou a minha maior inspiração. Ver de onde eu vim, por onde eu comecei e estar onde eu estou, conquistando isso tudo, é muito da hora", respondeu ele ao ser questionado sobre quem é a sua maior inspiração.

Atualmente, TWO9 faz parte da equipe competitiva na modalidade de emuladores da Los Grandes. Com apenas 4 meses no time, ele já disputou a final da Copa Nobru e sua equipe ficou em 5º lugar. TW09 faz lives todos os dias no YouTube e na Bigo Live.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Você provavelmente conhece alguém que já jogou Free Fire. O “joguinho de celular” virou uma febre no mundo todo e tem conquistado cada vez mais os brasileiros. Leve e intuitivo, há 3 anos o Free Fire vem democratizando e revolucionando o cenário dos games.

Free Fire é um dos jogos de celular mais baixados no mundo e possui aproximadamente 60 milhões de jogadores ativos diários. Diante de uma base tão grande de fãs e jogadores, nos últimos anos campeonatos começaram a surgir e ter grande popularidade. Também não demorou muito para que os players com maior habilidade se destacassem e um novo mercado surgisse. Para se ter uma ideia da relevância que o Free Fire tem no Brasil, grandes clubes como Corinthians, Flamengo, Santos e Cruzeiro decidiram apostar no game e montaram suas equipes para ingressar nas competições. Corinthians é o atual campeão mundial.

Diógenes Inácio, também conhecido como TWO9, é jogador profissional de Free Fire e reside em Balneário Arroio do Silva. Com apenas 17 anos de idade, ele já faz parte da equipe Los Grandes, um dos maiores times competitivos de Free Fire do Brasil. Do seu quarto, ele faz diariamente transmissões ao vivo enquanto joga – também conhecidas como stream, e atrai milhares de fãs e apaixonados pelo eSport. Com mais de 700 mil seguidores no Instagram e quase meio milhão de inscritos em seu canal do YouTube, TWO9 é um fenômeno do game.

Embora a ideia de trabalhar jogando video game possa parecer um sonho para alguns, se profissionalizar exige muito, é o que conta Diógenes. Fazendo transmissões em duas plataformas diferentes, são ao menos 7 horas por dia jogando. E como todo atleta, é necessário reservar um tempo para realizar os treinos e alinhar as estratégias para os campeonatos. Poucas horas de sono e trocar a noite pelo dia também fazem parte da rotina dele.

A mãe de Diógenes, Eliete J Lourenço, conta que no início por não entender teve resistência, mas que hoje toda a família o apoia e comemora junto. “Era muito complicado, a gente brigava porque ele virava a noite jogando e não saía para nada. A gente não via futuro nisso. Nós nos preocupávamos e ainda nos preocupamos com a quantidade de horas que ele fica em frente ao computador, mas dá pra ver que ele faz com amor e faz porque gosta. Hoje nós entendemos que isso é o sonho dele e torcemos muito para que as coisas deem certo daqui em diante”, salienta a mãe.

A trajetória de TWO9 dentro do Free Fire é inspiradora. Há mais de dois anos jogando e se dedicando, ele conta que o seu início não foi nada fácil. “Eu conheci o jogo pelo celular, mas logo busquei uma maneira de jogar Free Fire no computador. Eu não tinha como comprar um PC potente, então comecei jogando com o que eu tinha. Era um notebook bem simples e eu precisava colocar um ventilador embaixo dele porque ele superaquecia e desligava durante as partidas”, lembra.

TW09 conta que tudo mudou quando venceu um campeonato amador e ganhou um computador novo. “Alguns streamers faziam salas premiadas e através de um campeonato, ganhei um computador bom. Com ele, foi possível realizar as lives, então eu fui conquistando espaço e depois vieram as competições”.

“Eu costumava admirar outros jogadores, mas olhando bem, notei que eu sou a minha maior inspiração. Ver de onde eu vim, por onde eu comecei e estar onde eu estou, conquistando isso tudo, é muito da hora”, respondeu ele ao ser questionado sobre quem é a sua maior inspiração.

Atualmente, TWO9 faz parte da equipe competitiva na modalidade de emuladores da Los Grandes. Com apenas 4 meses no time, ele já disputou a final da Copa Nobru e sua equipe ficou em 5º lugar. TW09 faz lives todos os dias no YouTube e na Bigo Live.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias