Irmãos mortos em Sombrio foram vítimas de latrocínio

Autor do crime está preso

Na tarde desta quarta-feira dia 12, a Polícia Civil de Sombrio realizou coletiva de imprensa para falar sobre a morte dos irmãos João Felisberto de 66 anos e Manoel Felisberto de 85. Os idosos foram encontrados em estado adiantado de decomposição, na casa onde moravam, no bairro Januária, em Sombrio, no final da tarde do dia 29 de novembro.


Conforme o delegado, Luís Otávio Pohlmann, os irmãos foram vítimas de latrocínio cometido por um usuário de drogas de 27 anos identificado pelas iniciais W.S.G., preso no dia em que os cadáveres foram encontrados, por outro mandado de prisão. O criminoso planejou a ida até a casa das vítimas, o que deve ter ocorrido no final de semana que antecipou o dia 29, ou seja, entre o dia 24 ou 25. Na verdade W.S.G. queria furtar objetos para poder trocá-los por entorpecentes e, provavelmente foi flagrado pelos irmãos, momento em que deferiu golpes de faca e golpes com pedaço de pau nas vítimas, esclareceu a autoridade policial, frisando que da casa foram roubados uma bicicleta, dois botijões de gás (já recuperados) e celulares.



No mesmo dia que os corpos dos irmãos foram encontrados, o acusado do crime foi preso devido a outro mandado de prisão (violência doméstica), porém nesta quarta-feira, dia 12, foi dado cumprimento ao mandado de prisão referente ao latrocínio na residência de João e Manoel.


O preso é usuário de crack e já tem diversas passagens policias por violência doméstica e por danos ao patrimônio. Ele negou a autoria do crime, mas isto vai contra todo o conjunto probatório apurado até o momento, acrescentou o delegado.


Durante o ano de 2018 foram registrados na Comarca de Sombrio, três latrocínios, sendo que todos os crimes foram esclarecidos, sendo 100% dos casos solucionados.



 

Na tarde desta quarta-feira dia 12, a Polícia Civil de Sombrio realizou coletiva de imprensa para falar sobre a morte dos irmãos João Felisberto de 66 anos e Manoel Felisberto de 85. Os idosos foram encontrados em estado adiantado de decomposição, na casa onde moravam, no bairro Januária, em Sombrio, no final da tarde do dia 29 de novembro.

Conforme o delegado, Luís Otávio Pohlmann, os irmãos foram vítimas de latrocínio cometido por um usuário de drogas de 27 anos identificado pelas iniciais W.S.G., preso no dia em que os cadáveres foram encontrados, por outro mandado de prisão. O criminoso planejou a ida até a casa das vítimas, o que deve ter ocorrido no final de semana que antecipou o dia 29, ou seja, entre o dia 24 ou 25. Na verdade W.S.G. queria furtar objetos para poder trocá-los por entorpecentes e, provavelmente foi flagrado pelos irmãos, momento em que deferiu golpes de faca e golpes com pedaço de pau nas vítimas, esclareceu a autoridade policial, frisando que da casa foram roubados uma bicicleta, dois botijões de gás (já recuperados) e celulares.

No mesmo dia que os corpos dos irmãos foram encontrados, o acusado do crime foi preso devido a outro mandado de prisão (violência doméstica), porém nesta quarta-feira, dia 12, foi dado cumprimento ao mandado de prisão referente ao latrocínio na residência de João e Manoel.

O preso é usuário de crack e já tem diversas passagens policias por violência doméstica e por danos ao patrimônio. Ele negou a autoria do crime, mas isto vai contra todo o conjunto probatório apurado até o momento, acrescentou o delegado.

Durante o ano de 2018 foram registrados na Comarca de Sombrio, três latrocínios, sendo que todos os crimes foram esclarecidos, sendo 100% dos casos solucionados.

 

Compartilhe

Voltar às notícias