Incêndio destrói creche em Forquilhinha

O incêndio aconteceu no início da tarde desse último domingo, 27


NOTA OFICIAL:


O Governo Municipal de Forquilhinha informa que a Creche Sonho Mágico foi destruída por um incêndio na tarde deste domingo, 27, por volta das 13h40, no bairro Cidade Alta. O local estava fechado e não houve feridos.


O Corpo de Bombeiros atuou no combate às chamas com a utilização de mais de 16 mil litros de água. Há suspeitas de que o incêndio foi provocado de forma criminosa, mas é preciso aguardar o resultado da perícia que será feita no local.


Os serviços estão suspensos por tempo indeterminado nesta creche que atendia 73 crianças de 0 a 3 anos.


A Secretaria de Educação solicita a compreensão dos pais, que vão ter que buscar alternativas nos próximos dias, e salienta que todos vão ser avisados nas próximas semanas conforme a conclusão do plano de remanejamento de atendimento às crianças.


O Governo Municipal de Forquilhinha lamenta a situação e se coloca à disposição para o esclarecimento dos fatos enquanto aguarda a investigação dos órgãos de segurança pública.

NOTA OFICIAL:

O Governo Municipal de Forquilhinha informa que a Creche Sonho Mágico foi destruída por um incêndio na tarde deste domingo, 27, por volta das 13h40, no bairro Cidade Alta. O local estava fechado e não houve feridos.

O Corpo de Bombeiros atuou no combate às chamas com a utilização de mais de 16 mil litros de água. Há suspeitas de que o incêndio foi provocado de forma criminosa, mas é preciso aguardar o resultado da perícia que será feita no local.

Os serviços estão suspensos por tempo indeterminado nesta creche que atendia 73 crianças de 0 a 3 anos.

A Secretaria de Educação solicita a compreensão dos pais, que vão ter que buscar alternativas nos próximos dias, e salienta que todos vão ser avisados nas próximas semanas conforme a conclusão do plano de remanejamento de atendimento às crianças.

O Governo Municipal de Forquilhinha lamenta a situação e se coloca à disposição para o esclarecimento dos fatos enquanto aguarda a investigação dos órgãos de segurança pública.

Compartilhe

Voltar às notícias