Hospital Regional de Araranguá está com 80% dos leitos Covid-19 ocupados

AMESC registra segundo pico na região, com 712 casos ativos para o vírus

Por Dyessica Abadi

O Hospital Regional de Araranguá (HRA) está com 16 dos 20 leitos de UTI para tratamento de Covid-19 ocupados. Os dados foram atualizados às 11 horas desta sexta-feira, 20, pela Central de Operações de Emergência em Saúde (COES), do Governo do Estado de Santa Catarina. Apenas quatro leitos seguem disponíveis — ou seja, a taxa de ocupação do hospital é de 80%.

> Leia a matéria completa da semana anterior clicando aqui.

O boletim epidemiológico da Associação dos Municípios (AMESC) desta quinta-feira, 19, revela que mais 442 pessoas testaram positivo desde a última segunda-feira, 16 — sendo mais de 147 casos por dia na região. O levantamento informa o total de 7.871 casos confirmados para o vírus desde o início da pandemia.

Na segunda-feira da semana anterior, 09, haviam 386 casos em recuperação na AMESC. Hoje, pouco menos de duas semanas depois, esse número quase dobrou — são 712 casos ativos de Covid-19 na AMESC. Araranguá continua sendo a cidade com maior número de casos em recuperação, 327, seguido de Sombrio, com 62.

O boletim epidemiológico da AMESC ainda registra que a taxa de recuperados é de 91,4% — ou seja, dos 7.871 confirmados para o vírus, 7.088 estão recuperados. O percentual de curados vem caindo há mais de três semanas, o que também revela que o número de casos ativos de Covid-19 na região voltou a crescer.

[caption id="attachment_67955" align="aligncenter" width="650"] Segundo pico de casos ativos é registrado na AMESC. Arte: Divulgação/AMESC[/caption]

O gráfico abaixo é interativo e registra o crescimentos de casos em novembro de 2020. A linha verde demonstra os casos confirmados com Covid-19 na AMESC e a linha a azul revela o total de recuperados pelo vírus. Para melhorar a experiência interativa do gráfico, e por questão técnica de visualização, foi retirado o percentual de óbitos.

Clique ou passe o cursor sobre os pontos das linhas — assim, você terá acesso aos números registrados pelos boletins epidemiológicos.



Mais três mortes nesta semana: duas em Araranguá e outra em Santa Rosa do Sul


Ao todo, o Extremo Sul contabiliza 120 mortes causadas por Covid-19, sendo a taxa de letalidade de 1,5%.

Na terça-feira, 17, a Secretaria de Saúde de Araranguá confirmou mais dois óbitos no município em decorrência de Covid-19. Uma das vítimas é uma idosa de 92 anos que veio a falecer no Hospital São Judas Tadeu, em Meleiro, na segunda-feira, 15. Ela não tinha histórico de comorbidades.

Já a segunda vítima é um paciente de 67 anos, com comorbidades DM, HAS e ICC, que faleceu no dia 10 de agosto. Conforme a Prefeitura Municipal, o óbito foi confirmado por "critério clínico epidemiológico juntamente com os dados de notificação do sistema de investigação SIVEP – gripe".

[caption id="attachment_67957" align="aligncenter" width="650"] Os dados de Jacinto Machado, Praia Grande são de 18 de novembro de 2020 e Sombrio são de 17 de novembro de 2020. Arte: Divulgação/AMESC[/caption]

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

O Hospital Regional de Araranguá (HRA) está com 16 dos 20 leitos de UTI para tratamento de Covid-19 ocupados. Os dados foram atualizados às 11 horas desta sexta-feira, 20, pela Central de Operações de Emergência em Saúde (COES), do Governo do Estado de Santa Catarina. Apenas quatro leitos seguem disponíveis — ou seja, a taxa de ocupação do hospital é de 80%.

> Leia a matéria completa da semana anterior clicando aqui.

O boletim epidemiológico da Associação dos Municípios (AMESC) desta quinta-feira, 19, revela que mais 442 pessoas testaram positivo desde a última segunda-feira, 16 — sendo mais de 147 casos por dia na região. O levantamento informa o total de 7.871 casos confirmados para o vírus desde o início da pandemia.

Na segunda-feira da semana anterior, 09, haviam 386 casos em recuperação na AMESC. Hoje, pouco menos de duas semanas depois, esse número quase dobrou — são 712 casos ativos de Covid-19 na AMESC. Araranguá continua sendo a cidade com maior número de casos em recuperação, 327, seguido de Sombrio, com 62.

O boletim epidemiológico da AMESC ainda registra que a taxa de recuperados é de 91,4% — ou seja, dos 7.871 confirmados para o vírus, 7.088 estão recuperados. O percentual de curados vem caindo há mais de três semanas, o que também revela que o número de casos ativos de Covid-19 na região voltou a crescer.

Segundo pico de casos ativos é registrado na AMESC. Arte: Divulgação/AMESC

O gráfico abaixo é interativo e registra o crescimentos de casos em novembro de 2020. A linha verde demonstra os casos confirmados com Covid-19 na AMESC e a linha a azul revela o total de recuperados pelo vírus. Para melhorar a experiência interativa do gráfico, e por questão técnica de visualização, foi retirado o percentual de óbitos.

Clique ou passe o cursor sobre os pontos das linhas — assim, você terá acesso aos números registrados pelos boletins epidemiológicos.

Mais três mortes nesta semana: duas em Araranguá e outra em Santa Rosa do Sul

Ao todo, o Extremo Sul contabiliza 120 mortes causadas por Covid-19, sendo a taxa de letalidade de 1,5%.

Na terça-feira, 17, a Secretaria de Saúde de Araranguá confirmou mais dois óbitos no município em decorrência de Covid-19. Uma das vítimas é uma idosa de 92 anos que veio a falecer no Hospital São Judas Tadeu, em Meleiro, na segunda-feira, 15. Ela não tinha histórico de comorbidades.

Já a segunda vítima é um paciente de 67 anos, com comorbidades DM, HAS e ICC, que faleceu no dia 10 de agosto. Conforme a Prefeitura Municipal, o óbito foi confirmado por “critério clínico epidemiológico juntamente com os dados de notificação do sistema de investigação SIVEP – gripe”.

Os dados de Jacinto Machado, Praia Grande são de 18 de novembro de 2020 e Sombrio são de 17 de novembro de 2020. Arte: Divulgação/AMESC

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias