Homem é preso no Arroio em continuidade a Operação “Prato Frio”

A Operação “Prato Frio”, deflagrada pela Polícia Civil de Sombrio, no amanhecer de ontem, quinta-feira dia 22, em Sombrio, Balneário Gaivota, Araranguá e Balneário Arroio do Silva, em parceria com outras regionais da região sul do estado, continua ainda nesta sexta-feira e dias seguintes até que todos os suspeitos com mandados de prisão em aberto sejam cumpridos.


Na tarde de hoje (23), mais um homem foi preso em Balneário Arroio do Silva, totalizando 27 presos. A prisão foi realizada pelos agentes da DPMU do Arroio e Central de Plantão Policial.


Segundo o delegado Luís Otávio Pohlmann, de Sombrio e que coordena a Operação “Prato Frio”, a investigação que durou um ano, diz respeito aos crimes de tráfico de drogas, organização criminosa, e associação criminosa e foi realizada em resposta aos ataques realizados por membros da facção criminosa Primeiro Grupo Catarinense (PGC), no ano de 2017, na região do extremo sul do Estado.

A Operação “Prato Frio”, deflagrada pela Polícia Civil de Sombrio, no amanhecer de ontem, quinta-feira dia 22, em Sombrio, Balneário Gaivota, Araranguá e Balneário Arroio do Silva, em parceria com outras regionais da região sul do estado, continua ainda nesta sexta-feira e dias seguintes até que todos os suspeitos com mandados de prisão em aberto sejam cumpridos.

Na tarde de hoje (23), mais um homem foi preso em Balneário Arroio do Silva, totalizando 27 presos. A prisão foi realizada pelos agentes da DPMU do Arroio e Central de Plantão Policial.

Segundo o delegado Luís Otávio Pohlmann, de Sombrio e que coordena a Operação “Prato Frio”, a investigação que durou um ano, diz respeito aos crimes de tráfico de drogas, organização criminosa, e associação criminosa e foi realizada em resposta aos ataques realizados por membros da facção criminosa Primeiro Grupo Catarinense (PGC), no ano de 2017, na região do extremo sul do Estado.

Compartilhe

Voltar às notícias