Grupo Comediô diverte público araranguaense em show de comédia stand up

Daniel Santos, Leandro Rodrigues e Félix Machado querem incentivar novos artistas locais e trazer comediantes nacionais para região

Por Dyessica Abadi

Chorar de tanto rir. Rir para não chorar. Gargalhar e aplaudir. A risada possui diferentes níveis de grandeza, mas todas atingem níveis terapêuticos, principalmente em tempos difíceis, como o qual nós vivemos. Na noite desta terça-feira, 19, o grupo teatral Comediô fez um belíssimo "tratamento" que inundou de risadas e aplausos o Auditório Plínio W. Linhares, no Center Shopping de Araranguá. A "Noite de Stand Up" contou com a apresentação de oito humorista locais, entre eles Rafael Oliveira, Linho Borba, Jonathan Pereira e Jon Black, além de, claro, os próprios integrantes do Comediô, Daniel Santos, Leandro Rodrigues e Félix Machado. A edição também contou a apresentação especial do comediante Cabeça.

O Comediô é único grupo de stand up comedy na região sul de Santa Catarina. O integrante Leandro Rodrigues conta sobre os futuros planos do grupo e explica que o maior objetivo é criar a cultura de consumo de apresentações teatrais na região. "A princípio a nossa ideia não é fazer grana — é trazer a cena do stand up para cá. Hoje as pessoas não tem costume de ir ao teatro, até porque não temos essa estrutura aqui na região. Então a nossa ideia é exatamente isso: criar a cena e criar a cultura independente de quem esteja fazendo, seja um comediante famoso ou não", destaca.

As apresentações também reúnem aspirantes locais, pessoas que se interessam e querem começar a fazer comédia. "Hoje foram oito comediantes, porque queríamos aproveitar que o Cabeça está aqui e veio dos Estados Unidos. Ele tem o público dele aqui que não conhecia stand up e não conhecia os novos comediantes. Hoje foram oito, mas normalmente serão cinco ou quatro. Queremos criar essa cultura do stand up aqui para termos novos comediantes. Hoje mesmo duas pessoas vieram falar com a gente para tentar fazer pela primeira vez. Nós não queremos ser conhecidos apenas como comediantes, mas queremos trazer a cena para cá para inspirar cultura", revela Leandro.

O auditório tem capacidade para 300 pessoas, mas, devido às medidas sanitárias que evitam a proliferação do novo coronavírus, o show aconteceu com a presença de apenas 30% do público.

Neste ano, o grupo irá completar dois anos. O primeiro (e único show até então) aconteceu em fevereiro de 2018, no Bar Mitzvah, em Araranguá, e, logo em seguida, foram reconhecidos e apadrinhados pelo comediante Tirulipa, filho do humorista Tiririca. "Depois, em junho de 2018, o Tirulipa ficou sabendo da gente através do Daniel e queria nos conhecer. Então fomos em Jaraguá do Sul, divisa com o Paraná, assistir ao show dele e ele convidou a gente para subirmos no palco. Depois do show nós fomos num bar, tinha um violão lá e começamos a fazer paródias. Ele gostou da gente e ficamos amigos a partir de então", conta Leandro.

Grupo busca parcerias em Araranguá


Para dar seguimento ao projeto, Leandro destaca a necessidade de parceria com bares locais em Araranguá, para fomentar a cultura no município. "Nós já temos parcerias em Sombrio para fazer shows: temos dois bares lá e mais um teatro. Aqui em Araranguá, nós vamos fazer a cada dois meses no Center Shopping, ou em algum bar que se colocar a disposição também, porque, como a gente traz as pessoas para cá e sem custo, para o bar é interessante levar 100 ou 60 pessoas que irão consumir", explica.

O objetivo daqui em diante é fazer parcerias com comediantes locais que estão começando e também com comediantes de sucesso nacional. "Então a nossa ideia é fazer a cada um mês show locais, independente de ser Sombrio ou Araranguá, e um mês show nacional com comediantes como o Thiago Ventura, Alfonso Padilha, e o pessoal que não é do stand-up, como o Badin, o Nego Di", revela Leandro.

Parceria com Whindersson Nunes


Daniel, Leandro e Félix estavam presentes no dia que o comediante Whindersson Nunes esteve em Praia Grande gravando conteúdo turístico para o seu canal do YouTube. Entretanto, por uma questão de segurança, maiores detalhes não foram repassados à imprensa na época. "Nós não podemos divulgar ainda, porque ele tem que postar o vídeo no canal do Youtube primeiro. Se eu não estou enganado, ele vai começar a postar a série no mês que vem e depois disso nós podemos colocar o material também. Inclusive nem os stories pudemos publicar. A gente teve que gravar para postar depois", finaliza Leandro.

Os novos espetáculos e acesso ao público serão divulgados nas redes sociais do shopping e do grupo Comediô que pode ser encontrado no Instagram no perfil @comedioshow.

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

Chorar de tanto rir. Rir para não chorar. Gargalhar e aplaudir. A risada possui diferentes níveis de grandeza, mas todas atingem níveis terapêuticos, principalmente em tempos difíceis, como o qual nós vivemos. Na noite desta terça-feira, 19, o grupo teatral Comediô fez um belíssimo “tratamento” que inundou de risadas e aplausos o Auditório Plínio W. Linhares, no Center Shopping de Araranguá. A “Noite de Stand Up” contou com a apresentação de oito humorista locais, entre eles Rafael Oliveira, Linho Borba, Jonathan Pereira e Jon Black, além de, claro, os próprios integrantes do Comediô, Daniel Santos, Leandro Rodrigues e Félix Machado. A edição também contou a apresentação especial do comediante Cabeça.

O Comediô é único grupo de stand up comedy na região sul de Santa Catarina. O integrante Leandro Rodrigues conta sobre os futuros planos do grupo e explica que o maior objetivo é criar a cultura de consumo de apresentações teatrais na região. “A princípio a nossa ideia não é fazer grana — é trazer a cena do stand up para cá. Hoje as pessoas não tem costume de ir ao teatro, até porque não temos essa estrutura aqui na região. Então a nossa ideia é exatamente isso: criar a cena e criar a cultura independente de quem esteja fazendo, seja um comediante famoso ou não”, destaca.

As apresentações também reúnem aspirantes locais, pessoas que se interessam e querem começar a fazer comédia. “Hoje foram oito comediantes, porque queríamos aproveitar que o Cabeça está aqui e veio dos Estados Unidos. Ele tem o público dele aqui que não conhecia stand up e não conhecia os novos comediantes. Hoje foram oito, mas normalmente serão cinco ou quatro. Queremos criar essa cultura do stand up aqui para termos novos comediantes. Hoje mesmo duas pessoas vieram falar com a gente para tentar fazer pela primeira vez. Nós não queremos ser conhecidos apenas como comediantes, mas queremos trazer a cena para cá para inspirar cultura”, revela Leandro.

O auditório tem capacidade para 300 pessoas, mas, devido às medidas sanitárias que evitam a proliferação do novo coronavírus, o show aconteceu com a presença de apenas 30% do público.

Neste ano, o grupo irá completar dois anos. O primeiro (e único show até então) aconteceu em fevereiro de 2018, no Bar Mitzvah, em Araranguá, e, logo em seguida, foram reconhecidos e apadrinhados pelo comediante Tirulipa, filho do humorista Tiririca. “Depois, em junho de 2018, o Tirulipa ficou sabendo da gente através do Daniel e queria nos conhecer. Então fomos em Jaraguá do Sul, divisa com o Paraná, assistir ao show dele e ele convidou a gente para subirmos no palco. Depois do show nós fomos num bar, tinha um violão lá e começamos a fazer paródias. Ele gostou da gente e ficamos amigos a partir de então”, conta Leandro.

Grupo busca parcerias em Araranguá

Para dar seguimento ao projeto, Leandro destaca a necessidade de parceria com bares locais em Araranguá, para fomentar a cultura no município. “Nós já temos parcerias em Sombrio para fazer shows: temos dois bares lá e mais um teatro. Aqui em Araranguá, nós vamos fazer a cada dois meses no Center Shopping, ou em algum bar que se colocar a disposição também, porque, como a gente traz as pessoas para cá e sem custo, para o bar é interessante levar 100 ou 60 pessoas que irão consumir”, explica.

O objetivo daqui em diante é fazer parcerias com comediantes locais que estão começando e também com comediantes de sucesso nacional. “Então a nossa ideia é fazer a cada um mês show locais, independente de ser Sombrio ou Araranguá, e um mês show nacional com comediantes como o Thiago Ventura, Alfonso Padilha, e o pessoal que não é do stand-up, como o Badin, o Nego Di”, revela Leandro.

Parceria com Whindersson Nunes

Daniel, Leandro e Félix estavam presentes no dia que o comediante Whindersson Nunes esteve em Praia Grande gravando conteúdo turístico para o seu canal do YouTube. Entretanto, por uma questão de segurança, maiores detalhes não foram repassados à imprensa na época. “Nós não podemos divulgar ainda, porque ele tem que postar o vídeo no canal do Youtube primeiro. Se eu não estou enganado, ele vai começar a postar a série no mês que vem e depois disso nós podemos colocar o material também. Inclusive nem os stories pudemos publicar. A gente teve que gravar para postar depois”, finaliza Leandro.

Os novos espetáculos e acesso ao público serão divulgados nas redes sociais do shopping e do grupo Comediô que pode ser encontrado no Instagram no perfil @comedioshow.

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias