Grande Florianópolis volta ao estado gravíssimo de contágio para Covid-19

Desde o dia 15 de setembro, Santa Catarina não possuía regiões em estado gravíssimo

Por Dyessica Abadi

A Matriz de Avaliação de Risco Potencial para Covid-19 revela que a Grande Florianópolis voltou a ser classificada como risco gravíssimo (vermelho) para contágio do vírus. Os dados da Secretaria de Estado da Saúde foram atualizados nesta quarta-feira, 04. Desde o dia 15 de setembro, Santa Catarina não possuía regiões em estado gravíssimo.

Já o Extremo Sul Catarinense se manteve em Risco Potencial Grave (laranja) para disseminação de Covid-19 pela décima semana consecutiva. O alerta é para a alta taxa de transmissibilidade do vírus na região. Ademais, outras 10 regiões encontram-se em estado grave (laranja) e quatro em alto (amarelo).

Fonte: SES/Secom 

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

A Matriz de Avaliação de Risco Potencial para Covid-19 revela que a Grande Florianópolis voltou a ser classificada como risco gravíssimo (vermelho) para contágio do vírus. Os dados da Secretaria de Estado da Saúde foram atualizados nesta quarta-feira, 04. Desde o dia 15 de setembro, Santa Catarina não possuía regiões em estado gravíssimo.

Já o Extremo Sul Catarinense se manteve em Risco Potencial Grave (laranja) para disseminação de Covid-19 pela décima semana consecutiva. O alerta é para a alta taxa de transmissibilidade do vírus na região. Ademais, outras 10 regiões encontram-se em estado grave (laranja) e quatro em alto (amarelo).

Fonte: SES/Secom 

 Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias