Governo do Estado flexibiliza ainda mais portarias para hotéis, indústrias e shoppings

Até a última quinta-feira, 24, 15 regiões de saúde de Santa Catarina estavam em situação Grave (laranja) para contaminação de Covid-19

Foto: Mauricio Vieira/Secom

Por Dyessica Abadi

O Governo do Estado publicou na última sexta-feira, 25, uma nova portaria que flexibiliza ainda mais o acesso de pessoas a hotéis, pousadas, shoppings e centros comerciais, bem como a capacidade de operação das atividades industriais. As novas regras seguem a classificação de Risco Potencial da Região de Saúde para Covid-19. O texto da Portaria Nº 743 foi assinado pelo Secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Até a última quinta-feira, 24, todos as regiões de Santa Catarina estavam em situação Grave (cor laranja) para contaminação do vírus — exceto o Extremo Oeste, que é a única região em risco Alto (cor amarela). Saiba mais lendo a matéria completa.

“A Santur vinha discutindo com representantes dos meios de hospedagem e com a Saúde a possibilidade de ajustes na utilização dos leitos, de maneira responsável e segura. Aos poucos o turismo em Santa Catarina vem avançando na retomada das atividades, com protocolos por segmentos, adequados à realidade”, explica o presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo (Santur), Leandro “Mané” Ferrari.

> Leia a Portaria Nº 743 na íntegra clicando aqui.

Hotéis, pousadas, albergues e afins


A Portaria Nº 743 modifica as regras sobre a capacidade de hospedagem de hotéis, pousadas, albergues e afins definidas pela Portaria Nº 244. Em 13 de abril, a abertura desses locais foi autorizada, desde que operassem com 50% de sua capacidade total de hospedagem. Na época, estavam proibidas de funcionar as áreas sociais, como sala de jogos, academias e piscinas — entretanto, as áreas de convivência foram liberadas no início do mês de setembro (saiba mais clicando aqui).

Agora, as regras foram alteradas seguindo a classificação de Risco Potencial da Região de Saúde para Covid-19. Em áreas de risco Gravíssimo (cor vermelha) fica limitado o funcionamento a 30% da capacidade do estabelecimento; Em Grave (laranja), a 60%; Em Alto (amarelo), a 80%; E em Moderado (azul), a 100%. As demais medidas sanitárias, descritas na Portaria 244, seguem valendo.

Indústrias


A Portaria Nº 189, de 22 de março, definia o retorno das atividades industriais mediante a redução de, no mínimo, 50% do total de trabalhadores da empresa, por turno de trabalho. Agora, a Portaria Nº 743 modifica as regras seguindo também seguindo a classificação de Risco Potencial da Região de Saúde para Covid-19.

Nas Regiões de Saúde com avaliação de risco Gravíssimo (vermelho), fica determinado o limite de 50% do total de trabalhadores da empresa, por turno de trabalho; Em Grave (laranja), de 70%; E em Alto (amarelo) e Moderado (azul), fica autorizado o retorno de 100% do número de trabalhadores.

Shoppings, centros comerciais e galerias


O Governo do Estado havia definido que o acesso simultâneo de pessoas nas dependências dos shoppings, centros comerciais e galerias ficaria limitado a, no máximo, 50% da capacidade do local. Essa regra havia sido definida pela Portaria Nº 257, de 21 de abril.

Agora, fica definido pela Portaria Nº 743 que o acesso de pessoas a esses locais siga a classificação de Risco Potencial da Região de Saúde para Covid-19. Nas Regiões de risco Gravíssimo (vermelho) o acesso é limitado a 50% da capacidade do local; Em Grave (laranja), a 70%; E em Alto (amarelo) e Moderado (azul), fica autorizado o acesso de 100% da capacidade instalada.

Fonte: Assessoria de Imprensa Santur

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Foto: Mauricio Vieira/Secom

Por Dyessica Abadi

O Governo do Estado publicou na última sexta-feira, 25, uma nova portaria que flexibiliza ainda mais o acesso de pessoas a hotéis, pousadas, shoppings e centros comerciais, bem como a capacidade de operação das atividades industriais. As novas regras seguem a classificação de Risco Potencial da Região de Saúde para Covid-19. O texto da Portaria Nº 743 foi assinado pelo Secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Até a última quinta-feira, 24, todos as regiões de Santa Catarina estavam em situação Grave (cor laranja) para contaminação do vírus — exceto o Extremo Oeste, que é a única região em risco Alto (cor amarela). Saiba mais lendo a matéria completa.

“A Santur vinha discutindo com representantes dos meios de hospedagem e com a Saúde a possibilidade de ajustes na utilização dos leitos, de maneira responsável e segura. Aos poucos o turismo em Santa Catarina vem avançando na retomada das atividades, com protocolos por segmentos, adequados à realidade”, explica o presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo (Santur), Leandro “Mané” Ferrari.

> Leia a Portaria Nº 743 na íntegra clicando aqui.

Hotéis, pousadas, albergues e afins

A Portaria Nº 743 modifica as regras sobre a capacidade de hospedagem de hotéis, pousadas, albergues e afins definidas pela Portaria Nº 244. Em 13 de abril, a abertura desses locais foi autorizada, desde que operassem com 50% de sua capacidade total de hospedagem. Na época, estavam proibidas de funcionar as áreas sociais, como sala de jogos, academias e piscinas — entretanto, as áreas de convivência foram liberadas no início do mês de setembro (saiba mais clicando aqui).

Agora, as regras foram alteradas seguindo a classificação de Risco Potencial da Região de Saúde para Covid-19. Em áreas de risco Gravíssimo (cor vermelha) fica limitado o funcionamento a 30% da capacidade do estabelecimento; Em Grave (laranja), a 60%; Em Alto (amarelo), a 80%; E em Moderado (azul), a 100%. As demais medidas sanitárias, descritas na Portaria 244, seguem valendo.

Indústrias

A Portaria Nº 189, de 22 de março, definia o retorno das atividades industriais mediante a redução de, no mínimo, 50% do total de trabalhadores da empresa, por turno de trabalho. Agora, a Portaria Nº 743 modifica as regras seguindo também seguindo a classificação de Risco Potencial da Região de Saúde para Covid-19.

Nas Regiões de Saúde com avaliação de risco Gravíssimo (vermelho), fica determinado o limite de 50% do total de trabalhadores da empresa, por turno de trabalho; Em Grave (laranja), de 70%; E em Alto (amarelo) e Moderado (azul), fica autorizado o retorno de 100% do número de trabalhadores.

Shoppings, centros comerciais e galerias

O Governo do Estado havia definido que o acesso simultâneo de pessoas nas dependências dos shoppings, centros comerciais e galerias ficaria limitado a, no máximo, 50% da capacidade do local. Essa regra havia sido definida pela Portaria Nº 257, de 21 de abril.

Agora, fica definido pela Portaria Nº 743 que o acesso de pessoas a esses locais siga a classificação de Risco Potencial da Região de Saúde para Covid-19. Nas Regiões de risco Gravíssimo (vermelho) o acesso é limitado a 50% da capacidade do local; Em Grave (laranja), a 70%; E em Alto (amarelo) e Moderado (azul), fica autorizado o acesso de 100% da capacidade instalada.

Fonte: Assessoria de Imprensa Santur

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias