Fogo em Churrasqueira provoca incêndio em casa na Gaivota

Evite que o churrasco da família não gere problemas piores com dicas do Corpo de Bombeiros

Difícil a residência que não tenha um espaço reservado para o churrasco com a família, amigos ou para que se curta momentos preparando aquela suculenta carne assada. Mas o que é para servir de lazer e reunir pessoas em torno de momentos de descontração pode gerar muita dor de cabeça se alguns cuidados com a segurança não forem tomados.

E foi possivelmente isso o que aconteceu na segunda, 09, em Balneário Gaivota, quando o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender um incêndio em uma residência. Apesar de o fogo ter sido contido com a ajuda de vizinhos com uso de baldes e mangueira, o socorro constatou que os danos materiais iniciaram com incêndio na churrasqueira. Em nota encaminhada, a corporação relata que passou as orientações necessárias para os proprietários da residência e que a perícia será realizada no local. Por sorte ninguém se feriu, mas o problema poderia ter sido maior.

A reportagem entrou em contato com o oficial responsável pelo Batalhão do Corpo de Bombeiros nesta terça, 10, para saber mais sobre o assunto. De fato, não existe nenhuma fiscalização neste sentido, e também nenhuma norma específica que determina a maneira adequada de instalar uma churrasqueira, conforme nos informou o Tenente Bianchi, mas a recomendação é que alguns cuidados sejam tomados. “É importante o morador ter consciência de construir a sua churrasqueira afastada de materiais combustíveis. Encontramos muitas construídas em áreas de forro de PVC e madeira e com o calor acaba esquentando a chaminé e a parede, podendo formar combustão e a ação dos gases em contato com estes materiais entrar em ignição. Apesar de comum o uso destes materiais não é recomendada a churrasqueira estar próxima”, orientou.





Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Difícil a residência que não tenha um espaço reservado para o churrasco com a família, amigos ou para que se curta momentos preparando aquela suculenta carne assada. Mas o que é para servir de lazer e reunir pessoas em torno de momentos de descontração pode gerar muita dor de cabeça se alguns cuidados com a segurança não forem tomados.

E foi possivelmente isso o que aconteceu na segunda, 09, em Balneário Gaivota, quando o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender um incêndio em uma residência. Apesar de o fogo ter sido contido com a ajuda de vizinhos com uso de baldes e mangueira, o socorro constatou que os danos materiais iniciaram com incêndio na churrasqueira. Em nota encaminhada, a corporação relata que passou as orientações necessárias para os proprietários da residência e que a perícia será realizada no local. Por sorte ninguém se feriu, mas o problema poderia ter sido maior.

A reportagem entrou em contato com o oficial responsável pelo Batalhão do Corpo de Bombeiros nesta terça, 10, para saber mais sobre o assunto. De fato, não existe nenhuma fiscalização neste sentido, e também nenhuma norma específica que determina a maneira adequada de instalar uma churrasqueira, conforme nos informou o Tenente Bianchi, mas a recomendação é que alguns cuidados sejam tomados. “É importante o morador ter consciência de construir a sua churrasqueira afastada de materiais combustíveis. Encontramos muitas construídas em áreas de forro de PVC e madeira e com o calor acaba esquentando a chaminé e a parede, podendo formar combustão e a ação dos gases em contato com estes materiais entrar em ignição. Apesar de comum o uso destes materiais não é recomendada a churrasqueira estar próxima”, orientou.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias