Evolução em Araranguá: Celesc implementa sistema de medição inteligente

Com investimento de R$ 23 milhões, Araranguá é primeira cidade do estado a receber a inovação

A Central Elétrica de Santa Catarina (CELESC), inicia projeto pioneiro em Araranguá, implementando novos medidores de energia que operam de forma inteligente. Tais medidores disponibilizam dados para o consumidor, os coletam e identificam problemas de energia instantaneamente.

O projeto começa a ser efetivamente implementado a partir de julho, instalados por uma equipe terceirizada, segundo a divulgação oficial da CELESC, “A expectativa é que todas as 33 mil unidades consumidoras estejam com o novo equipamento instalado até dezembro”. Será então possível para os moradores receber a fatura da energia elétrica via e-mail, através de cadastro na Agência Web.

Após Araranguá servir como cidade-piloto, o projeto será expandido para outras cidades da região. A Cidade das Avenidas foi escolhida como ponto inicial por possuir condições técnicas propícias ao projeto, incluindo um relevo que facilita a comunicação entre os sistemas da CELESC e os novos medidores.

A Central Elétrica de Santa Catarina (CELESC), inicia projeto pioneiro em Araranguá, implementando novos medidores de energia que operam de forma inteligente. Tais medidores disponibilizam dados para o consumidor, os coletam e identificam problemas de energia instantaneamente.

O projeto começa a ser efetivamente implementado a partir de julho, instalados por uma equipe terceirizada, segundo a divulgação oficial da CELESC, “A expectativa é que todas as 33 mil unidades consumidoras estejam com o novo equipamento instalado até dezembro”. Será então possível para os moradores receber a fatura da energia elétrica via e-mail, através de cadastro na Agência Web.

Após Araranguá servir como cidade-piloto, o projeto será expandido para outras cidades da região. A Cidade das Avenidas foi escolhida como ponto inicial por possuir condições técnicas propícias ao projeto, incluindo um relevo que facilita a comunicação entre os sistemas da CELESC e os novos medidores.

Compartilhe

Voltar às notícias