Estudantes do ensino fundamental visitam asilo

Ação foi parte do "Projeto Solidariedade"

Fonte: Assessoria de Imprensa

Inspirados pelo histórico de amor de Frei Egídio Muscini, os estudantes de 3º, 4º e 5º ano da escola municipal São Luís, do bairro São Luiz, de Turvo, trabalharam o projeto Solidariedade,  em consciência da importância de construir um mundo melhor e fraterno através do ser solidário.

A diretora, Maria Cladir Dal Pont, junto das professoras Maria Luzia Floriano, Tânia Kruguer e Sonir Bordignon, realizaram diversas atividades, sendo que dentre estas, houve uma visita ao lar do idoso de Meleiro. Na oportunidade, além de amor, os estudantes levaram doações de alimentos.

“Conscientizar os alunos das necessidades e importância de construir um mundo melhor e fraterno além de ser solidário; respeitar as diferenças independentemente de seu nível social religioso e cultural; observar a realidade de vida dos idosos e resgatar a valorização do ser humano e a importância das virtudes que cada idoso vivenciou foram alguns dos princípios que nortearam as ações”, descreve a diretora.

O projeto mostra que a solidariedade é capaz de transformar uma sociedade e também proporcionar uma sensação de amor e carinho ao próximo, pois deve-se ter empatia com atos de bondade sempre fazendo bem sem olhar para quem, desde pequenos. “Nossos alunos devem ter a consciência que fazer o bem para as pessoas é um ato de amor. O pouco que você faz pode ser muito para quem recebe”.

A secretária de Educação, prof.ª Dr.ª Elizete Maria Possamai Ribeiro, observa que no âmbito escolar a solidariedade uma das competências da BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Recomenda-se que os alunos desenvolvam ao longo de sua vida escolar os princípios solidários para serem bons cidadãos responsáveis pela cidadania.

Para o prefeito, Sandro Cirimbelli, é gratificante ver a valorização das escolas pela vida de Frei Egídio, após a realização da exposição.

Fonte: Assessoria de Imprensa Turvo

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui 

Inspirados pelo histórico de amor de Frei Egídio Muscini, os estudantes de 3º, 4º e 5º ano da escola municipal São Luís, do bairro São Luiz, de Turvo, trabalharam o projeto Solidariedade,  em consciência da importância de construir um mundo melhor e fraterno através do ser solidário.

A diretora, Maria Cladir Dal Pont, junto das professoras Maria Luzia Floriano, Tânia Kruguer e Sonir Bordignon, realizaram diversas atividades, sendo que dentre estas, houve uma visita ao lar do idoso de Meleiro. Na oportunidade, além de amor, os estudantes levaram doações de alimentos.

“Conscientizar os alunos das necessidades e importância de construir um mundo melhor e fraterno além de ser solidário; respeitar as diferenças independentemente de seu nível social religioso e cultural; observar a realidade de vida dos idosos e resgatar a valorização do ser humano e a importância das virtudes que cada idoso vivenciou foram alguns dos princípios que nortearam as ações”, descreve a diretora.

O projeto mostra que a solidariedade é capaz de transformar uma sociedade e também proporcionar uma sensação de amor e carinho ao próximo, pois deve-se ter empatia com atos de bondade sempre fazendo bem sem olhar para quem, desde pequenos. “Nossos alunos devem ter a consciência que fazer o bem para as pessoas é um ato de amor. O pouco que você faz pode ser muito para quem recebe”.

A secretária de Educação, prof.ª Dr.ª Elizete Maria Possamai Ribeiro, observa que no âmbito escolar a solidariedade uma das competências da BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Recomenda-se que os alunos desenvolvam ao longo de sua vida escolar os princípios solidários para serem bons cidadãos responsáveis pela cidadania.

Para o prefeito, Sandro Cirimbelli, é gratificante ver a valorização das escolas pela vida de Frei Egídio, após a realização da exposição.

Fonte: Assessoria de Imprensa Turvo

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui 

Compartilhe

Voltar às notícias