Equipes se reúnem para debater Mirante Realdo Guglielmi

Primeira visita técnica será feita na próxima quinta-feira, 16, no local onde será construído o Mirante

O primeiro encontro da equipe técnica da Prefeitura de Criciúma com os técnicos da Caixa Econômica Federal (CEF) sobre o projeto do Mirante Realdo Guglielmi aconteceu nesta sexta-feira (10), na Sala de Atos do Paço Municipal Marcos Rovaris. A próxima visita será feita no local onde será construído o Mirante, na próxima quinta-feira (16) para a definição dos ajustes finais do projeto.


O Plano de Trabalho já foi aprovado tanto pelo Ministério do Turismo quanto pela Caixa e, na sequência, o contrato de repasse será assinado. A próxima etapa do processo é a aprovação do projeto apresentado pela prefeitura. Após a análise do projeto arquitetônico e dos complementares é que a licitação poderá ser autorizada pela mandatária, que é a Caixa Econômica Federal.


O mirante


O Mirante Realdo Guglielmi, com 30 metros de altura, será construído no Morro Cechinel e vai proporcionar uma visão de 360º da cidade, com alcance das partes litorânea e serrana da região. São R$ 2,4 milhões vindos de recursos do Ministério do Turismo.

O primeiro encontro da equipe técnica da Prefeitura de Criciúma com os técnicos da Caixa Econômica Federal (CEF) sobre o projeto do Mirante Realdo Guglielmi aconteceu nesta sexta-feira (10), na Sala de Atos do Paço Municipal Marcos Rovaris. A próxima visita será feita no local onde será construído o Mirante, na próxima quinta-feira (16) para a definição dos ajustes finais do projeto.

O Plano de Trabalho já foi aprovado tanto pelo Ministério do Turismo quanto pela Caixa e, na sequência, o contrato de repasse será assinado. A próxima etapa do processo é a aprovação do projeto apresentado pela prefeitura. Após a análise do projeto arquitetônico e dos complementares é que a licitação poderá ser autorizada pela mandatária, que é a Caixa Econômica Federal.

O mirante

O Mirante Realdo Guglielmi, com 30 metros de altura, será construído no Morro Cechinel e vai proporcionar uma visão de 360º da cidade, com alcance das partes litorânea e serrana da região. São R$ 2,4 milhões vindos de recursos do Ministério do Turismo.

Compartilhe

Voltar às notícias