Empresa de vigilância eletrônica recupera caminhão que foi furtado na Operária

Crime aconteceu no final de semana e graças à rapidez da equipe da empresa, veículo foi recuperado em Torres minutos depois do furto

Na madrugada de domingo, 26, um caminhão foi furtado da empresa Concresul no bairro Operária, em Araranguá. Diante da rápida atuação da empresa de vigilância eletrônica Visal, que presta serviço à vítima, o veículo foi recuperado em menos de uma hora na cidade de Torres.

O relato da ocorrência aponta que em três minutos que o bando invadiu a Concresul, a equipe de vigilância já tinha acionado os policiais que conseguiram prender dois dos envolvidos. A quadrilha era formada por no mínimo cinco pessoas, entre elas duas mulheres. Eles estavam em dois carros, um com placas de Blumenau e outro de Balneário Gaivota. Assim que dois dos bandidos foram presos, o caminhão foi deixado no município gaúcho. A polícia segue nas investigações para encontrar o restante do bando e apurar detalhes, ao que tudo indica é uma quadrilha especializada nestes crimes com integrantes na região.

“Temos sensores de vigilância especiais. Os bandidos tentaram burlar estes sensores, mas como a tecnologia é avançada não conseguiram e tomamos as providências rapidamente”, contou o proprietário da Visal, Cristiano Paulino que explicou ainda ao Portal W3 que os equipamentos que utiliza são precisão. “Raramente consegue burlar, os sensores de vigilância que usamos são de micro-ondas e capta movimentos da água e como o corpo humano é comporto por 70% de água ele capta a invasão”, acrescentou.

A Visal é uma empresa sediada em Araranguá, e está no ramo há 8 anos. Presta esse serviço há centenas de clientes, a maioria comercial. Os equipamentos de vigilância são fornecidos em comodato e o cliente paga apenas uma mensalidade e manutenção. O investimento é considerado de baixo custo em relação às outras opções do mercado.

A ocorrência do final de semana, segundo Cristiano, é comum, e aumentou bastante durante a pandemia. “Atendemos praticamente toda semana uma ocorrência como esta. Preciso agradecer o apoio da PM e da Brigada de Torres que elogiaram a nossa rápida comunicação para a recuperação do bem”.

Na madrugada de domingo, 26, um caminhão foi furtado da empresa Concresul no bairro Operária, em Araranguá. Diante da rápida atuação da empresa de vigilância eletrônica Visal, que presta serviço à vítima, o veículo foi recuperado em menos de uma hora na cidade de Torres.

O relato da ocorrência aponta que em três minutos que o bando invadiu a Concresul, a equipe de vigilância já tinha acionado os policiais que conseguiram prender dois dos envolvidos. A quadrilha era formada por no mínimo cinco pessoas, entre elas duas mulheres. Eles estavam em dois carros, um com placas de Blumenau e outro de Balneário Gaivota. Assim que dois dos bandidos foram presos, o caminhão foi deixado no município gaúcho. A polícia segue nas investigações para encontrar o restante do bando e apurar detalhes, ao que tudo indica é uma quadrilha especializada nestes crimes com integrantes na região.

“Temos sensores de vigilância especiais. Os bandidos tentaram burlar estes sensores, mas como a tecnologia é avançada não conseguiram e tomamos as providências rapidamente”, contou o proprietário da Visal, Cristiano Paulino que explicou ainda ao Portal W3 que os equipamentos que utiliza são precisão. “Raramente consegue burlar, os sensores de vigilância que usamos são de micro-ondas e capta movimentos da água e como o corpo humano é comporto por 70% de água ele capta a invasão”, acrescentou.

A Visal é uma empresa sediada em Araranguá, e está no ramo há 8 anos. Presta esse serviço há centenas de clientes, a maioria comercial. Os equipamentos de vigilância são fornecidos em comodato e o cliente paga apenas uma mensalidade e manutenção. O investimento é considerado de baixo custo em relação às outras opções do mercado.

A ocorrência do final de semana, segundo Cristiano, é comum, e aumentou bastante durante a pandemia. “Atendemos praticamente toda semana uma ocorrência como esta. Preciso agradecer o apoio da PM e da Brigada de Torres que elogiaram a nossa rápida comunicação para a recuperação do bem”.

Compartilhe

Voltar às notícias