Eleitores que votam no Colégio Estadual votarão no Castro Alves neste ano

Decisão tem relação com as condições do colégio que está interditado

Os 1371 eleitores que votam no Colégio Estadual de Araranguá terão que se dirigir no dia 15 de novembro à Escola Castro Alves para exercer seu direito ao voto. Tudo porque o colégio está em parte interditado devido às más condições da sua estrutura.

A saída segundo a Justiça Eleitoral foi transferir para a escola mais próxima as seções eleitorais. “Vamos colocar umas faixas informando os eleitores na frente do colégio para orientar sobre as mudanças”, afirmou a chefe do cartório, Joanna Mendes Silveira.

Segundo a gerente regional de Educação, Rosane Castelan, o colégio está sendo reformado. “Está interditado em parte e no momento fechado. A EEB de Araranguá(Colégio Estadual) está em outro endereço enquanto ocorre uma grande reforma em seu prédio original”, disse por mensagem.

Os 1371 eleitores que votam no Colégio Estadual de Araranguá terão que se dirigir no dia 15 de novembro à Escola Castro Alves para exercer seu direito ao voto. Tudo porque o colégio está em parte interditado devido às más condições da sua estrutura.

A saída segundo a Justiça Eleitoral foi transferir para a escola mais próxima as seções eleitorais. “Vamos colocar umas faixas informando os eleitores na frente do colégio para orientar sobre as mudanças”, afirmou a chefe do cartório, Joanna Mendes Silveira.

Segundo a gerente regional de Educação, Rosane Castelan, o colégio está sendo reformado. “Está interditado em parte e no momento fechado. A EEB de Araranguá(Colégio Estadual) está em outro endereço enquanto ocorre uma grande reforma em seu prédio original”, disse por mensagem.

Compartilhe

Voltar às notícias