Eleições 2020: Trechos de mensagens de WhatsApp para o dia da votação é FAKE NEWS

Justiça eleitoral divulga cartilha com regras para o Dia da Votação

Em tempos de pandemia e com a proibição de aglomerações, a condução das eleições tem gerado questionamentos pela maioria dos eleitores. É que não foi apenas os prazos que mudaram com o pleito marcado para daqui 26 dias, mas também a forma como devem mesários e eleitores se comportar no dia da votação.

Nos últimos dias, tem circulado nos grupos de whatsApp mensagens que orientam os eleitores para isso. No texto, conforme mostra imagem abaixo, algumas orientações importantes.



Segundo a Justiça Eleitoral, estas dicas não se tratam de Fake News, mas não procedem na integralidade. “O horário das 7 às 10 não é exclusivo para idosos, é o horário recomendado para esse público. Caso o eleitor não leve caneta, na sessão será disponibilizada e a caneta esterilizadas.  O título de eleitor é recomendado levar, mas não obrigatório”, explicou a chefe do cartório eleitoral da Comarca de Araranguá, Joanna Mendes Silveira.

Uma cartilha produzida pelo TRE traz em detalhes as orientações para o eleitor:



 

Em tempos de pandemia e com a proibição de aglomerações, a condução das eleições tem gerado questionamentos pela maioria dos eleitores. É que não foi apenas os prazos que mudaram com o pleito marcado para daqui 26 dias, mas também a forma como devem mesários e eleitores se comportar no dia da votação.

Nos últimos dias, tem circulado nos grupos de whatsApp mensagens que orientam os eleitores para isso. No texto, conforme mostra imagem abaixo, algumas orientações importantes.

Segundo a Justiça Eleitoral, estas dicas não se tratam de Fake News, mas não procedem na integralidade. “O horário das 7 às 10 não é exclusivo para idosos, é o horário recomendado para esse público. Caso o eleitor não leve caneta, na sessão será disponibilizada e a caneta esterilizadas.  O título de eleitor é recomendado levar, mas não obrigatório”, explicou a chefe do cartório eleitoral da Comarca de Araranguá, Joanna Mendes Silveira.

Uma cartilha produzida pelo TRE traz em detalhes as orientações para o eleitor:

 

Compartilhe

Voltar às notícias