DNIT lança o documentário Serra da Rocinha: caminhos & raízes

O material conta com depoimentos da própria comunidade a respeito da Serra da Rocinha e do período que compreendeu o tropeirismo na região

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Gestora Ambiental da BR-285/RS/SC, lançou nesta quarta-feira (23), data em que se comemorou a emancipação de Timbé do Sul (SC), o documentário Serra da Rocinha: caminhos & raízes. O material conta com depoimentos da própria comunidade a respeito da Serra da Rocinha e do período que compreendeu o tropeirismo na região, atividade econômica itinerante que começou no século XVII e prosseguiu até meados do século XX no Brasil.  As expectativas para o futuro também são colocadas em perspectiva por moradores de diferentes gerações.

Colonizado entre 1872 e 1917, Timbé do Sul tem ligação direta com os caminhos projetados para ligar os Campos de Cima da Serra à planície catarinense. Da Serra Velha, por onde acredita-se que passava o Caminho dos Conventos, até a Serra da Rocinha, rota que atualmente está sendo pavimentada pelo DNIT nas obras de implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC. O documentário narra as dificuldades encontradas para abrir o primeiro traçado nas décadas de 1930 e 1940, época em que o trabalho braçal compensava a falta de tecnologia especializada.

Neste contexto, o município era ponto de passagem das tropas que se dirigiam às feiras de Sorocaba (SP) para comercialização de animais e de produtos da região.  Conforme relatado no vídeo, os tropeiros que desciam do Rio Grande do Sul trocavam produtos como queijo e charque por farinhas e derivados da cana de açúcar.

Vale destacar que o documentário nasce de uma parceria com a Escola de Educação Básica Timbé do Sul no âmbito do projeto Ensino Médio Inovador, por meio do qual foram gravadas diversas entrevistas e produzidos materiais para a Feira Multidisciplinar da instituição em 2018.

Assista ao vídeo completo:



Fonte: Assessoria de Imprensa DNIT

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Gestora Ambiental da BR-285/RS/SC, lançou nesta quarta-feira (23), data em que se comemorou a emancipação de Timbé do Sul (SC), o documentário Serra da Rocinha: caminhos & raízes. O material conta com depoimentos da própria comunidade a respeito da Serra da Rocinha e do período que compreendeu o tropeirismo na região, atividade econômica itinerante que começou no século XVII e prosseguiu até meados do século XX no Brasil.  As expectativas para o futuro também são colocadas em perspectiva por moradores de diferentes gerações.

Colonizado entre 1872 e 1917, Timbé do Sul tem ligação direta com os caminhos projetados para ligar os Campos de Cima da Serra à planície catarinense. Da Serra Velha, por onde acredita-se que passava o Caminho dos Conventos, até a Serra da Rocinha, rota que atualmente está sendo pavimentada pelo DNIT nas obras de implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC. O documentário narra as dificuldades encontradas para abrir o primeiro traçado nas décadas de 1930 e 1940, época em que o trabalho braçal compensava a falta de tecnologia especializada.

Neste contexto, o município era ponto de passagem das tropas que se dirigiam às feiras de Sorocaba (SP) para comercialização de animais e de produtos da região.  Conforme relatado no vídeo, os tropeiros que desciam do Rio Grande do Sul trocavam produtos como queijo e charque por farinhas e derivados da cana de açúcar.

Vale destacar que o documentário nasce de uma parceria com a Escola de Educação Básica Timbé do Sul no âmbito do projeto Ensino Médio Inovador, por meio do qual foram gravadas diversas entrevistas e produzidos materiais para a Feira Multidisciplinar da instituição em 2018.

Assista ao vídeo completo:

Fonte: Assessoria de Imprensa DNIT

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias