Blog Rosane Machado: datas comemorativas

Se fizermos uma ligeira pesquisa no Google, veremos que só em agosto temos 31 dias de datas comemorativas. Você sabia disso??? Talvez agora saiba porque também irá ao Google observar essas curiosidades!

Todo dia é dia de alguma coisa, de alguém, de alguma campanha... Tem até o dia da Injustiça, pasmem e, também, o do Biodisel!

Sem falar em agosto, mas outros meses, temos o dia da Amante, dia do Orgasmo, dia do Vira-lata (o meu preferido)... Dia de tanta coisa!

Tem o dia do Silêncio, o dia do Careca, do Vizinho, da Banana (e não DO Banana), da Voz, do Macarrão, do Quilo... Imaginem se fossemos comemorar tudo? Não teríamos nenhuma condição financeira e nossas agendas e lembretes do celular estariam atolados com tanta informação.

Imagino festas temáticas (quando a pandemia terminar) pra cada uma dessas datas. Pelo menos no primeiro ano sem máscara a gente poderia se esbaldar com festerês inusitados. Festa do Pijama teria de ter o ano inteiro, porque assunto é o que não falta pra amigos e parentes outrora distantes. As conversas por whatsapp, internet e afins não suprem o olho no olho, as risadas ao vivo.

O dia do Quilo foi criado em homenagem ao sociólogo Betinho que inventou o Natal sem fome. No dia do aniversário dele, 3 de novembro, as pessoas são incentivadas a doar um quilo de alimento não perecível aos necessitados. Dia certo pra serem solidárias.

O dia do Orgasmo foi instituído por uma rede britânica de sex shops (bem oportuno), mas as curiosidades que encontrei no site de buscas foram de 'sarapantar' (como diria o autor de Macunaíma). Dentre elas, saber que os egípcios acreditavam que o mundo foi criado a partir da masturbação de uma de suas divindades!

E o dia do Careca? É tido como um dia de coragem e libertação! E ainda encontrei uma lista de carecas famosos pra ilustrar que inclui de Bruce Willis a Darwin!

Halloween é uma data discutível pelos brasileiros mais acirrados, porque dizem que é algo que não faz parte de nosso folclore! Contudo as festas são extremamente criativas, e dançar Thriller se achando no séquito de Michael Jackson é empolgante! Quem nunca?

E você sabia que também existe o dia do Brega? Mas não se anime, porque parece que só é instituído 'legalmente' no calendário de Recife e comemorado em fevereiro.  Todavia, a quantas festinhas bregas você já foi e devidamente paramentado? Quantas vezes misturamos listras com oncinha e achamos que a breguice nos habitava momentaneamente?

Mas  nutro um imenso e absurdo afeto pelas festas juninas, que aqui se transformam em julinas e agostinas.

Que tudo passe logo pra podermos celebrar com pompa e circunstância e com direito a milho assado, pipoca, bolo de cenoura, pinhão, quentão... Ah se fosse presidente instituía uma dessas por mês. Seríamos felizes com data marcada e direito às maravilhosas sobras no dia seguinte.

Se fizermos uma ligeira pesquisa no Google, veremos que só em agosto temos 31 dias de datas comemorativas. Você sabia disso??? Talvez agora saiba porque também irá ao Google observar essas curiosidades!

Todo dia é dia de alguma coisa, de alguém, de alguma campanha… Tem até o dia da Injustiça, pasmem e, também, o do Biodisel!

Sem falar em agosto, mas outros meses, temos o dia da Amante, dia do Orgasmo, dia do Vira-lata (o meu preferido)… Dia de tanta coisa!

Tem o dia do Silêncio, o dia do Careca, do Vizinho, da Banana (e não DO Banana), da Voz, do Macarrão, do Quilo… Imaginem se fossemos comemorar tudo? Não teríamos nenhuma condição financeira e nossas agendas e lembretes do celular estariam atolados com tanta informação.

Imagino festas temáticas (quando a pandemia terminar) pra cada uma dessas datas. Pelo menos no primeiro ano sem máscara a gente poderia se esbaldar com festerês inusitados. Festa do Pijama teria de ter o ano inteiro, porque assunto é o que não falta pra amigos e parentes outrora distantes. As conversas por whatsapp, internet e afins não suprem o olho no olho, as risadas ao vivo.

O dia do Quilo foi criado em homenagem ao sociólogo Betinho que inventou o Natal sem fome. No dia do aniversário dele, 3 de novembro, as pessoas são incentivadas a doar um quilo de alimento não perecível aos necessitados. Dia certo pra serem solidárias.

O dia do Orgasmo foi instituído por uma rede britânica de sex shops (bem oportuno), mas as curiosidades que encontrei no site de buscas foram de ‘sarapantar’ (como diria o autor de Macunaíma). Dentre elas, saber que os egípcios acreditavam que o mundo foi criado a partir da masturbação de uma de suas divindades!

E o dia do Careca? É tido como um dia de coragem e libertação! E ainda encontrei uma lista de carecas famosos pra ilustrar que inclui de Bruce Willis a Darwin!

Halloween é uma data discutível pelos brasileiros mais acirrados, porque dizem que é algo que não faz parte de nosso folclore! Contudo as festas são extremamente criativas, e dançar Thriller se achando no séquito de Michael Jackson é empolgante! Quem nunca?

E você sabia que também existe o dia do Brega? Mas não se anime, porque parece que só é instituído ‘legalmente’ no calendário de Recife e comemorado em fevereiro.  Todavia, a quantas festinhas bregas você já foi e devidamente paramentado? Quantas vezes misturamos listras com oncinha e achamos que a breguice nos habitava momentaneamente?

Mas  nutro um imenso e absurdo afeto pelas festas juninas, que aqui se transformam em julinas e agostinas.

Que tudo passe logo pra podermos celebrar com pompa e circunstância e com direito a milho assado, pipoca, bolo de cenoura, pinhão, quentão… Ah se fosse presidente instituía uma dessas por mês. Seríamos felizes com data marcada e direito às maravilhosas sobras no dia seguinte.

Compartilhe

Voltar ao blog