Cooperja mantém cuidados com horto de plantas bioativas durante pandemia

Espaço reúne plantas medicinais, Alimentícias Não Convencionais (PANC’s), nutracêuticas, entre outras

Um horto dedicado as plantas bioativas é um espaço que reúne plantas medicinais, Alimentícias Não Convencionais (PANC’s), nutracêuticas, entre outras. Na região do Extremo Sul Catarinense, a Cooperja é referência no assunto com seu espaço destinado ao cultivo desses tipos de plantas.


Mesmo durante o período de pandemia do Covid-19, o horto da Cooperja continuou realizando a manutenção das plantas. Foram realizadas constantemente as podas para secagem, replantio de algumas espécies e demais tratos culturais necessários. O objetivo é que as plantas continuem a se desenvolver saudáveis e ricas em princípios ativos.


O trabalho foi realizado com todos os cuidados de higiene e distanciamento exigidos pela Saúde. A coordenadora social da Cooperja, Elisabete Biz dos Santos, conta com o apoio da extensionista da Epagri de Jacinto Machado, Aline Hahn Fernandes, e demais colaboradores da Cooperativa para manutenção das plantas bioativas.


“Esta ação é de fundamental importância, para que o grupo possa dar continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo junto à comunidade. E mesmo diante da situação preocupante em que estamos vivenciando, com as parcerias fortalecidas, estamos superando todos os obstáculos”, reforça a extensionista Aline.


Estudos e manutenção das plantas são organizados e executados todos os meses pelos Núcleos Femininos da Cooperativa, Pastoral da Saúde e Epagri de Jacinto Machado. Entretanto, nos últimos meses, os encontros não ocorreram, pois a situação atual não permite reunir grupos.


A Cooperja entende que este é um momento para priorizar e intensificar os cuidados pessoais.


Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Um horto dedicado as plantas bioativas é um espaço que reúne plantas medicinais, Alimentícias Não Convencionais (PANC’s), nutracêuticas, entre outras. Na região do Extremo Sul Catarinense, a Cooperja é referência no assunto com seu espaço destinado ao cultivo desses tipos de plantas.

Mesmo durante o período de pandemia do Covid-19, o horto da Cooperja continuou realizando a manutenção das plantas. Foram realizadas constantemente as podas para secagem, replantio de algumas espécies e demais tratos culturais necessários. O objetivo é que as plantas continuem a se desenvolver saudáveis e ricas em princípios ativos.

O trabalho foi realizado com todos os cuidados de higiene e distanciamento exigidos pela Saúde. A coordenadora social da Cooperja, Elisabete Biz dos Santos, conta com o apoio da extensionista da Epagri de Jacinto Machado, Aline Hahn Fernandes, e demais colaboradores da Cooperativa para manutenção das plantas bioativas.

“Esta ação é de fundamental importância, para que o grupo possa dar continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo junto à comunidade. E mesmo diante da situação preocupante em que estamos vivenciando, com as parcerias fortalecidas, estamos superando todos os obstáculos”, reforça a extensionista Aline.

Estudos e manutenção das plantas são organizados e executados todos os meses pelos Núcleos Femininos da Cooperativa, Pastoral da Saúde e Epagri de Jacinto Machado. Entretanto, nos últimos meses, os encontros não ocorreram, pois a situação atual não permite reunir grupos.

A Cooperja entende que este é um momento para priorizar e intensificar os cuidados pessoais.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias