Confira a agenda astronômica de junho para os próximos dias

Olhar para o céu é uma tradição milenar da humanidade

Olhar para o céu é uma tradição milenar da humanidade. Nestes primeiros quinze dias do mês de junho, uma agenda de eventos astronômicos podem ser observados no céu durante este mês.

Confira abaixo o calendário astronômico de junho com os eventos e datas mais importantes. As datas, horários e referências geográficas consideram o observador baseado em Brasília.

  • Dia 10: Lua Nova, Mercúrio estará 4° ao norte da Lua
    no dia 12; Vênus 1,5° ao sul da Lua e também estará no periélio. Uma curiosidade sobre Vênus e Mercúrio, é que mesmo Mercúrio estando mais próximo do Sol, ele não é o planeta mais quente. Vênus ocupa o primeiro lugar devido ao seu efeito estufa desenfreado, que faz ele ficar muito mais quente.

  • No dia 13, Pollux 3° ao norte da Lua, Marte 3° ao sul da Lua.

  • No dia 14 teremos aocultação de xi Cancri, da constelação de câncer pela Lua. É válido analisar que, no dia primeiro, Júpiter estará ao norte da Lua e no dia 7 que teremos
    Urano ao norte da Lua, mas esse eventos não são visíveis a olho nu. Primeiro que não podemos observar Urano a olho nu. Segundo que esses eventos são diurnos, pois a Lua
    está minguante, logo, o brilho do Sol oculta esses corpos.


Curiosidade


Marte é o único planeta que conhecemos que é habitado só com robôs da NASA até o momento. Mas no mês passado, a China conseguiu pousar com sucesso em solo marciano, então
temos robôs americanos e chineses em Marte.

Pra quem pretende observar a chuva de meteoros de Arietídeos, é aconselhável direcionar o olhar para a constelação de Áries, ela vai aparecer na linha da eclíptica próximo às 2 da manhã. Basta observar com paciência.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Olhar para o céu é uma tradição milenar da humanidade. Nestes primeiros quinze dias do mês de junho, uma agenda de eventos astronômicos podem ser observados no céu durante este mês.

Confira abaixo o calendário astronômico de junho com os eventos e datas mais importantes. As datas, horários e referências geográficas consideram o observador baseado em Brasília.

  • Dia 10: Lua Nova, Mercúrio estará 4° ao norte da Lua
    no dia 12; Vênus 1,5° ao sul da Lua e também estará no periélio. Uma curiosidade sobre Vênus e Mercúrio, é que mesmo Mercúrio estando mais próximo do Sol, ele não é o planeta mais quente. Vênus ocupa o primeiro lugar devido ao seu efeito estufa desenfreado, que faz ele ficar muito mais quente.
  • No dia 13, Pollux 3° ao norte da Lua, Marte 3° ao sul da Lua.
  • No dia 14 teremos aocultação de xi Cancri, da constelação de câncer pela Lua. É válido analisar que, no dia primeiro, Júpiter estará ao norte da Lua e no dia 7 que teremos
    Urano ao norte da Lua, mas esse eventos não são visíveis a olho nu. Primeiro que não podemos observar Urano a olho nu. Segundo que esses eventos são diurnos, pois a Lua
    está minguante, logo, o brilho do Sol oculta esses corpos.

Curiosidade

Marte é o único planeta que conhecemos que é habitado só com robôs da NASA até o momento. Mas no mês passado, a China conseguiu pousar com sucesso em solo marciano, então
temos robôs americanos e chineses em Marte.

Pra quem pretende observar a chuva de meteoros de Arietídeos, é aconselhável direcionar o olhar para a constelação de Áries, ela vai aparecer na linha da eclíptica próximo às 2 da manhã. Basta observar com paciência.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias