Com nova praça de pedágio, trajeto de ida e volta de Araranguá à Porto Alegre custa R$ 27,60

A tarifa custa R$ 4,60 reais para veículos de passeio (carros) e também por eixo de veículos comerciais (caminhões)

Foto: Divulgação/CCR ViaSul

Por Dyessica Abadi

Quem deseja sair da região do Vale do Araranguá e ir à Porto Alegre para visitar parentes e amigos em carros de passeio terá que desembolsar R$ 27,60 reais apenas em tarifas de pedágio. O valor é calculado considerando uma viagem de ida e volta, na qual serão atravessadas três praças de pedágios: em Três Cachoeiras (Km 35,3 da BR-101), em Santo Antônio da Patrulha (Km 19,4 da BR-290/Freeway) e outra em Gravataí (Km 60 da BR-290/Freeway).

A tarifa custa R$ 4,60 reais para veículos de passeio (carros) e também por eixo de veículos comerciais (caminhões). Já para motos, esse valor cai para a metade: R$ 2,30. Conforme apurado pelo Portal W3, o valor estimado de tributos sobre a taxa de pedágio é de aproximadamente R$0,83 centavos, cerca de 18,24%.

[caption id="attachment_66374" align="aligncenter" width="600"] Comprovantes das tarifas de pedágio. Foto: Portal W3[/caption]

Valor afeta faturamento de caminhoneiros


Para o trabalhador de transportes, Ivam Raupp Elibio, o valor dos pedágios aumenta, principalmente por conta da quantidade de eixos do caminhão, mas esse curto não é repassado no valor do frete ainda. "Com esse pedágio vai diminuir o faturamento, cada vez menos dinheiro no bolso do motorista", lamenta.

Foto: Divulgação/CCR ViaSul

Por Dyessica Abadi

Quem deseja sair da região do Vale do Araranguá e ir à Porto Alegre para visitar parentes e amigos em carros de passeio terá que desembolsar R$ 27,60 reais apenas em tarifas de pedágio. O valor é calculado considerando uma viagem de ida e volta, na qual serão atravessadas três praças de pedágios: em Três Cachoeiras (Km 35,3 da BR-101), em Santo Antônio da Patrulha (Km 19,4 da BR-290/Freeway) e outra em Gravataí (Km 60 da BR-290/Freeway).

A tarifa custa R$ 4,60 reais para veículos de passeio (carros) e também por eixo de veículos comerciais (caminhões). Já para motos, esse valor cai para a metade: R$ 2,30. Conforme apurado pelo Portal W3, o valor estimado de tributos sobre a taxa de pedágio é de aproximadamente R$0,83 centavos, cerca de 18,24%.

Comprovantes das tarifas de pedágio. Foto: Portal W3

Valor afeta faturamento de caminhoneiros

Para o trabalhador de transportes, Ivam Raupp Elibio, o valor dos pedágios aumenta, principalmente por conta da quantidade de eixos do caminhão, mas esse curto não é repassado no valor do frete ainda. “Com esse pedágio vai diminuir o faturamento, cada vez menos dinheiro no bolso do motorista”, lamenta.

Compartilhe

Voltar às notícias