Casos diários de Covid-19 oscilam durante primeira semana de setembro na AMESC

Além disso, as mortes por conta do vírus continuaram, sendo registradas mais 11 óbitos desde o último domingo, 30

Por Dyessica Abadi

A primeira semana de setembro encerra com novos 425 positivados em apenas cinco dias — uma média de 85 casos diários de Covid-19 no Extremo Sul Catarinense. O boletim epidemiológico da Associação dos Municípios (AMESC) desta sexta-feira, 04, registra 4.816 casos confirmados para o vírus desde o início da pandemia.

Apesar de registrar uma queda no número de casos diários, a região vem apresentando fortes oscilações nos dados de positivos para Covid-19. Por exemplo: na segunda-feira, 31, houveram 229 novos casos, enquanto na terça-feira, 1º, apenas 4.

Além disso, nesta semana, as mortes por conta do vírus continuaram, sendo registradas mais 11 óbitos desde o último domingo, 30 — mesma quantidade de vítimas fatais da semana anterior.

O gráfico abaixo é interativo e registra o crescimentos de casos no mês de agosto de 2020. A linha verde demonstra os casos confirmados com Covid-19 na AMESC; a azul revela o total de recuperados pelo vírus; e a linha em preto apresenta o número de mortos.

Clique ou passe o cursor sobre os pontos das linhas — assim, você terá acesso aos números registrados pelos boletins epidemiológicos.



O último boletim epidemiológico da AMESC ainda revela que a taxa de recuperados na região é de 86,4% — ou seja, dos 4.816 confirmados para o vírus, 4.085 estão curados. Até a finalização do levantamento, a região contabilizava 90 mortos para o vírus, sendo a taxa de letalidade de 1,9%.

A atualização de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para Covid-19 do Hospital Regional de Araranguá (HRA) segue disponível para consulta no portal do Governo do Estado de Santa Catarina (acesse os dados completos clicando aqui). Até às 11 horas deste sábado, 05, haviam 20 leitos ativos para tratamento de infectados pelo vírus. Desses, 9 encontram-se ocupados e 11 seguem disponíveis. A taxa de ocupação é de 45%.

[caption id="attachment_65709" align="aligncenter" width="1052"] Tabela ilustra o número de casos diários para Covid-19 no Extremo Sul Catarinense. Pico pode ter sido registrado em meados do dia 12 de agosto. Arte: Divulgação/AMESC[/caption]

[caption id="attachment_65710" align="aligncenter" width="1028"] Araranguá é responsável por 39,32% dos casos da região da AMESC, com 1.894 positivados para o vírus. Na sequência vem Sombrio, com 10,13%, totalizando 488 casos de Covid-19. Arte: Divulgação/AMESC[/caption]

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Por Dyessica Abadi

A primeira semana de setembro encerra com novos 425 positivados em apenas cinco dias — uma média de 85 casos diários de Covid-19 no Extremo Sul Catarinense. O boletim epidemiológico da Associação dos Municípios (AMESC) desta sexta-feira, 04, registra 4.816 casos confirmados para o vírus desde o início da pandemia.

Apesar de registrar uma queda no número de casos diários, a região vem apresentando fortes oscilações nos dados de positivos para Covid-19. Por exemplo: na segunda-feira, 31, houveram 229 novos casos, enquanto na terça-feira, 1º, apenas 4.

Além disso, nesta semana, as mortes por conta do vírus continuaram, sendo registradas mais 11 óbitos desde o último domingo, 30 — mesma quantidade de vítimas fatais da semana anterior.

O gráfico abaixo é interativo e registra o crescimentos de casos no mês de agosto de 2020. A linha verde demonstra os casos confirmados com Covid-19 na AMESC; a azul revela o total de recuperados pelo vírus; e a linha em preto apresenta o número de mortos.

Clique ou passe o cursor sobre os pontos das linhas — assim, você terá acesso aos números registrados pelos boletins epidemiológicos.

O último boletim epidemiológico da AMESC ainda revela que a taxa de recuperados na região é de 86,4% — ou seja, dos 4.816 confirmados para o vírus, 4.085 estão curados. Até a finalização do levantamento, a região contabilizava 90 mortos para o vírus, sendo a taxa de letalidade de 1,9%.

A atualização de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para Covid-19 do Hospital Regional de Araranguá (HRA) segue disponível para consulta no portal do Governo do Estado de Santa Catarina (acesse os dados completos clicando aqui). Até às 11 horas deste sábado, 05, haviam 20 leitos ativos para tratamento de infectados pelo vírus. Desses, 9 encontram-se ocupados e 11 seguem disponíveis. A taxa de ocupação é de 45%.

Tabela ilustra o número de casos diários para Covid-19 no Extremo Sul Catarinense. Pico pode ter sido registrado em meados do dia 12 de agosto. Arte: Divulgação/AMESC

Araranguá é responsável por 39,32% dos casos da região da AMESC, com 1.894 positivados para o vírus. Na sequência vem Sombrio, com 10,13%, totalizando 488 casos de Covid-19. Arte: Divulgação/AMESC

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Clique aqui

Compartilhe

Voltar às notícias