Candidatos da Cersul propõe redução da tarifa de energia

Proposta dos candidatos, Nei e Sandro, visa diminuir em 12% a tarifa para a classe residencial e desconto de 50% para associados de baixa renda


A gestão com foco nos princípios de responsabilidade, transparência administrativa e sustentabilidade pretende ser uma das marcas da gestão dos candidatos a presidente da Cooperativa de Distribuição de Energia (Cersul), Nei Zanette, e vice-presidente, Sandro Cirimbelli, para os próximos quatro anos. Para isso, os representantes da Chapa 3 elaboraram uma série de propostas que vão ao encontro da prestação eficiente de serviços aos associados com responsabilidade e honestidade.


Entre as propostas dos candidatos Nei e Sandro está em ofertar energia de quantidade e qualidade a preço justo aos associados com a diminuição da tarifa. A medida vai beneficiar associados da classe residencial com redução de 12% na tarifa de energia e desconto de 50% para associados de baixa renda. “Temos certeza que esta redução de 12% vai gerar uma economia importante para as famílias dos associados que, inclusive, vão poder programar melhor as finanças. Sabemos também que famílias de baixa renda passam muitas dificuldades e oferecer a elas um desconto em que o valor da fatura será reduzido pela metade demonstra preocupação social que nossa gestão terá à frente da Cersul”, destaca o candidato a presidente, Nei Zanette.


O candidato a vice-presidente, Sandro Cirimbelli, acrescenta ainda sobre a necessidade de ampliar benefícios aos associados a fim de dar mais segurança financeira. “Assim como água e telefone, a energia elétrica é considerada um custo fixo e é neste custo fixo que nós estamos reduzindo valores. Esta rede trará para nós um porto seguro de futuramente correr o risco de perder o subsídio do governo. A nossa cooperativa vai estar segura porque nós faremos um trabalho com o a energia muito mais barata ao custo muito menor que outras cooperativas”, revela.



Outras propostas


Ampliar e melhorar informações do portal da transparência.


Projeto de viabilidade de serviço de instalação de internet e tv a cabo aos associados.


Manter e desenvolver projetos sociais e ambientais.


Ampliação do prazo de pagamento da fatura de energia em 90 dias para aviários e fumicultores


Desburocratizar e agilizar atendimento ao associado sem perda de qualidade.


Renunciar salários da Cersul Geração.


Disponibilizar equipe técnica para análise e verificação de consumo anormal sem custo ao associado.


Nova linha de transmissão de 69kv de Forquilhinha a Turvo que possibilitará redução na compra de energia na casa de 400 mil reais por mês totalizando uma economia de R$ 4,8 milhões por ano.

A gestão com foco nos princípios de responsabilidade, transparência administrativa e sustentabilidade pretende ser uma das marcas da gestão dos candidatos a presidente da Cooperativa de Distribuição de Energia (Cersul), Nei Zanette, e vice-presidente, Sandro Cirimbelli, para os próximos quatro anos. Para isso, os representantes da Chapa 3 elaboraram uma série de propostas que vão ao encontro da prestação eficiente de serviços aos associados com responsabilidade e honestidade.

Entre as propostas dos candidatos Nei e Sandro está em ofertar energia de quantidade e qualidade a preço justo aos associados com a diminuição da tarifa. A medida vai beneficiar associados da classe residencial com redução de 12% na tarifa de energia e desconto de 50% para associados de baixa renda. “Temos certeza que esta redução de 12% vai gerar uma economia importante para as famílias dos associados que, inclusive, vão poder programar melhor as finanças. Sabemos também que famílias de baixa renda passam muitas dificuldades e oferecer a elas um desconto em que o valor da fatura será reduzido pela metade demonstra preocupação social que nossa gestão terá à frente da Cersul”, destaca o candidato a presidente, Nei Zanette.

O candidato a vice-presidente, Sandro Cirimbelli, acrescenta ainda sobre a necessidade de ampliar benefícios aos associados a fim de dar mais segurança financeira. “Assim como água e telefone, a energia elétrica é considerada um custo fixo e é neste custo fixo que nós estamos reduzindo valores. Esta rede trará para nós um porto seguro de futuramente correr o risco de perder o subsídio do governo. A nossa cooperativa vai estar segura porque nós faremos um trabalho com o a energia muito mais barata ao custo muito menor que outras cooperativas”, revela.

Outras propostas

Ampliar e melhorar informações do portal da transparência.

Projeto de viabilidade de serviço de instalação de internet e tv a cabo aos associados.

Manter e desenvolver projetos sociais e ambientais.

Ampliação do prazo de pagamento da fatura de energia em 90 dias para aviários e fumicultores

Desburocratizar e agilizar atendimento ao associado sem perda de qualidade.

Renunciar salários da Cersul Geração.

Disponibilizar equipe técnica para análise e verificação de consumo anormal sem custo ao associado.

Nova linha de transmissão de 69kv de Forquilhinha a Turvo que possibilitará redução na compra de energia na casa de 400 mil reais por mês totalizando uma economia de R$ 4,8 milhões por ano.

Compartilhe

Voltar às notícias